Em Montividiu do Norte: Nilva Barbosa dá festão para comemorar seus 60 anos; veja as fotos na coluna vip

E finalmente chegou o grande dia! 

A festa dos 60 anos da Psicopedagoga Nilva de Oliveira Barbosa, aconteceu na noite desta sexta-feira 7, em sua residência na cidade de Montividiu do Norte Goiás.  A comemoração de seu aniversário foi produzida nos mínimos detalhes. Animada e muito emocionada ela entrou pelo tapete vermelho por volta das 21horas toda elegante.

O vestido usado pela aniversariante na noite dos parabéns,  para recepcionar os convidados, foi de bolinhas brancas, modelo anos 60, deixando-a ainda mais radiante. 

Nilva é viúva de Eurizan Barbosa de Oliveira (Neno), do fruto deste amor nasceram três (3) filhos, Thiago Barbosa, Eurizan Junior e Emanuela Barbosa e sete (7) netos.

Filho mais velho, Thiago Barbosa e e sua esposa Átila
Eurizan Junior com sua esposa Rosânia Gonçalves e seus filhos.
Emanuela Barbosa com seu esposo Roberto e seus filhos.

Numa mistura de alegria e sentimento, Nilva segurou as lágrimas por várias vezes, na tentativa de conter a emoção.

Para a festa, que aconteceu sábado dia 07, Nilva reuniu cerca de 150 convidados dentre amigos e familiares. Através de um slide foi recebeu homenagem emocinante.

O ambiente foi todo decorado com objetos dos anos 60.

Para alegria da galera teve até dança com o cover do Elves

Nilva com a prefeita de Montividiu, Cirinha
Nilva com sua mãe Valdecy
Nilva e Nilma sua irmã
Nilva e seus irmãos; do lado esquerdo Nilson, a mãe Valdecy, Evildo e Nilma
Nilva e seus irmãos; do lado esquerdo Nilson, a mãe Valdecy no centro, Evildo e Nilma

Todos os convidados também foram vestidos a caráter.

VEJA MAIS FOTOS NA COLUNA VIP

 

Da redação/Mapa da Noticia

 

Avião com candidato ao governo Daniel Vilela sai de pista durante o pouso em Goiás

Segundo a assessoria do político, piloto errou a aproximação e bateu contra uma cerca próximo à pista. Ninguém ficou ferido.

O avião que transportava o candidato ao governo de Goiás Daniel Vilela (MDB) saiu de pista durante o pouso nesta quinta-feira (6), em Itapaci, na região central de Goiás. Segundo a assessoria de imprensa, o piloto errou durante a aproximação e o trem de pouso bateu contra uma cerca. Ninguém se feriu. Ao todo, 9 pessoas estavam na aeronave no momento.

O avião, com prefixo PT-LJN, decolou às 8h de Goiânia. O avião ficou com as asas e hélices danificadas. Estavam no voo, além de Daniel Vilela, os deputados e candidatos à reeleição Bruno Peixoto (MDB), Waguinho Siqueira (MDB), o deputado federal e coordenador da campanha, Pedro Chaves (MDB), três integrantes da equipe do candidato ao governo, o piloto e o co-piloto.

O avião estava regular e cabia até 10 pessoas. A aeronave pertence à empresa Voar Táxi Aéreo LTDA, que não possuiu licença para operar na modalidade táxi-aéreo, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O órgão disse ainda que o bimotor “não possui certificação para operar na modalidade táxi-aéreo”, pois ela está registrada como serviço privado.

Avião que transportava candidato Daniel Vilela ficou danificado após bater em cerca, em Itapaci (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

A assessoria do candidato explicou que o avião estava arrendado, portando atuava como serviço privado, e não táxi-aéreo.

A Voar Táxi Aéreo informou que o avião foi arrendado no dia 16 de agosto deste ano e que a operação da aeronave era conduzida pela equipe do candidato desde então. “A aeronave estava perfeitamente aeronavegável e com manutenção atualizada. Falhas mecânicas foram descartadas”, diz o comunicado. 

A reportagem procurou a Força Aérea Brasileira para saber se há alguma investigação sobre o acidente, mas ainda não obteve resposta até a publicação dessa reportagem.

Dois funcionários de usina são encontrados carbonizados em canavial

Segundo a Polícia Civil, eles tinham ido colocar fogo na plantação e se queimaram. Outro colaborador da usina achou os colegas mortos.

