Depois de várias manifestações e luta, Cirineu da Rocha volta à direção do Colégio Família Agrícola em São Salvador do Tocantins.

Na sexta feira (26), a partir das 10 horas da manhã aconteceu no CEFA José Porfírio de Souza o “ Dia da Família na Escola”. Foi um dia de grandes significados para essa unidade de ensino, pois depois de dois meses sem diretor, foi renomeado Cirineu da Rocha ao cargo, profissional que vem contribuindo significativamente para o avanço e crescimento educacional da instituição.

A parte da manhã iniciou com apresentação artística do aluno Valter conjuntamente com o orientador educacional Izael Nunes, em seguida com a apresentação das comunidades presentes.

Apresentação artística do aluno Valter com o orientador educacional Izael Nunes.
Apresentação artística do aluno Valter com o orientador educacional Izael Nunes.

A unidade escolar atende os municípios de Peixe, São Salvador do Tocantins, Palmeirópolis, Jaú do Tocantins e Paranã e havia representantes de todos esses lugares, o que demonstra uma comunidade participativa e que acredita no trabalho desenvolvido pela unidade escolar. Essa participação tem grandes significados para o Colégio pois a família e a escola formam uma equipe e é importante que ambas sigam os mesmos acordos em direção aos objetivos que desejam atingir, cada uma realizando a sua parte em prol do sucesso que visamos para nossos jovens através de uma educação de qualidade e que venha criar cidadãos críticos capazes de enfrentar a complexidade de situações que surgem na sociedade.  

Após a apresentação dos municípios foi realizado a composição da mesa para a fala das autoridades, tendo em vista que devido a renomeação do diretor tiveram presentes inúmeras lideranças, vereadores locais e de cidades da região: Como Palmeirópolis e Jaú, do prefeito de São Salvador do Tocantins André Borba, dos ex-prefeitos Denival Gonçalves e Charles Evilacio, além da presença da Professora Sônia Maria, diretora da DRE de Gurupi e da supervisora Ladjasse o que engradeceu e enriqueceu o evento.

Quando o diretor do colégio foi exonerado no início do ano, houve grande tumulto e revolta de várias pessoas, dos alunos, pais, servidores, enfim, todos na luta árdua para que o Cirineu retornasse à direção do Colégio.

A Câmara municipal de São Salvador na pessoa do presidente Edivan Francisco, se empenhou através de oficio e dialogo com lideranças políticas, reuniões afim do retorno do Cirineu.  Em seu discurso Edivan falou um pouco da trajetória e da luta do Cirineu em prol dos atingidos por barragem, mostrou que realmente conhece um pouco da história do Cirineu da Rocha. Relatou o empenho dos vereadores junto com ele pela volta do Cirineu. Fizeram oficio ao governador e os vereadores assinaram, “aqui tem vários reassentamentos que foi da luta do Cirineu, vimos o trabalho, a organização e o desempenho dos parceiros e de várias pessoas da comunidade, juntos até a escola ser construída. Tudo isso é justo pelo trabalho deste homem, que veio do sul, deixou sua família, para cuidar do povo, não vamos ficar olhando para trás, é para frente que o carro anda, e conte com a Câmara de São Salvador”, finalizou.

Depois de várias matérias postadas, e-mail pedindo uma resposta ao governo e a SEDUC, ninguém quis falar até agora sobre o assunto da exoneração e nem da contratação.

No entanto, no início do mês de maio saiu a publicação no diário oficial de que Cirineu da Rocha havia sido recontratado ao cargo de diretor da referida escola, para alegria daqueles que lutaram e correram atrás para que isso acontecesse.

Sonia Maria diretora da DRE falou da alegria de ver a harmonia na escola, “a razão da escola são os alunos, se não tivesse aluno eu não tinha meu emprego”. Parabenizou o trabalho e disse que ficou encantada de ver os pais na reunião, enfatizou a dificuldade dos pais de estar indo à escola, e mesmo a distância não atrapalhou. “Morro de inveja, porque na minha época sendo filha de agricultor e morando na roça não tive uma escola como esta, vocês estão de parabéns, é uma oportunidade única”, explicou.

