Destaque, São Salvador do Tocantins

Corpo de empresário desaparecido em São Salvador é encontrado em estado avançado

O empresário estava desaparecido desde última quarta-feira 27. Autores se entregaram a polícia em Palmeirópolis e confessaram o crime.

Na noite desta sexta-feira (01), o corpo do empresário Marcos Macedo que estava desaparecido desde a última quarta-feira, foi localizado em um matagal aproximadamente 5 km da cidade de São Salvador do Tocantins, próximo a uma torre. Segundo informações a chácara pertence a Edivan.

A perícia esteve no local para retirada do corpo.

Os autores do crime, Edivan Soares e seu filho Ítalo Soares, se entregaram a polícia na tarde de hoje acompanhados de seus advogados. Na delegacia de Palmeirópolis eles confessaram a autoria do homicídio.

Em seguida Ítalo acompanhado, foi mostrar o local onde jogaram o cadáver. Ele narrou para polícia que foram à casa de Marquinho conversar e lá se desentenderam por uma situação que envolvia um posto de combustível do seu pai Edivan. Em meio a lutas, deram duas pedradas na cabeça da vítima, depois colocaram na carroceria da camionete e levaram até o matagal, na tentativa de ocultar o corpo. Ainda segundo Ítalo, ao chegar ao local notou que a vítima ainda estava viva, pois levantou a cabeça, foi então que ele pegou uma espingarda 40, com a bala calibre 38 e efetuou dois disparos na cabeça de Marcos levando-o a morte, arrastaram matagal a dentro, depois cobriu-o com capim.

A polícia teve conhecimento do caso por volta das 4 horas na tarde de quarta-feira, de lá até esta sexta-feira começaram um trabalho de buscas com equipe da polícia civil e militar, já sabendo dos principais suspeitos.

Trabalharam incansavelmente nas buscas pelos foragidos.

Nesta quinta-feira, localizaram a caminhonete usada para ocultação do cadáver no lago do Ilha Verde no mesmo município, toda limpa na tentativa de esconder os vestígios.

Em seguida avistaram os dois suspeitos em uma canoa no lago, quando viram a polícia atravessaram e se esconderam. Nesta sexta-feira a tarde se entregaram na delegacia e confessaram autoria do crime.

A prisão preventiva foi decretada e vão ficar cerca de 180 dias em regime fechado até os esclarecimentos dos fatos e apuração do delito.

O comandante da polícia militar de Palmeirópolis, tenente  Rosa Neto fez questão de deixar registrado a parceria da PM e polícia civil no desenvolvimento do caso, “Foi com eles que fizemos um bom trabalho, estes guerreiros merecem os parabéns, por juntos desvendarmos este crime rápido, nosso comandante de Gurupi Coronel Flávio, também empenhou junto a equipe, estamos trabalhando para fazer o melhor”, disse Rosa Neto.

Marcos Macedo de 52 anos, será sepultado em São José do Rio Preto São Paulo, sua cidade de origem. O pai, amigos e alguns familiares vieram buscar o corpo. Tinha fazenda em São Salvador e também em Senador Canedo em Goiás. 

O Mapa da Notícia não conseguiu falar com os advogados dos acusados, estamos aguardando a qualquer momento.

Empresario Marcos Macedo.

Da redação

Esta postagem foi publicada em 2 de setembro de 2017, 02:27 e está arquivada em Destaque, São Salvador do Tocantins.

3 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.