O Projeto é aberto ao público de todas as faixas etárias.

Deu continuidade essa semana em Palmeirópolis o Projeto ‘Praticar é Divertido’ que é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o Núcleo de Apoio a Família (NASF), e Academia da Saúde. O projeto estava parado há alguns dias por falta de profissional, mas voltou as atividades normais, afim de promover saúde aos participantes através de exercícios físicos.

Diversos profissionais da saúde como a enfermeira Mara Layane Alves, a fisioterapeuta Juliana Correia, e os profissionais de Educação Física Richart Barbosa, Ítalo Magalhães atuam no grupo.

De acordo com Richart, para participar precisa de alguns requisitos básicos como a realização de exames físicos assinado pelo médico; eletrocardiograma, lipidograma e o hemograma completo. O cartão de saúde precisa estar em dia. Tudo isso para proteger os participantes de forma correta, evitando qualquer tipo de problema.

Richart Barbosa relata ainda que os exames físicos e o eletrocardiograma serão ofertados pela Unidade Básica de Saúde para todos participantes.

Já o hemograma e o lipidograma vão ser ofertados somente para pessoas de baixa renda, aqueles que não tem condições de pagar. Depois de prontos serão anexados nas fichas de cada participante.

“Iremos trabalhar nas avaliações físicas, índice de massa corporal, (IMC), peso, altura, percentual de gordura atual, e a cada três meses, reavaliaremos cada indivíduo para identificarmos o que melhorou, e o que precisa ser mudado”, disse Richart.

Ele frisou que o público alvo é bem diversificado, “temos muitas meninas novas, e pessoas da terceira idade, um público bastante variado”,

As aulas estão acontecendo no Centro Poliesportivo de Palmeirópolis, segunda, quarta e sextas-feiras, das 18h às 19 horas.  E nas terças-feiras e quintas no ginásio da Vila Bom Tempo das 17:30 às 18: 30.

”Os exercícios vão ser bem selecionados, temos o funcional hit, juntamente com a dança, no objetivo de trabalhar a questão muscular dos participantes, e a parte cardiorrespiratória. Tudo bem diversificado e prazeroso de fazer”, disse o professor Ítalo Magalhães.

Da redação/Edilson Gonçalves

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here