Caso aconteceu em Araguaína, na região norte do Tocantins. A vítima do acidente era casada com a irmã do homem que passou mal.

Um homem morreu em Araguaína após saber que o cunhado dele, Reginaldo Lima Viana, de 50 anos, sofreu um acidente de trânsito grave e não resistiu. De acordo com parentes, Raimundo Ferreira dos Santos sofreu um infarto. Os dois corpos são velados juntos e devem ser enterrados no mesmo cemitério.

Raimundo tinha 62 anos e era casado com a irmã da vítima do acidente. Ele passou mal ao ser informado que Viana foi arrastado por um caminhão enquanto estava na garupa de um mototáxi. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser chamado na casa, mas o homem não resistiu. A família ficou abalada.

O enterro dos dois corpos está previsto para acontecer no final da tarde desta terça-feira (8).

Reginaldo Lima Viana, de 50 anos, morreu na tarde desta segunda-feira (7) após a motocicleta em que ele estava ser arrastada por um caminhão carregado com areia. O acidente aconteceu na avenida Filadélfia, em Araguaína. A vítima era passageira de um mototáxi. Uma câmera de segurança de um estabelecimento flagrou o momento exato em que o caminhão arrasta o veículo juntamente com o mototaxista e o passageiro. 

No vídeo é possível ver que a vítima fica presa no pneu traseiro do caminhão. Com o veículo ainda em movimento, o mototaxista consegue se soltar. Ele levanta no meio da pista e percebe que o passageiro está ferido. O motorista só para alguns metros depois, ao perceber o acidente.

A vítima foi socorrida, mas não resistiu aos graves ferimentos na cabeça e morreu ainda no local. Equipes da polícia e da perícia estiveram no local e vão apurar as causas do acidente.

G1 Tocantins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here