Adolescente morre afogado em represa de Anápolis

image 193Um adolescente de 15 anos morreu afogado em uma represa, na Rua Chácara Benício, em Anápolis, nesta sexta-feira (25).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas encontraram roupas na margem e desconfiaram do afogamento.

Mergulhadores encontraram Wilker Jonathan da Silva submerso. O Corpo de Bombeiros aguarda a chegada da perícia no local.

http://www.opopular.com.br/?ref=logo

Homem é morto por vizinho após briga em Aparecida

Ainda não há informações sobre o motivo do desentendimento

policia goiasUm homem  de 27 anos foi morto pelo vizinho após uma discussão na Rua Paraíso, no Jardim Paraíso, em Aparecida de Goiânia, nesta sexta-feira (35).

De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi atropelada e esfaqueada. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos. O suspeito fugiu de carro e segundo a PM, ele está sendo procurado.

http://www.opopular.com.br/?ref=logo

Olho no Óleo já recolheu 252 mil litros

Letícia Santana

O óleo de cozinha, ingrediente muito utilizado em diversas receitas,olhonooleo2-300x200 quando descartado de maneira incorreta pode acarretar prejuízos para o ambiente. Jogar este óleo pelo ralo da pia também causa entupimento no encanamento. Diante dessa realidade, a Saneago criou há quatro anos o programa Olho no Óleo.

O programa atinge o grande gerador que são os bares e restaurantes, ou seja, os empreendimentos que entregam até 20 litros de óleo à Saneago. Segundo o superintendente de comunicação da Saneago, Luiz Novo, já são mais de 600 empresas cadastradas.

Ele explica que o empreendedor interessado faz o cadastro ligando no 115 e a Saneago leva o barril até o local. Quando já estiver quase cheio, basta ligar na Saneago que em até 48 horas, o barril é recolhido. Segundo Luiz Novo, o grande gerador representa 96% do público que participa do programa.

Cidadão
oleoDo outro lado, representando os restantes 4%, estão os cidadãos que utilizam o óleo para fazer as refeições e o armazena em casa. Esses são os pequenos geradores. No caso destes, o óleo deve ser entregue nas unidades do Vapt Vupt. Confira aqui os pontos de coleta.

Luiz Novo informa que o programa está sendo repensado para criar alternativas mais viáveis para o cidadão entregar o óleo. A primeira opção deve ser trabalhar a conscientização do descarte do óleo nas escolas. Além de tornar as crianças multiplicadoras, pode inserir pontos de coletas nessas unidades escolares. “A gente fez alguns pilotos em duas escolas particulares que nos procuraram e o resultado foi bem interessante”, diz.

Créditos
22-03-2012-Saneago-de-Olho-no-Oleo-Fotos-EduardoFerreira-5700PequenaAlém do benefício ao meio ambiente, tanto clientes como empresas ganham. Eles recebem um bônus em forma de crédito na fatura de água e esgoto, referente à quantidade de óleo entregue. A cada litro doado são descontados R$ 0,50 na fatura que chega no fim do mês.

Para ter direito ao crédito é fundamental que o óleo seja entregue em uma garrafa tipo pet com tampa rosqueável. A intenção, segundo Luiz Novo, é estudar uma forma para que esses créditos possam beneficiar a escola em alguma atividade específica.

O óleo recolhido pela Saneago segue para a Estação de Tratamento de Esgoto, onde fica armazenado até a empresa vencedora da licitação comprar o produto. O óleo de cozinha pode ser transformado em biodiesel ou servir para a produção de resina para tintas, sabão, detergente e glicerina.

