Após 40 anos de espera, a população de Palmeirópolis tem muito o que comemorar
Com o apoio do deputado federal Carlos Gaguim (DEM/TO), em Brasília, a exploração de área de minério do município de Palmeirópolis avançou na Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM).
O edital de licitação será lançado no próximo dia 8 de julho e ficará aberto por 90 dias para que os interessados concorram ao processo de licitação e apresentem as suas propostas. 

”Uma excelente notícia para a população de Palmeirópolis e para o Tocantins. Com a autorização da licitação, o Estado poderá se tornar referência para o País na área Mineral, além de gerar emprego e renda à população tocantinense”, destacou Gaguim, que aproveitou a ocasião para parabenizar o município em suas redes sociais. 

O prefeito Fábio agradeceu o empenho do deputado Gaguim e destacou que, é uma grande vitória para o município. “A população aguarda por isso há cerca 40 anos. A exploração da área trará oportunidades ao Estado, Palmeirópolis e região, por isso estamos correndo atrás juntamente com nosso deputado para que vire realidade”, frisou.

Segundo Vaz, há seis metais com grande potencial de exploração, como o Zinco, cobre e chumbo, além de Palmeirópolis possuir relevância econômica devido a logística e às facilidades de acesso. 

TCU

No dia 19 de abril,  Gaguim esteve com o prefeito de Palmeirópolis, Fábio Vaz, no Tribunal de Contas da União (TCU), em Brasília, para cobrar celeridade na autorização para exploração de área de minério do município e região, ocasião em que foram recebidos pelo Ministro do TCU Vital do Rêgo.

A CPRM estima uma receita de mais de R$ 550 milhões em pagamentos de royalties durante a produção mineral.
CPRM estuda leiloar seis áreas para exploração minerária em 2019.

A CPRM, também conhecida como Serviço Geológico do Brasil, anunciou que a previsão é que sejam oferecidos neste ano aos investidores títulos minerários de carvão em Candiota, região próxima à fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, divididos em quatro lotes, e os direitos sobre jazidas de metais como cobre, chumbo e zinco em Palmeirópolis, sul de Tocantins.

Ascom dep.Gaguim/site CPRM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here