O envolvimento da família, dos parceiros, agricultores com as questões educacionais é importante no processo de escolarização.

Para estreitar os laços entre a escola, os parceiros e as famílias, o (CEFA) Colégio Família Agrícola José Porfírio, promoveu neste final de semana o Encontro de Pais e Educadores, Agricultores e Parceiros, com o intuito de esclarecer dúvidas em relação à proposta pedagógica e às normas escolares da instituição e também agradecer pelo apoio.

O evento o “Dia do Amigo”, foi aberto oficialmente pela direção da escola a partir das 19horas no refeitório do colégio com a participação do diretor Cirineu da Rocha.

A finalidade do evento foi criar um laço com os agricultores da região e aquelas pessoas que tem contribuído com o Colégio e que receberam os estudantes em suas casas para fazer o estágio.

O aprendizado foi feito nas unidades da agricultura familiar da região. “Os agricultores receberam os alunos por duas semanas e ensinaram cada um a trabalhar, colocar a mão na massa. Eles fizeram tudo que o dono, o produtor ensinava. Se alimentaram e dormiram no local, hoje, este momento é para agradecer e ouvir de cada agricultor se este tipo de trabalho está correto. É um momento de bater um papo para saber se estamos no caminho certo ou não”, disse Cirineu.

Os alunos começaram o estágio no início do ano, sempre em dupla, fazendo aproximadamente 80horas aulas, sendo duas semanas alternadas com 40 horas cada uma.

A primeira fase foi feita no Colégio, a segunda fase nas unidades da agricultura familiar que é a partir do 2º ano. A terceira fase que será o último estágio, eles vão para empresa pública como Ruraltins ou privada, sempre na areia da agricultura, pecuária, ou meio ambiente, acrescentou Cirineu.

O local escolhido para os estágios é sempre aquele produtor da agricultura familiar que mexe com leite, horta, abatedouro de frango, dentre outros ligados a agricultura. Aqueles produtores que não tem nenhuma atividade bem-sucedida não servem para o estágio explicou.

O coordenador, Agrônomo e professor de Nutrição Animal Marcio Alves Francisco, falou do estágio familiar e que esta primeira etapa cerca de 25 alunos participaram. “Existe três focos importantes no estágio familiar: Primeiro escolar, segundo familiar que seria o 2º ano, terceiro ano, o empresarial, todos monitorado pelo colégio agrícola, sempre com frequência para ver o rendimento de cada aluno”. Explicou professor Marcio.

Ele disse ainda que, todos os agricultores parabenizaram os alunos estagiários pela dedicação nesta etapa.

Estagiários junto com alguns os agricultores

A aluna Clara Stefany Benevides Araújo de 22 anos, disse que os estágios foram importantes desde os que foram feitas no próprio colégio e nas propriedades rurais. “Eu mexi com bovinos de leite e aprendi muito, tudo que o proprietário fazia a gente fazia também, acordava as 5 horas da manhã, junto com os donos, éramos tratados como se fosse filhos deles. E pretendo estagiar em empresa grande e crescer lá dentro, quando eu terminar o curso”, disse emocionada.

Alunas Kamilla e Stefany

O prefeito de São Salvador André Borba e a secretária Meio Ambiente Cassya tem sido parceiros do Colégio Família Agrícola.

O prefeito de São Salvador relatou que tem dado total apoio ao colégio, e está vendo o crescimento e esforço do Cirineu na unidade escolar. “O trabalho tem fluido e para acabar com o “clima” que houve no início do ano, estamos junto nesta parceria tentando fazer o melhor, apesar da falta de tempo, da correria estamos buscando melhorias”, finalizou.

Prefeito de São Salvador André Borba, Presidente da Câmara Edvan e vereador Bena.

Participaram do evento o presidente da Câmara de São Salvador Edivan Francisco, o ex-prefeito Charles Evilacio e o vereador Bena.  

No final do evento os convidados puderam degustar um delicioso jantar acompanhado de churrasco ao som de Dudu do Forró e sua banda.

Da redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here