O Tocantins tem apenas 42 municípios inscritos no Mapa do Turismo”, afirmou, antes de acrescentar que poderia ter mais.
A visibilidade nacional do Tocantins como cenário de uma telenovela é o contexto de uma audiência pública sobre o potencial turístico do Estado realizada nesta-quinta-feira, dia 26, no plenário da Assembleia Legislativa. Em pauta está o aprimoramento da política pública para o setor como vetor de desenvolvimento discutido com representantes dos órgãos públicos e entidades envolvidas.

Naturalmente, o Jalapão foi o assunto preferencial dos debates. Presidente da Comissão de Meio Ambiente e Turismo e autora do requerimento pela audiência, a deputada Valderez Castelo Branco (PP), disse que vai propor, no âmbito das leis que disciplinam o orçamento do Estado no próximo ano, recursos para a construção e reparação das estradas.

O representante do Ministério do Turismo, Maurício Rasi, explicou as ações do governo federal para aumentar o fluxo de turistas no país. Além de parcerias com entidades como o Senac para qualificar os trabalhadores, o dirigente tratou da importância de fomentar atrações privadas como parques. “Um só parque gera 900 empregos diretos e milhares de indiretos”, disse.

Em resposta a prefeitos que reclamaram mais recursos disponíveis, o dirigente informou sobre o Mapa do Turismo, cadastro dos municípios aptos a receber recursos independentemente de emendas parlamentares. “O Tocantins tem apenas 42 municípios inscritos no Mapa do Turismo”, afirmou, antes de acrescentar que poderia ter mais.

Glauber Barros.
Foto: Koró Rocha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here