Falta de Gabriel em Deyverson só foi percebida pelo árbitro após revisão. Time paulista chega a 29 jogos de invencibilidade no Brasileirão.

NA TECNOLOGIA
O Palmeiras martelou, martelou, mas precisou do VAR para conseguir a vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo neste sábado, em Brasília. O gol marcado por Gustavo Gómez veio num pênalti de Gabriel em Deyverson, só percebido após o árbitro revisar o lance.

LIDERANÇA MANTIDA
O resultado levou o Palmeiras a 16 pontos em seis rodadas do Campeonato Brasileiro. O time não pode mais ser alcançado nesta rodada – de quebra, ampliou para 29 jogos a invencibilidade na competição. O Botafogo, por sua vez, segue com nove pontos, na sétima colocação.

DOMÍNIO NA PARTIDA
Mandante do jogo, o Botafogo decidiu levar a partida para o estádio Mané Garrincha, em Brasília. Como resultado, viu a torcida do Palmeiras ser maioria no estádio, e o time paulista atuar como se estivesse em casa. O domínio alviverde foi completo no primeiro tempo, apesar de poucas chances de gol. Na etapa final, o roteiro se manteve até o gol de Gómez. Depois disso, o Palmeiras perdeu boas chances no contra-ataque contra um Botafogo improdutivo ofensivamente.

FESTIVAL DE CARTÕES
O árbitro Paulo Roberto Alves Junior distribuiu 11 cartões amarelos para o Botafogo – quatro deles somente por causa da marcação do pênalti. Dois deles foram para quem sequer estava em campo: o volante Gustavo Bocheca e o preparador de goleiros Flávio Tênius.

AGENDA
As equipes voltam a campo pelo Brasileirão no dia 2 de junho, um domingo. O Botafogo faz o clássico com o Vasco no estádio Nilton Santos, enquanto o Palmeiras visita a Chapecoense. Antes, o time paulista enfrenta o Sampaio Corrêa, na quinta-feira, pela Copa do Brasil.

G1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here