Causas do entupimento
Segundo Luiz Novo, o principal objetivo da Saneago com este programa é reduzir os serviços de manutenção da rede de esgoto. “O óleo jogado na pia vai solidificando, virando o que chamamos de bucha e causa o entupimento das redes de esgoto”. Ele informa que foi realizado um estudo durante um mês sobre os motivos para o entupimento do esgoto. Foi constatado que 25% dos casos foram causados por óleo na rede. Além desses prejuízos, quando o óleo chega aos córregos, rios e lagos, dificulta a entrada de luz e a oxigenação da água, o que causa a morte de peixes. Também a decomposição do óleo de cozinha gera a emissão de metano na atmosfera,contribuindo para o aquecimento global.

http://www.goiasagora.go.gov.br/

“Falsa” grávida é presa com R$ 60 mil em drogas escondidas na barriga na BR-060

A ocorrência foi encaminhada ao 4º DP em Aparecida de Goiânia

falsa grávida
Divulgação/ PRF

Uma mulher de 25 anos foi detida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por tráfico de droga, no município de Guapó, no início da tarde desta quinta-feira (24). De acordo com a PRF, o flagrante aconteceu na BR-060, km 184, quando policiais abordaram um ônibus rodoviário interestadual que fazia a linha Cuiabá/MT-Brasilia/DF, durante fiscalização de rotina.

Os policiais contam que desconfiaram após a suspeita demonstrar certo nervosismo ao responder as perguntas. Em seguida, os agentes pediram que ela descesse do ônibus para que fosse realizada uma revista pessoal.

Durante a revista feita por uma agente da PRF, foi descoberto que a barriga da mulher, que aparentava ter 5 meses de gestação, na verdade se tratava de três tijolos (três quilos) de cocaína pura, em pó, fixada em seu abdômen. Segundo a PRF, o valor aproximado da droga é de cerca de 60 mil reais.

Questionada sobre o crime, a mulher afirmou à polícia que teria sido abordada na rodoviária por uma terceira pessoa, que lhe ofereceu R$ 3 mil para transportar a droga em seu corpo de Cuiabá até o município de Cupira/PE. Segundo ela, a barriga teria sido improvisada no banheiro da rodoviária.

http://www.opopular.com.br/

UBER X TÁXI: Motorista da Uber denuncia perseguição por taxistas

uber msgOs conflitos entre motoristas da Uber e taxistas está cada vez mais acirrado. Na madrugada desta quarta, 23, o grupo do WhatsApp SOS Uber Gyn, criado pelos motoristas que trabalham pelo aplicativo em Goiânia, registrou um pedido de socorro de um motorista que estava sendo perseguido por taxistas, no setor Marista. No áudio  o motorista diz que teve que entrar na contramão para fugir dos taxistas e evitar a agressão.

Desde que Uber passou a funcionar em Goiânia, os motoristas que trabalham pelo aplicativo reclamam de ameaças sofridas pelos taxistas, que se sentem prejudicados pela concorrência que eles consideram desleal. A principal reclamação dos motoristas de táxi é que eles recolhem taxas que não são cobradas aos motoristas da Uber o que torna o valor do serviço prestado pelo aplicativo mais barato que o cobrado pelos taxistas.

Fonte: G1/http://etudonoticia.com/

COVARDIA: Idoso é assaltado, agredido e morto

idosoUm idoso foi assassinado após ter sua residência invadida por assaltantes no Parque Estrela Dalva II, em de Luziânia, cidade que fica a 200 quilômetros de Goiânia. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima identificada como Walter Carlos Barbosa da Silva de 75 anos estava em casa quando dois criminosos entraram no residencia, agrediram e mataram o idoso. Após o crime, os bandidos fugiram a pé com vários aparelhos eletrônicos.

De acordo com informações do delegado Dr. Bruno Van Kuyk, Walter morava sozinho e foi encontrado dentro do quarto. “Foi uma morte violenta, havia indícios de agressão física e pela forma que encontramos o corpo, ele pode ter sido asfixiado”, explica o delegado.

Os bandidos levaram uma TV, aparelho de som, vários objetos pessoais e até mesmo a carne que estava na geladeira. O corpo do idoso foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Luziânia. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Fonte: G1/http://etudonoticia.com/

Preços variam até 106%, indica pesquisa do Procon

O consumidor que desejar economizar nessa Páscoa terá de pesquisar os preços antes de comprar um ovo de chocolate. Pesquisa realizada pelo Procon Goiás entre os dias 8 e 21 deste mês constatou diferença de até 106% no preço de um mesmo produto.

