Destaque

Jovem é condenado a 24 anos de reclusão por matar o tio a golpe de foice em Arraias

A pena pelo crime foi estabelecida pelo magistrado em 24 anos de reclusão. O julgamento ocorreu na quarta-feira, 4, na Comarca de Arraias.

O Tribunal do Júri acatou as teses do Ministério Público Estadual (MPE) e condenou o réu Jardel Batista Macedo, de 22 anos, pelo crime de homicídio triplamente qualificado. Ele foi acusado de assassinar seu tio Sandoval Serafim dos Reis com um golpe de foice na cabeça, em 29 de setembro de 2016, na zona rural de Arraias. 

Segundo foi sustentado pelo Promotor de Justiça João Neumann Marinho da Nóbrega na denúncia, o crime foi cometido por motivo fútil, referente à insatisfação do réu com relação ao atraso no pagamento de diárias pelo trabalho rural que ele estava prestando à vítima.

As outras qualificadores são de crime praticado de forma cruel e de modo a impossibilitar a defesa da vítima, uma vez que Jardel Batista Macedo surpreendeu com o golpe de foice a vítima que se encontrava deitada em uma rede e desarmada.

Após o crime, Jardel Batista Macedo foi detido preventivamente na Cadeia Pública de Arraias, onde se encontrava até o dia de seu julgamento. O magistrado manteve prisão cautelar por entender que subsistem os requisitos da prisão preventiva.

Imprensampto
Flávio Herculan
Foto ilustrativa/darciorabelo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.