Segundo polícia civil, vítima, de 31 anos, foi atingida quando subia em outra moto aquática; mulher que estava com ele ficou ferida. Advogado do rapaz, de 19 anos, disse que não ia comentar caso.

Um homem de 31 anos morreu após ser atingido por uma moto aquática no lago de Cirilândia, distrito de Santa Isabel, região central de Goiás. José Nilton Sarapião foi atingido na cabeça. Uma mulher, não identificada, ficou ferida com a batida. O jovem Diego Vinícius Freitas, de 19 anos, que conduzia o veículo, foi preso em flagrante.

Ao site, o advogado de Diego, Tiago Ramos Gomes disse que, por enquanto, não vai comentar o caso.

O caso aconteceu na tarde de domingo (19). De acordo com o delegado Matheus Costa Melo, responsável pelo caso, ocorria um encontro de motos aquáticas e som automotivo no local quando houve o acidente.

“As duas vítimas estavam se preparando para subir em uma moto aquática quando foram atingidas pelo jovem, que pilotava o outro veículo. A mulher chegou a ser socorrida, levada ao hospital e está fora de perigo. Já o homem morreu no local”, disse o delegado ao site.

Melo informou que a moto náutica que o jovem pilotava pertencia ao patrão dele, que também estava no lago, mas foi embora logo após o acidente. À polícia, ele afirmou que ficou com medo de ser agredido.

Já Diego foi detido pela Polícia Militar e levado para a delegacia. O delegado informou que ele não tinha a habilitação obrigatória para conduzir o veículo. Após autuá-lo, foi estipulada fiança no valor de R$ 6 mil. Como ele não tinha o valor, permaneceu preso.

O jovem deve responder pelo crime de homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A pena, em caso de condenação, varia entre 1 e 3 anos.

G1 Tocantins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here