“A criança relatou para a avó e para a tia que o homem teria tirado a calcinha e depois se esfregado nela”, disse o delegado João Maciel Claro.

Agentes da 17ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Norte) prenderam um entregador de gás acusado de estuprar uma menina de 4 anos, no Distrito Federal.

De acordo com os agentes, João José Costa, 36 anos, teria pedido para usar o banheiro da casa da família e acabou violentando a menina.

“A criança relatou para a avó e para a tia que o homem teria tirado a calcinha e depois se esfregado nela”, disse o delegado João Maciel Claro. Os exames mostraram que não houve penetração.

Em depoimento, a família da menina disse que não pediu gás ao entregador, mas que o suspeito se apresentou e pediu para usar o banheiro.

A polícia informou que João José Costa já tinha passagem por estupro de vulnerável no ano de 2006. Ele estava em liberdade provisória há cerca de um ano. À época do crime, teria abusado de outra menina também de quatro anos.

No celular do suspeito, segundo informações do Metrópoles, os agentes encontraram vídeos e fotografias com cenas de sexo explícito de crianças e adolescentes.

O homem foi autuado por estupro de vulnerável e armazenamento de vídeo ou fotografia de menores de idade. Somadas, as penas podem chegar até 20 anos de prisão em regime fechado.

Noticias ao Minuto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here