Animal foi deixado agonizando em estrada vicinal e coberto com galhos. Polícia diz que há sinais de maus-tratos antes mesmo do ferimento na corrida.

Uma égua adulta foi abandonada agonizando na beira de uma estrada vicinal em Pedro Afonso, na região central do Tocantins, após se ferir em uma corrida clandestina. O delegado Gilberto Augusto da Silva informou que o animal foi encontrado nesta segunda-feira (24) por policiais militares ambientais que passaram no local e precisou ser sacrificado.

Segundo testemunhas, a égua quebrou a pata durante um acidente na corrida no fim da tarde do domingo (23). O dono ainda teria tentado socorrer o animal durante a noite, mas desistiu e arrastou o animal para o acostamento da pista durante a manhã.

O delegado informou que veterinários da Adapec que examinaram a égua constataram sinais de maus-tratos anteriores a corrida. Os mesmos profissionais disseram que não havia chance de recuperação e recomendaram o sacrifício. Isso foi feito com um tiro na cabeça disparado por um policial militar.

O dono do animal já foi identificado pela polícia e será intimado a depor ainda esta semana. Ele pode responder pelo crime de maus-tratos. A pena prevista é de até um ano de prisão.

G1 Tocantins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here