A mãe do acusado também foi gravemente ferida e está internada em hospital

Um jovem de 24 anos é o suspeito de matar o filho, a mulher, o pai, de ferir a mãe e depois se matar, na cidade de Joinville, em Santa Catarina, neste domingo (6).

“O que há de concreto é que ele usou arma fogo e arma branca contra os familiares, inclusive com testemunhas oculares. As mortes ocorreram no interior e fora da casa”, disse o delegado Dirceu Augusto Silveira Júnior, responsável pelo caso.

Vizinho da família, Jailton  Rocha viu parte do crime pelo muro. “Conversei com ele, fui pegar uma extensão emprestada. Na hora que peguei, eles convidaram para comer uma carne, eu não quis e fui para casa. Deu uns cinco minutinhos começou um tiroteio, ele executando a família, eu vi pelo muro”, afirmou Jailton.“A hora que eu vi, ele estava atirando no pai e depois ele foi atrás da mãe e se matou com a faca. Ele caiu por cima da mãe dele, que estava viva ainda. O filho e a esposa matou lá dentro”, detalha.

Segundo informações do G1, exames cadavéricos vão confirmar como as vítimas morreram, mas o corpo do pai do suspeito, Nereu César Pasquali, 53 anos, apresentava lesões visíveis causadas por uma faca e também por uma espingarda.

A mãe de Roberto, de 50 anos, foi ferida por faca e tiros. Ela segue internada no hospital São José, em estado grave.

Ainda não há informações sobre a motivação do crime. “Pelo que verificamos até agora, ele não possuía antecedentes. Vamos verificar a origem das armas e ouvir pessoas próximas para tentar saber a possível motivação”, disse o delegado Dirceu.(fonte:notícias ao minuto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here