Esporte

Messi é condenado a 21 meses de prisão por tribunal superior espanhol

Jogador e seu pai, Jorge Horacio, foram considerados culpados em caso de fraude.

A Suprema Corte da Espanha condenou o argentino Lionel Messi a 21 meses de prisão. A decisão ocorre após a Justiça de Barcelona ter imposto a mesma sanção, o que fez com que o jogador entrasse com recurso na instância superior.

Messi e seu pai, Jorge Horacio Messi, foram considerados culpados em caso de fraude envolvendo 4,1 milhões de euros entre 2007 e 2009. Jorge, que havia sido condenado também 21 meses pela Justiça de Barcelona, teve a pena reduzida para 15 meses.

A decisão, no entanto, não significa que ambos terão de ficar atrás das grades. De acordo com as leis espanholas, condenados a menos de dois anos de prisão podem cumprir a pena em liberdade condicional. Além disso, Messi terá de pagar multa de 2 milhões de euros e o pai, de 1,5 milhão.

Os atos ilícitos praticados pelo jogador envolvem a utilização de empresas em paraísos fiscais para burlas a o fisco da Espanha. 

Noticias ao Minuto

Esta postagem foi publicada em 24 de Maio de 2017, 13:25 e está arquivada em Esporte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.