JianCarlo Consente era dono da Ilha do Gringo. Ele e Valdemir Marcos desapareceram enquanto pescavam numa região conhecida como arquipélago do tropeço, em Peixe.

Os corpos de JianCarlo Consente, de 48 anos, e de Valdemir Marcos Ribeiro Santana, de 36 anos, foram encontrados na manhã desta quarta-feira (13), no rio Tocantins, no município de Peixe, sul do estado. Eles desapareceram numa região conhecida como arquipélago do tropeço após um canoa virar.

Barqueiros da região contaram que JianCarlo era estranheiro e dono da Ilha do Gringo. Ele morava há alguns anos na região. Disseram também que Valdemir era funcionário dele.

Eles desapareceram na tarde desta terça-feira (12), quando pescavam no rio. A Polícia Militar, que auxiliava nas buscas, informou que três homens estavam pescando, quando a canoa bateu nas pedras e virou. Um deles conseguiu nadar, mas os outros dois se afogaram.

Desde o acidente, margulhadores e barqueiros da região realizavam buscas. Quando os Bombeiros chegaram no local, nesta manhã, os corpos já tinham sido encontrados. Um dos homens estava preso embaixo da embarcação. O outro foi encontrado a cerca de 100 metros do local.

G1/TO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here