Sírio-Libanês demite médica suspeita de vazar exame de Marisa Letícia

Segundo o jornal O Globo, Gabriela, de 31 anos, formada pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, divulgou no grupo do WhatsApp de ex-colegas da faculdade detalhes sobre o diagnóstico da ex-primeira-dama

O Hospital Sírio-Libanês desligou de seus quadros a médica Gabriela Munhoz, suspeita de divulgar em redes sociais resultados de exames da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva. O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) abriu uma sindicância para apurar se houve violação ao Código de Ética por parte da profissional ou participação de médicos em supostas ofensas contra a mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Segundo o jornal O Globo, Gabriela, de 31 anos, formada pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, divulgou no grupo do WhatsApp de ex-colegas da faculdade detalhes sobre o diagnóstico da ex-primeira-dama. A partir daí, a informação se espalhou por outros grupos em alguns dos quais médicos fizeram ofensas à mulher de Lula.
“O Sírio-Libanês tem uma política rígida relacionada à privacidade de todos os seus pacientes e repudia a quebra do sigilo de pacientes por qualquer profissional de saúde. Por não permitir esse tipo de atitude entre seus colaboradores, a instituição tomou as medidas disciplinares cabíveis em relação à médica, assim que teve conhecimento da troca de mensagens”, disse o hospital, em nota.

Outro caso

Este é o segundo vazamento de resultados de exames de Marisa Letícia em redes sociais. Na semana passada, o hospital Assunção, em São Bernardo do Campo, onde a ex-primeira-dama recebeu o primeiro atendimento depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC), afastou preventivamente todos os profissionais que participaram do procedimento e abriu sindicância para apurar a divulgação de vídeo e foto da tomografia à qual ela foi submetida.
O Cremesp também instaurou um procedimento para averiguar o caso O Código de Ética Médica proíbe a divulgação de informações sem consentimento do paciente ou de seus familiares. A quebra do sigilo médico é considerada infração grave. Segundo o Cremesp, o resultado das sindicâncias deve ser conhecido em até seis meses.
“O exercício da medicina deve respeitar e preservar todos os aspectos do doente: físico, emocional e moral, transcendendo tabus, crenças e preconceitos, em nome da fidelidade ao compromisso de tratar e cuidar de todos, sem qualquer distinção. Sob o juramento hipocrático e os princípios fundamentais da medicina, todo médico deverá ‘guardar absoluto respeito pelo ser humano e atuar sempre em seu benefício. Jamais utilizará seus conhecimentos para causar sofrimento físico ou moral, para o extermínio do ser humano ou para permitir e acobertar tentativa contra sua dignidade e integridade'”, diz a entidade.
Amigos da família de Marisa Letícia lamentaram os vazamentos. A reportagem não conseguiu localizar a médica Gabriela Munhoz nesta quinta-feira (2/2).(fonte:correio braziliense)

Marisa Letícia será velada no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC

O horário de início da cerimônia ainda não foi definido

O corpo da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, de 66 anos, que teve morte cerebral declarada na manhã de hoje (2), será velado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Ainda não se sabe qual o horário de início da cerimônia.

Marisa Letícia foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês do dia 24 deste mês, depois de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico.

Segundo boletim médico divulgado pelo hospital, na manhã de hoje foi realizado um doopler transcraniano que identificou a ausência de fluxo cerebral na paciente. A família autorizou a doação de órgãos.

Marisa Letícia foi acompanhada pelas equipes coordenadas pelos médicos Roberto Kalil Filho, Milberto Scaff, Marcos Stávale e José Guilherme Caldas. (fonte:noticias ao minuto)

Alunos relatam que problemas para inscrição no Sisu persistem

Nas redes sociais, os candidatos afirmam que não conseguem efetuar a inscrição

Dois dias após o início das inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), estudantes que fizeram a segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) reclamam que ainda não conseguiram acessar o sistema nesta quarta-feira, 25.

Nas redes sociais, os candidatos afirmam que não conseguem efetuar a inscrição e reclamam que estão sendo prejudicados em relação aos demais. Questionado sobre a continuidade dos problemas enfrentados pelos alunos, o Ministério da Educação (MEC) não se posicionou até as 12h30.

