Destaque

Energisa orienta população sobre poda de segurança

Mais de 100 mil podas serão realizadas este ano.

Mais de 59 mil podas de segurança em árvores já foram realizadas neste ano de 2018 pela Energisa no Tocantins. A ação, que faz parte da rotina de manutenção de redes, tem como objetivo garantir a segurança da comunidade.

E ainda, evitar transtornos como a interrupção no fornecimento de energia elétrica. Por ano, a empresa realiza mais de 100 mil podas de árvores em todo o Estado, além de orientar a população sobre a poda de segurança e alertar para os riscos do contato de árvores com a rede de energia.

Bruno Queiroz, coordenador de Construção e Manutenção da Energisa, destaca que a poda de árvores próximas à rede evita o rompimento e a queda de cabos energizados em caso de ventos e chuvas fortes.  “Quando há a proximidade ou contato dos galhos com a rede de energia, a população deve entrar em contato com a Energisa para que a poda seja realizada com segurança”, informou o coordenador.

Especializadas e aptas a realizarem o serviço de poda, sem desligar a rede de energia, as equipes da Energisa atuam com o apoio do triturador de galhos, reduzindo assim o volume de resíduos, e consequentemente os impactos ambientais.

Plantio

De acordo com Mauricio Teles, engenheiro ambiental da Energisa, o plantio de árvores de grande porte não deve ser realizado embaixo da rede de energia. Sendo necessário avaliar o tipo de árvore e porte para assim evitar riscos à segurança. “Nos casos em que já existe a árvore, o proprietário da residência ou a Prefeitura (quando for área pública) devem manter a poda em dia e evitar o contato da árvore com a rede de energia”, orientou.

A interferência de árvores na rede elétrica é um problema que pode ser evitado com planejamento dos municípios e plantio de espécies apropriadas para a área urbana, de modo que não alcancem a altura da rede elétrica. “Em calçadas sob rede elétrica, devem ser plantadas árvores de pequeno porte, com altura máxima de 5 metros”, destacou o engenheiro ambiental.

Segurança

O contato das árvores com a rede elétrica pode trazer consequências sérias como:

  • Vazamentos de corrente elétrica da rede para o solo (por meio das árvores), podendo inclusive atingir pedestres, principalmente em caso de chuvas;
  • Rompimento de condutores secundários (220/380 Volts) e primários (13.800/34.500 Volts), com risco de acidentes com pessoas;
  • Risco de curto-circuito com interrupção de energia, danos em aparelhos elétricos das residências, interferência com o sistema de sinalização, desligamento da iluminação pública e comprometimento dos sistemas de segurança, entre outras consequências;

A Energisa reforça ainda que no caso de cabos caídos no solo a população não deve se aproximar, acionando de imediato a concessionária pelo 0800 721 3330.

Comunicacão Energisa – ETO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.