Dois funcionários de uma usina foram encontrados mortos, na madrugada desta quinta-feira (6), em um canavial na zona rural de Itaberaí, na região central de Goiás. Segundo a Polícia Civil, Fernando José Gonçalves, de 42 anos, e Divino Valdeci Soares, de 55, tinham ido ao local para colocar fogo na plantação e se queimaram.

Em nota, a Anicuns S/A disse lamentar o ocorrido. “Estamos todos abatidos e solidários com a dor dos familiares de nossos dois colaboradores que perderam a vida neste acidente e informamos que empresa prestará toda assistência às famílias.”

“Neste momento, a empresa já está tomando todas providências para identificar as possíveis causas que levaram à esta fatalidade. Qualquer outra informação relevante, comunicaremos imediatamente”, termina a nota.

A delegada responsável pelo caso, Josy Alves Sousa Guimarães, explicou que os corpos estão totalmente carbonizados. No entanto, a identificação foi possível devido ao cadastro da empresa.

De acordo com Josy, os funcionários saíram na noite de quarta-feira (6) para realizar o trabalho. Outro funcionário localizou os colegas ao buscá-los, nesta madrugada, após o fogo ter sido apagado.

“A priori, a gente considera acidente de trabalho. Ao que foi levantado, são bons funcionários, não tem antecedentes, não havia motivos para um homicídio”, afirmou Josy.

A delegada apura a conduta da empresa e a atividade exercida pelas vítimas. “Vamos analisar se eles deram treinamento, se os cuidados foram seguidos, se poderia haver a queimada naquele local, se a atividade era legalizada perante o Ministério do Trabalhado”, descreveu.

A Polícia Técnico Científica periciou o local do incêndio. Os servidores levaram os corpos de Fernando e Divino para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Goiás. Segundo os peritos, caso não seja possível fazer a identificação na unidade, eles serão levados para o instituto da capital.

G1Goias

Passageiro morre após puxar volante e carro capotar em Goiás

Condutor disse à corporação que vítima estava dormindo e, ao acordar, puxo a direção. Com acidente, corpo do homem foi parar embaixo do veículo.

O passageiro de um carro morreu na noite de sábado (1º) após o carro onde eles viajava capotar na GO-346, em Cabeceiras, no leste de Goiás. O condutor contou ao Corpo de Bombeiros que a vítima estava dormindo e, de repente, acordou assustado e puxou o volante do veículo.

A VW Saveiro era conduzida por um jovem de 18 anos. O acidente aconteceu por volta de 20h10. O motorista disse que, após o amigo puxar o volante, perdeu o controle da direção, o que fez o caro capotar e sair da pista.

No acidente, o corpo do passageiro acabou parando embaixo do veículo. Foi preciso levantar o carro para que os bombeiros conseguissem retirar o corpo.

O motorista foi socorrido com dores nas costas e encaminhado ao Hospital Municipal de Formosa.

Fazendeiros são multados em mais de R$ 1 milhão por retirada ilegal de madeira em Goiás

Fiscalização durou um mês e identificou cerca de 30 proprietários rurais que, segundo o Ibama, desmatavam inclusive reservas ambientais.

Fazendeiros receberam multas que totalizam mais de R$ 1 milhão durante uma operação que encontrou madeira sendo retirada ilegalmente, inclusive dentro de reservas de proteção, em São Miguel do Araguaia, a 470 km de Goiânia. Um vídeo feito por um fiscal do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) mostra uma grande área desmatada.

A operação durou um mês e identificou cerca de 30 proprietários rurais, que não tinham autorização para retirar as árvores. Levantamentos feitos por imagens de satélite identificaram 30 pontos de desmatamento na região. Durante a fiscalização, uma gravação mostrou a grande quantidade de madeira arrancada dentro de uma mata.

“Estamos andando há duas horas nessa mata e tem muita madeira [derrubada], chega a dar dó. Retiraram madeira de uma reserva para vender. Foram carretas e carretas de madeira que eles tiraram para vender”, disse um fiscal do Ibama que registrou o desmatamento.

Parte da madeira que foi cortada não chegou a ser levada. Foi necessário um mutirão para retirar com um trator vigas e troncos apreendidos. O material foi levado para um pátio. Durante a operação também foram apreendidas nove máquinas usadas para o desmatamento.