Em nota nesta terça-feira, 24, o MEC havia informado que foram identificados que cerca de 700 candidatos cujas notas na base de dados do Enem registravam participação na primeira e na segunda aplicação do Exame. “Essas inconsistências já foram corrigidas”, disse o ministério.

Ainda de acordo com o MEC, no primeiro dia de inscrições foram registradas ao menos 100 mil mudanças de senha na base do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do exame, o que impede temporariamente o acesso ao Sisu.

“O MEC, juntamente com o Inep, continua trabalhando para identificar qualquer outra inconsistência e resolvê-la com a máxima brevidade, assegurando que não haverá prejuízo a nenhum candidato”, informou.

Ocupações

A segunda aplicação do Enem ocorreu após o exame ser adiado em escolas que estavam ocupadas na data oficial do exame, em 5 e 6 de novembro. A nova prova foi aplicada em 166 municípios para 277.624 pessoas.

Os estudantes ocuparam os prédios escolares em protesto contra Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que estabelece um teto para os gastos públicos, incluindo saúde e educação, e a proposta de reforma do ensino médio, entre outros pontos. Com informações do Estadão Conteúdo.(fonte:noticias ao minuto) 

Irmã de Teori: ‘”tenho medo de ter muita coisa por trás’”

Delci Zavascki de 70 anos, declarou que a família estava sempre “muito preocupada”

Teori Zavascki passou pela roça, pelo seminário, pelos campos de futebol e por três cidades do oeste de Santa Catarina até, bem mais tarde, se tornar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator da Lava Jato. Na sua cidade natal, a pequena Faxinal dos Guedes, com cerca de 10 mil habitantes, sua morte significou a perda do filho mais ilustre do município e deixou familiares inconformados.

“Tenho medo de que possa ter muita coisa por trás. Quero que façam uma boa investigação”, pediu a irmã Delci Zavascki Salvadori, de 70 anos. “A nossa família sempre esteve muito preocupada com o trabalho dele na Lava Jato, mas o Teori sempre nos dizia para ter calma, porque andava com muitos seguranças”, disse a dona de casa.

Delci é a única dos seis irmãos do ministro que ainda mora cidade natal da família de descendentes de poloneses. A ida ao pequeno município era obrigatório para Teori pelo menos três vezes por ano. Fiel às raízes, gostava de aproveitar as folgas com os parentes de forma simples. Churrasco no almoço, seguido de chimarrão e conversas pela tarde adentro na varanda formavam a programação favorita.

A família Zavascki manteve o endereço desde que os pais, um casal de agricultores, começaram a ter os filhos. A mãe, Pia, faleceu em junho, aos 101 anos. Ela morava em uma casa de madeira, no mesmo terreno onde Delci vive em um sobrado com o marido, o empresário Alvor Salvadori. O quintal compartilhado é espaçoso, com um amplo gramado, piscina e lago. Na tarde de ontem, o local estava movimentado pela quantidade de visitas e os parentes estavam com pressa. Às 16h30, eles foram para Xanxerê, de onde pegariam o avião particular para ir ao funeral, em Porto Alegre.

Embora gostasse de falar com os parentes, Teori tinha um assunto vetado no bate-papo. “Ele não contava nada do trabalho. Era discreto demais. Nunca gostava de aparecer”, disse a irmã. “A gente se falava por telefone quase toda semana. O Teori sempre demonstrou estar tranquilo, nunca me pareceu inseguro sobre possíveis riscos”, relembrou, aos prantos.

A prefeitura local decretou luto oficial de três dias. A bandeira da prefeitura estava a meio mastro. Os habitantes da cidade conhecem a história de Teori como se já tivessem lido sua biografia. Até na igreja há ligação com o filho ilustre. O pároco, Ivo Pedro Oro, estudou durante seis anos no seminário com Teori.

