Mãe relata que filha levou tiro na cabeça por não querer se relacionar com criminoso

Uma jovem já perdeu a vida no chamado “abatedouro” do Morro da Barão, no Rio de Janeiro. A história foi contada pela mãe da vítima em vídeo divulgado pelo jornal O Globo neste domingo (12). Segundo o relato, a menina levou um tiro na cabeça por ter se recusado a manter relações sexuais com um traficante. Ela teria dito que ia dormir na casa de uma amiga após um baile funk.

O mesmo local foi cenário de um estupro coletivo que chocou o país há algumas semanas. A mãe, que preferiu não se identificar, afirma que o novo caso fez com que ela relembrasse da crime cometido contra a filha. “É como se voltasse e eu revivi isso tudo. Apesar do caso ser diferente, será que se minha filha tivesse cedido, ela não estaria viva? Passaram mil coisas na minha cabeça”. A menina ficou 11 dias em coma no hospital antes de morrer.

A mulher relata ter se sentido culpada por permitir que a filha fosse ao baile funk, mas considera difícil controlar o comportamento dos jovens. Ela ainda aguarda julgamento para o criminoso. “Desejo que ele seja preso e penso no que ele fez. Não desejo a morte para ele, não”, disse.(fonte:notícias ao minuto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here