Foi o caso do ovo de chocolate Clássicos ao leite da Garoto, de 200 gramas, que foi encontrado com valores entre R$ 17,90 e R$ 36,90.

Outro produto com diferença discrepante foi o ovo de chocolate Sonho de Valsa da Lacta, de 270 gramas, que oscilou entre R$ 23,69 e R$ 39,90, uma variação de 68,4%.

Apesar da previsão de queda nas vendas, este ano o consumidor também vai pagar, em média, até 15,52% mais caro pelo produto.
De acordo com o Procon, o fato de alguns produtos terem sofrido redução no peso e ainda assim terem o preço elevado indica que o aumento real pode ter sido ainda maior que o demonstrado pelos números.
Por exemplo, o ovo de chocolate Kit Kat da Nestlé, com peso de 330 gramas, possuía um preço médio de R$ 46,80 quando era comercializado a 400 gramas. Neste ano, apesar da redução do peso para 330 gramas, o preço médio foi de R$ 52,65, um aumento de 12,51%.

Se for considerado o preço médio por gramas, verifica-se que em 2015 o grama custava em média R$ 0,11 e, atualmente, R$ 0,15. Ou seja, o aumento real do produto foi de 36,6%.

Dicas e Orientações

O Procon Goiás orienta os pais que forem adquirir ovos de chocolate com brinquedos que estejam atentos às informações da embalagem. É preciso verificar se o produto traz o selo do Inmetro e a faixa de idade recomendável.
Além disso, é preciso dar atenção especial às informações do rótulo, como as especificações de peso, data de validade, composição e, principalmente, a restrição de consumo.

Ovos de chocolate adquiridos em promoções, muitas vezes quebrados, e por esta razão com preços mais acessíveis, não dão ao consumidor o direito de reclamar. Todavia, a informação de que o produto está com preço promocional pelo fato de estar quebrado deve ser fornecida de forma clara e precisa ao consumidor.

http://www.opopular.com.br/?ref=logo

Vereadores aprovam em 1ª votação projeto que restringe o uso do Uber em Goiânia

Ainda ocorrerão outras duas votações

votaçao uberA Câmara Municipal de Goiânia aprovou nesta quarta-feira, 23, em 1ª primeira votação, o projeto que regulamenta o uso de aplicativos para prestação de transporte individual e remunerado de passageiros. Ele contempla, conforme votado, somente permissionários na capital.

Pelo projeto do vereador Carlos Soares (PT), assinado também pelos vereadores Anselmo Pereira (PSDB) e Djalma Araújo (SDD), atualmente somente os taxistas da capital estariam aptos a usar os aplicativos como 99, Uber e Easy Táxi ou outros aplicativos para smartphones para o transporte individual e remunerado de passageiros.

motorista de uberNa sessão desta quarta-feira, apenas representantes dos taxistas estavam na Câmara Municipal de Goiânia. Apenas um motorista do Uber apareceu rapidamente no plenário da Câmara, mas saiu com a manifestação dos taxistas contra a presença dele.

http://www.opopular.com.br/?ref=logo

Capotamento na GO-060 deixa uma pessoa morta e dois feridos

Bombeiros precisaram socorrer vítimas com o auxílio de um helicóptero

bombeirosUma pessoa morreu e duas ficaram feridas em um acidente na tarde desta quarta-feira (23), na GO-060, 6 quilômetros após a cidade de Nazário.