Professora Sônia Maria, diretora da DRE de Gurupi
Professora Sônia Maria, diretora da DRE de Gurupi

O prefeito de São Salvador André Borba, em seu discurso esclareceu da matéria publicada no jornal, disse que ficou magoado por tudo que foi falado e com exagero por parte do jornal. O prefeito continuo dizendo que indicou o novo diretor porque Cirineu já havia sido exonerado do cargo, “eu como prefeito fiz meu papel de indicar um novo profissional, porque eles me pediram, não foi eu quem pediu a saída dele não, me disseram para fazer isso, indicar. Por várias vezes procurei o Cirineu para conversar e não obtive resposta. Mas depois sim conversamos e achei melhor não indicar outra pessoa, pelo povo do reassentamento Piabanha pensei melhor deixar acontecer o retorno do Cirineu, hoje eu retrato isso. Para o bem da sociedade eu abrir mão e deixei por conta da secretaria que tiraram e estão recontratando, quero dizer que a parceria vai continuar no que depender da gente. Espero que o Cirineu faça acontecer o que ele realmente prega, conte com a prefeitura e os vereadores. E que de agora para frente a gente se olha como bons parceiros e que juntos façamos nosso município fluir e ser acreditado pelo povo”. Desabafou o prefeito André.unnamed (5)

O diretor e idealizador do Colégio Agrícola Cirineu da Rocha, disse que várias pessoas contribuíram neste processo da construção da escola e do seu retorno. “Tudo só é possível através do conhecimento, precisamos sonhar que é possível, depois de sonhar, suar, correr atrás, estudar, obter conhecimento. Para fazer parte de uma sociedade como a de hoje só é possível com o conhecimento. Estou feliz pelas parceiras que estamos fazendo, queremos ser uma escola de referência em educação do campo. Queremos avançar em curso técnico, dentre eles temos o curso em Agropecuária, Técnico em Agroindústria, Técnico em Piscicultura, que está avançando e precisamos construir a partir das parcerias. Vamos lutar para cumprir a missão ao longo destes anos. De agora para frente prefeito André vamos fazer deste local, um espaço de desenvolvimento e educação de profissional, e que cada jovem possa sair daqui e ser um grande profissional e saibam o objetivo de onde veio, para onde vão, o que estão fazendo e onde querem chegar”, enfatizou entusiasmado Cirineu.

Antes de encerrar sua fala Cirineu agradeceu a deputada estadual Amália Santana que fez parte do retorno dele ao Colégio, disse também que não teve uma pessoa específica empenhada, mas sim, várias pessoas, toda uma conjuntura de parceiros envolvidas no retorno dele. Não quis citar nomes detalhadamente.   

O vereador de Palmeirópolis Daniel Rosa, na ocasião representando a deputada federal Dorinha, disse que conhece o projeto do município no sentido educacional, foi aluno há 40 anos atrás estudando no Povoado Retiro, “sou suspeito ao falar do orgulho e da importância desta escola aqui na região, também ajudei na luta dos atingidos por barragem junto com Cirineu, este colégio não é importante só para o município de São Salvador, mas sim para todos. É um sonho realizado, e vimos o desempenho de tudo que tem acontecido aqui” disse.unnamed (6)

Na condição de membro do conselho da escola o vereador de Jau do Tocantins Osvaldino tem desempenhado muito bem o seu trabalho e disse que esta conjuntura toda possa trazer o fortalecimento do Colégio, “me sinto orgulhoso de tudo isso e pode contar com a Câmara de jau do Tocantins, vamos continuar unidos neste projeto”.

Ao encerrar a fala dos componentes da mesa foi passado para outra pauta com os pais, com o objetivo de informar alguns acordos de rotina, métodos de avaliação, resultados do 1º bimestre da unidade escolar, bem como definir com eles o uso do uniforme e também a forma de ofertar um lanche noturno.

O evento foi encerrado com um almoço, uma belíssima e gostosa feijoada a todos os presentes.

Foi realmente um momento de festa para o Colégio com um clima de paz, harmonia e tranquilidade, acreditando que foi o marco para iniciar novamente o ano letivo em busca de cumprir a missão estabelecida para a unidade de ensino, ou seja, “ser um colégio que oferta ensino de excelência no campo, construindo os arranjos produtivos para o desenvolvimento regional, a partir dos instrumentos da Pedagogia da Alternância”.  

Presidente da Câmara Edivan, Cirineu da Rocha, prefeito André Borba e Sonia Maria.
Presidente da Câmara de São Salvador Edivan Francisco, Cirineu da Rocha, prefeito André Borba e Sonia Maria.

unnamed (4)

unnamed (7)

unnamed (8)

unnamed (9)

unnamed (10)

unnamed (11)

unnamed (12)

Cerca de 350 pessoas compareceram ao vento.

Da redação/Mapa da noticia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here