Vida religiosa

A convivência entre os dois começou em 1961 e foi até 1967. Nos dois anos iniciais, a dupla foi colega de estudos em Lindoia do Sul, a 58 km de Faxinal. Depois, ambos migraram para Chapecó, a maior cidade da região, a cerca de 60 km. Foram mais quatro anos juntos até Ivo decidir continuar a vida religiosa e estudar em Curitiba. Já Teori, aos 18 anos, preferiu se mudar para Porto Alegre e seguir o irmão Olyr Zavascki, que já advogava na capital gaúcha.

“O Teori era um aluno excelente. Tivemos uma grande amizade. Ele era inteligente, criativo, lia muito e escrevia muito bem nas redações”, contou Ivo, por telefone. Os dois passaram décadas sem se ver até o religioso ser transferido para Faxinal dos Guedes, há sete anos.

Nesse período, foram três encontros. Todos duraram no mínimo uma hora e meia de conversa. “Acho que ele aprendeu a ser discreto com o seminário. Estava sempre de chinelos, não queria ser chamado por senhor e vetou falar do Supremo. Ficávamos relembrando o passado, principalmente os jogos de futebol”, contou. A vontade de seguir carreira no direito superou o sonho alimentado desde a infância em ser padre. O prédio onde funcionava o seminário em Chapecó hoje abriga uma universidade particular. Por coincidência, um dos cursos principais é Direito. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Noticias ao minuto

Velório de Teori será na sede do TRF de Porto Alegre

Declaração foi feita pelo advogado Francisco Prehn Zavascki, filho do ministro do Supremo

O advogado Francisco Prehn Zavascki, filho do ministro Teori Zavascki, morto nesta quinta-feira, 19, em um acidente aéreo em Paraty (RJ), afirmou à Rádio Gaúcha que o velório do corpo do pai vai ser realizado na sede do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, em Porto Alegre, onde o ministro atuou como desembargador.

“A data e horário dependem da liberação do corpo, mas será no Tribunal Regional Federal, que é na verdade o prédio que ele inaugurou, construiu a carreira e tenho certeza que se tivesse que escolher é onde ele se sentiria em casa”, disse o filho de Teori.

Francisco contou que conversou com o pai na última quarta-feira, dia 18, quando Teori teria dito que se preparava para homologar as delações dos executivos e ex-executivos da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato.

“Ele me relatou que a ideia era ter o no início de fevereiro tudo homologado praticamente para poder continuar o trabalho”, afirmou Francisco. “Ele tinha uma preocupação muito grande com o trabalho, colocou que estava preocupado com 2017 e que este ano ia ser pior que 2016”, contou o advogado.(fonte:noticias ao minuto)

Deborah Secco é internada em estado grave em São Paulo

Atriz está afastada das gravações de ‘Malhação’, da Globo

Segundo informações do colunista Leo Dias, do site ‘O Dia’, a situação foi tão grave que Da atriz precisou ser internada no Sirio Libanês, em São Paulo.

Ainda segundo o colunista, Deborah já recebeu alta após cinco dias internada. Felizmente, a atriz já está em casa, mas os médicos exigiram mais cinco dias de repouso. Só depois ela está liberada a voltar a gravar “Malhação”. 

 

Temer discutirá com Moraes e Maia situação de presídios nesta quarta

Reunião acontecerá no Palácio do Planalto.

Após retornar de Lisboa, para onde viajou com uma comitiva a fim de participar do velório do ex-presidente português Mário Soares, o presidente Michel Temer se reunirá, nesta quarta-feira (11), com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.

Na pauta, de acordo com informações do blog de Matheus Leitão, no portal G1, está a crise do sistema penitenciário.

O encontro será realizado no Palácio do Planalto e busca soluções para, entre outros problemas, reduzir a superlotação que atinge todas as unidades prisionais da federação.

Nesta terça-feira, o ministro da Justiça também se reuniu para tratar do mesmo assunto, dessa vez com a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, e com o diretor-geral da Polícia Federal (PF), Leandro Daiello.

Após quedas na Selic, juro do cartão de crédito cai em dezembro, diz Anefac

A média do juro cobrado recuou de 15,43% ao mês em novembro para 15,33% ao mês em dezembro.