No local, houve um capotamento e as equipes do Corpo de Bombeiros socorreram os feridos com o apoio do serviço aéreo. Elas foram transportadas ao Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia.  A vítima mais grave teve traumas abdominais e fraturas.socorro bomb

http://www.opopular.com.br/?ref=logo

Políticos goianos aparecem na superplanilha de doações da Odebrecht

Os documentos estavam com o presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Barbosa Silva Júnior, e foram apreendidos na 23ª fase da Operação Lava Jato, nomeada “Acarajé”

Foram divulgados documentos apreendidos pela Polícia Federal que listam possíveis repasses da Odebrecht para mais de 200 políticos de 18 partidos políticos. Os arquivos, compartilhados no Blog do Fernando Rodrigues, é o mais completo acervo do que seria a contabilidade paralela descoberta e revelada pela Operação Lava Jato.

Nas planilhas, aparecem os nomes de Marconi Perillo, Demóstenes Torres e Paulo Garcia. A tabela aponta que o governador do Estado teria recebido R$ 200 mil da empreiteira no dia 1 de setembro de 2010. Já Demóstenes, que se encontra listado na mesma planilha que Marconi, teria recebido R$ 1,2 milhão no dia 9 de setembro de 2010 (confira abaixo). O prefeito de goiânia Paulo Garcia também aparece nos documentos e teria recebido repasses de R$ 300 mil no total.

Por meio de nota, Garcia afirma que na campanha eleitoral de 2012 declarou todos os gastos e todas as arrecadações ao TRE conforme manda a legislação. O político confirma que no site do TSE é possível ver a lista de todos os doadores da campanha. Paulo Garcia afirma que nem na campanha eleitoral de 2012, e em nenhuma outra campanha que participei, recebeu qualquer doação da empresa Odebrecht ou de suas subsidiárias.

Também por nota, o Diretório Estadual do PSDB de Goiás informou que todas as doações para as campanhas de candidatos do partido nas eleições de 2010 e 2014 foram devidamente declaradas à Justiça eleitoral, efetuadas via transferência bancária e atestadas por recibos.

Ainda segundo o Blog do Fernando Rodrigues, as planilhas estavam com o presidente da Odebrecht Infraestrutura e foram apreendidas na 23ª fase da Operação Lava Jato, a “Acarajé”, realizada no dia 22 de fevereiro deste ano.

Sem vazamento

As planilhas, que foram tornadas públicas na terça-feira (22) pelo juiz Sergio Moro, fornecem detalhes como nomes, cargos, partidos, valores e inclusive apelidos dos políticos. As listas não esclarecem as circunstâncias dos valores — se foram repassados como doações oficiais ou caixa dois.

Porém, nesta quarta-feira, ao constatar que a lista contém ‘registros de pagamentos a agentes políticos’, Moro restabeleceu o sigilo nos autos.

“Prematura conclusão quanto à natureza desses pagamentos. Não se trata de apreensão no Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht e o referido Grupo Odebrecht realizou, notoriamente, diversas doações eleitorais registradas nos últimos anos”, argumentou o juiz.

Os senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Romero Jucá (PMDB-RR) e Humberto Costa (PT-PE) são mencionados. Eduardo Campos (PSB), morto em 2014 e candidato à presidência em 2014 também é citado.

Outros nomes de políticos que estão estão nas planilhas são os de Celso Russomano, Paulinho da Força, Gabriel Chalita, José Serra, Arthur Virgílio, Rodrigo Maia, Jorge Picciani, Fernando Pezao, Fernando Haddad, Tarso Genro, entre outros

“De todo modo, considerando o ocorrido, restabeleço sigilo neste feito e determino a intimação do Ministério Público Federal para se manifestar, com urgência, quanto à eventual remessa ao Egrégio Supremo Triunal Federal para continuidade da apuração em relação às autoridades com foro privilegiado.”

Apelidos

Entre as alcunhas atribuídas aos políticos estão as seguintes: Jaques Wagner – Passivo; Eduardo Cunha – Carangueijo; Renan Calheiros – Atleta; José Sarney – Escritor; Eduardo Paes – Nervosinho; Humberto Costa – Drácula; Lindbergh Farias – Lindinho; Manuela D’Ávila – Avião; Romero Jucá – Cacique; Sergio Cabral – Proximus; Jarbas Vasconcellos Filho – Viagra.

http://www.opopular.com.br/?ref=logo