Uma das ofensivas do deputado federal Vicentinho Júnior (PL) contra o governador Mauro Carlesse (DEM) lhe rendeu uma queixa-crime por crimes de calúnia e difamação.

O processo está no Supremo Tribunal Federal (STF), com a ministra Rosa Weber, e já nessa quinta-feira, 12, os autos ficaram prontos para decisão.

Declarações inverídicas e ofensivas
Em despacho, a ministra resume a ação do governador. “Narra o querelante [Mauro Carlesse] que, em recente manifestação na rede virtual Instagram, o querelado [Vicentinho Júnior] fez declarações inverídicas e ofensivas à sua honra, com o propósito de denegrir sua imagem”, anota.

QG da Corrupção
No vídeo mencionado pelo governador, Vicentinho Júnior criticava o fim da Delegacia de Repressão a Crimes de Maior Potencial contra a Administração Pública (Dracma), assunto que recentemente foi tema de audiência pública presidida pelo liberal. “Ele não cansa de perseguir delegados, policiais civis, que vem combatendo os seus [Mauro Carlesse] atos, da quadrilha que ele instalou no Palácio Araguaia. A casa do governo, do povo do Tocantins, virou um verdadeiro QG [Quartel General] da corrupção do Estado”, diz nas imagens.

Câmara intercede
De acordo com o próprio gabinete do deputado Vicentinho Júnior, a Câmara Federal apresentou a defesa do tocantinense, defendendo as prerrogativas do mandato parlamentar. A manifestação foi recebida nessa quinta-feira.

Cleber Toledo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here