Daí surge a pergunta: Por que o sentimento pode ser considerado uma arma fatal?

Durante este mês, estamos com uma campanha especial ‘Setembro Amarelo’, pois atualmente, o sentimento tem tomado conta das nossas vidas. Um pequeno problema, se torna enorme trazendo assim, o suicídio.

Além do suicídio, outras coisas também podem ser causadas pelo sentimento, como doenças físicas e psicológicas.

O sentimento parece ser uma coisa imune. Como pode, uma pessoa se matar ou matar alguém? Parece ser impossível de acreditar, mas, é simples, os sentimentos estão ligados ao nosso dia a dia: alegrias, tristezas, fazem parte do nosso cotidiano.

O cérebro é responsável por armazenar todas essas emoções, sejam elas boas, ou ruins. Aquela pessoa que lida com palavras duras ou até mesmo com algo relacionado à coisas negativas e não desabafa, pode se sentir culpada e futuramente entrar em depressão ou em um estado mais avançado, até mesmo, se matar.

De acordo com o site www.minhavida.com.br, cientistas e psicólogos comprovam através de estudos, doenças físicas, psicológicas e sociais, associadas ao sentimento de dor reprimida.                                                                               

Outros estudos, também comprovam que o suicídio entre jovens aumentou 10% nos últimos anos. Os problemas associados ao sentimento de dor reprimida são doenças físicas: úlceras, hipertensão, alergias, asma, estresse, e a longo prazo, o câncer.

Os psíquicos são: irritabilidade, ansiedade, agressividade, nervosismos.

E as sociais são: queda do desempenho no trabalho, tendência ao isolamento, apatia, conflitos domésticos, dentre outros.

Uma das frases afirmada por Denise Deniz é:

‘’Só você pode curar sua dor. Não adianta achar que o outro vai te livrar do sofrimento. As pessoas te maltratam, se você deixar que isso aconteça. É você quem escolhe as relações que quer estabelecer com as pessoas, por isso, ao invés de culpar o outro pelo seu sofrimento ou a si mesmo, olhe para você e se ajude!’’.

Então, pense, repense e pense novamente, que sentimento você está carregando? Ele é grande ou pequeno? Não importa, mas se pergunte se vale a pena você estar do jeito que está por causa dele, (sentimento).

Lembrando que, se for ruim você perderá as coisas boas do presente. Não pense no passado, pense no que você vai fazer no presente para melhorar o seu futuro!   

Artigo de divulgação científica.

Autora do texto:

Aluna: Juliana Cristina Conceição Martins de 14 anos

Série 8º turma: 82.04

Escola Estadual. Prof.ª Maria Guedes

Diretor: José Daniel Rosa

Professora: Sayonara Souza Rodrigues

Palmeirópolis Tocantins

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here