Após o Banco Central (BC) anunciar nos últimos meses duas reduções seguidas na Selic, as taxas de juros do cartão de crédito caíram em dezembro, mostra levantamento feito pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). A média do juro cobrado recuou de 15,43% ao mês em novembro para 15,33% ao mês em dezembro. Na taxa anual a queda foi de 459,53% em novembro para 453,74% em dezembro.

Das outras cinco modalidades de crédito para pessoa física pesquisadas, três também recuaram na mesma base de comparação: empréstimos pessoais concedidos pelos bancos (de 4,62% para 4 58% ao mês e de 71,94% para 71,15% ao ano), empréstimos pessoais concedidos por financeiras (de 8,35% para 8,29% ao mês e de 161 79% para 160,05% ao ano) e os juros do comércio (de 5,9% para 5 88% ao mês e de 98,95% para 98,5% ao ano).

As taxas dos bancos para financiamentos de veículos ficaram estáveis, a 2,32% ao mês e a 31,68% ao ano. A única alta foi observada nas taxas do cheque especial, de 12,56% para 12,58% ao mês e de 313,63% para 314,51% ao ano.

Com isso, a taxa média de todas as linhas de crédito para pessoa física pesquisadas recuou de 8,20% para 8,16% ao mês e de 157 47% para 156,33% ao ano. Entre as linhas para pessoa jurídica, a taxa média recuou de 4,82% para 4,74% ao mês e de 75,93% para 74 32% ao ano.

Para o diretor executivo de Estudos e Pesquisa da Anefac, Miguel José Ribeiro de Oliveira, as quedas podem ser atribuídas à redução de 0,25 ponto porcentual da taxa básica de juros (Selic) para 13,75%, promovida pelo BC no fim de dezembro, e também pela expectativa de novas reduções da Selic frente à redução da inflação. O BC começou a reduzir a Selic em outubro, com corte de 0,25 p.p.

“Com certeza 2017 começa com uma nova perspectiva, em 2016 tivemos altos índices dos juros no país, históricos para ser mais preciso, agora, já na primeira reunião do ano do Copom, é possível que tenhamos uma nova redução, o que coloca o Brasil diante de uma nova realidade”, afirmou.

Receita abre hoje consulta a lote residual de restituição do IR

A restituição ficará disponível no banco durante um ano.

A partir das 9 horas desta segunda-feira (9), estará disponível para consulta o lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física, contemplando as restituições residuais, referentes aos exercícios de 2008 a 2016.

O crédito bancário para 177.539 contribuintes será realizado no dia 16 de janeiro, totalizando o valor de R$ 370 milhões. Desse total, R$ 6.768.661,55 referem-se ao quantitativo de contribuintes de que trata o Art. 69-A da Lei nº 9.784/99, sendo 21.130 contribuintes idosos e 2.232 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Os montantes de restituição para cada exercício, e a respectiva taxa Selic aplicada, podem ser acompanhados na tabela em anexo. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet, ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. Com informações da Receita Federal.

Pastor Valdemiro leva facadas no pescoço dentro de igreja em SP

Ele foi atacado durante o culto da Igreja Mundial do Poder de Deus, na Zona Sul da capital paulista, neste domingo.

O pastor Valdemiro Santiago sofreu um atentado na manhã deste domingo (8), enquanto realizava um culto na Igreja Mundial do Poder de Deus, no Brás, na Zona Sul de São Paulo. O religioso foi esfaqueado no pescoço duas vezes.

De acordo com o jornal O Dia, Santiago foi socorrido e levado para um hospital, onde passou por uma cirurgia e levou aproximadamente 20 pontos. Ele não corre risco de morte.

O suspeito foi preso em flagrante, levado para 8ª Delegacia Policial de São Paulo e responderá por tentativa de homicídio. No momento do crime, o homem, que não teve sua identidade revelada, foi contido por seguranças.

Já operado no hospital, Valdemiro Santiago gravou um vídeo ao lado da esposa, a bispa Franciléia, para tranquilizar os fiéis da igreja dele. “Que Deus abençoe vocês e eu perdoo a pessoa que fez isso, não sei quem é, mas ela carece de perdão”, disse.