Destaque, Gurupi

Kátia Abreu, pré-candidata ao Governo do Estado foca em ouvir as pessoas em reuniões pelo Tocantins

A pré- candidata continua colhendo sugestões e ideias para elaborar um projeto de governo.

Com formato diferenciado e inovador de fazer política, a pré-candidata ao Governo do Estado, Kátia Abreu está focando sua caminhada em ouvir as pessoas durante reuniões realizadas pelo Tocantins.

Desde março do ano passado ela vem se reunindo com seguimentos da sociedade civil organizada e lideranças políticas. Nesta segunda-feira, 22, esteve nas cidades de Alvorada e Gurupi, Sul do Estado.

“Neste primeiro momento estamos indo aos municípios para ouvir as pessoas. Os problemas que estão enfrentando por causa da ausência do poder público”. 

As ideias e sugestões das pessoas são anotadas e servirão de subsídio para o projeto de governo que à pré-candidata está elaborando.   

Alvorada

Na cidade de Alvorada, acompanhada do prefeito Paulo Antônio, Kátia Abreu se reuniu, na Câmara Municipal, com vereadores, comerciantes, servidores públicos, professores, produtores rurais e profissionais liderais. O grupo pontou suas demandas, principalmente na área de infraestrutura, segurança pública, saúde, educação e desenvolvimento econômico.

Na ocasião, após os apontamentos relacionados ao crescimento econômico do estado e da região, a pré-candidata disse que o Tocantins não tem como atrair investidores sem regularização fundiária, ou seja, sem emitir o documento da terra aos seus respectivos proprietários.

“A maioria das propriedades rurais no estado não têm documento. Se o cidadão não tem documento da terra dele como investir em algo que não é seu, você investiria? Isso inviabiliza financiamentos e não atraí investidores. Como alguém vai comprar uma terra sem documento? Esse é um problema seríssimo que precisa ser resolvido. A pessoa lutou a vida toda para adquirir um bem, sua casa, sua moto, seu carro, sua chácara, sua fazendinha ou fazenda grande não importa é sua e você tem direito de propriedade sobre ela”, afirmou.

Gurupi

Também na cidade de Gurupi, Kátia Abreu se reuniu com vereadores, professores, secretários do município, produtores rurais e empresários. O encontro ocorreu na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e o assunto desenvolvimento econômico do estado dominou a reunião.

Os empresários classificaram a carga tributária “excessiva” como um dos principais gargalhos enfrentados pelo setor. A pré-candidata disse que o problema está acontecendo em todo o Brasil, afirmando que no Tocantins “as forças coercitivas estão muito mais fortes do que as forças que ampara, impedindo o crescimento e a geração de empregos”.

Kátia Abreu ressaltou que o Governo não tem que ajudar ninguém e sim ser parceiro, facilitar, criar condições para desenvolver o estado.  

A pré-candidata percorreu 1.900 quilômetros, em seis dias e foi em nove municípios da região Sul e Sudeste do Estado. Peixe, Natividade, São Valério, Jaú do Tocantins, Palmeirópolis, São Salvador, Paranã, Alvorada e Gurupi, além desses, também esteve em assentamentos e povoados.     

Fotos: Divulgação

Assessoria de Comunicação – Kátia Abreu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.