Ana da Cruz Souza Batista estava internada há quatro dias no Hospital Regional de Gurupi. Vítima foi atingida por um carro na avenida Goiás, no momento em que voltava do trabalho.

A ciclista Ana da Cruz Souza Batista, de 56 anos, que sofreu traumatismo craniano após ser atropelada no dia 1º deste mês em Gurupi morreu na tarde deste sábado (5). Ana da Cruz Souza Batista estava internada no Hospital Regional da cidade.

A vítima estava de bicicleta na avenida Goiás. A família da vítima informou que ela voltava do trabalho quando foi atropelada. O impacto foi tão forte que ela quebrou o para-brisa do veículo, foi arrastada por cerca de 17 metros e depois arremessada em uma ponte sobre o córrego Pouso do Meio. O socorro foi feito por equipes do Samu.

O motorista que atingiu a a vítima tentou fugir, mas foi encontrado após bater em uma mureta e ficar com o carro preso. Antônio Lima de Sousa foi levado para a delegacia de plantão. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e os policiais fizeram então um termo de constatação de embriaguez, onde eles afirmam ter visto indícios de que o homem estava embriagado quando tudo ocorreu. Ele prestou depoimento e foi preso em flagrante, mas deixou a prisão nesta sexta-feira (4) e deve responder ao processo em liberdade.
O corpo da mulher vai ser velado na casa da família no Setor Aeroporto em Gurupi

 G1 Tocantins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here