Segundo o G1, mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da Justiça Federal do RJ.

A Força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro prendeu Michel Temer, ex-presidente da República, na manhã desta quinta-feira (21), em São Paulo.

Segundo informações do G1, Temer será levado ao aeroporto de Congonhas, onde embarcará em um voo para o Rio. O ex-presidente deve fazer exame de corpo de delito no IML, em um local reservado, e não deve ser levado à sede da Polícia Federal da Lapa.

Os agentes ainda tentam cumprir um mandado contra Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia. De acordo com o jornal “O Globo”, a PF faz buscas também pelo ex-ministro da Casa Civil Eliseu Padilha.
Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio.

Desde ontem, a Polícia Federal tentava rastrear e confirmar a localização de Temer, sem ter sucesso. De acordo com o G1, ainda não está claro a qual processo se referem os mandados contra Temer e Moreira Franco. O ex-presidente Michel Temer responde a dez inquéritos.

Temer foi o 37º presidente da República do Brasil. Ele assumiu o cargo em 31 de agosto de 2016, após o impeachment de Dilma Rousseff, e ficou até o final do mandato, encerrado em dezembro de 2018.

[Notícia em atualização – 11h41]

Notícias ao Minuto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here