Equipes do Batalhão Ambiental da Polícia Militar também participaram da operação que identificou 765 hectares de cerrado desmatado. Parte dessa área estava dentro de reservas ambientais, que são consideradas intocáveis.

Filho mata pai com ‘mata-leão’ ao tentar proteger mãe de facadas em GO

Mesmo se tratando de legítima defesa, jovem foi detido até audiência de custódia.

Um jovem de 21 anos matou o pai asfixiado com um “mata-leão” após salvar a mãe de levar uma facada do homem. O caso aconteceu nesse domingo (22), em Anápolis.

Como conta o Mais Goiás, o detento do semiaberto Dolismar José Damas, de 41 anos, atacou a ex-esposa, Maria Núbia Damas, de 37, com uma faca durante uma briga.

Na tentativa de defender a mãe das agressões, o rapaz imobilizou o pai com uma “gravata”. Como o homem não parava de se debater, o jovem fez mais força e acabou asfixiando o pai.

O filho foi encaminhado à Central de Flagrantes, onde permanecerá detido até sua audiência de custódia. Como os policiais entenderam se tratar de legítima defesa, o rapaz foi conduzido sem algemas.

Segundo o subtenente Joel Soares Galvão, do 28° Batalhão da PM, Dolismar tinha “inúmeros” registros criminais por furto e homicídio. Ele, inclusive, já tinha atentado contra a vida da ex-mulher.

“Já foi à casa de Maria diversas vezes para importunar. Hoje Dolismar foi preparado para matá-la com uma faca, mas o filho conseguiu evitar, pois estava atrás dele e viu tudo. Deu um mata-leão, mas como o homem não parava de se mexer tentando se libertar, o rapaz imprimiu mais força gerando asfixia mecânica no criminoso”, conou.

Ainda de acordo com o policial, o “homem era daqueles que não aceitava o fim do relacionamento e vivia rondando a região para importunar a ex-companheira”.

O corpo dele foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis.

Noticia ao Minuto

Caminhoneiro morre após bater em carreta e sair da pista na BR-452

Segundo PRF, suspeita é que Emerson Ferreira Perpétuo tenha dormido ao volante. Motorista do outro veículo não se feriu.

O caminhoneiro Emerson Ferreira Perpétuo, de idade não divulgada, morreu neste sábado (21) após bater de frente com uma carreta e sair da pista, na BR-452 em Itumbiara, na região sul de Goiás. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a principal suspeita é que a vítima tenha dormido ao volante e invadido a pista contrária.

O acidente ocorreu na madrugada deste sábado. No local da colisão, partes do caminhão e objetos pessoas ficaram espalhados na pista. De acordo com apuração da TV Anhanguera, o motorista da carreta atingida disse à PRF que percebeu que o caminhão trafegava no sentido contrário, tentou desviar, mas não conseguiu evitar a batida.

Segundo a corporação, o Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou a morte de Emerson no local do acidente. O outro motorista envolvido foi retirado do veículo sem nenhum tipo de ferimento.

O trânsito na BR-452 ficou parcialmente interditado até as 10h desta manhã para retirada dos veículos da pista, mas o fluxo de veículos, conforme a corporação, já foi normalizado.

Professor é encontrado morto e tem picape roubada em fazenda de Goiás

Rubens Memória, de 55 anos, também atuava como advogado. Segundo a Polícia Civil, ele estava sem uma das orelhas e com a perna quebrada. Funcionário é suspeito.

O professor e advogado Rubens Guedes Mémoria, de 55 anos, foi encontrado morto na fazenda dele em Cristalina, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, ele estava sem uma orelha e com a perna quebrada. Um funcionário é suspeito de cometer o crime.

O corpo do professor foi achado por volta das 19h de segunda-feira (16), entre a sede da propriedade e a casa de um funcionário. No entanto, não se sabe o horário em que foi morto.

Uma pessoa, que não quis ser identificada, disse aos policiais militares que viu o caseiro dirigindo a picape de Rubens, em alta velocidade, por volta do meio-dia. Desde então, o veículo não foi mais visto. Por isto, a corporação suspeita de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte.

Os policiais encontraram um machado e uma pedra ao lado do corpo. A suspeita é de que os materiais tenha sido utilizados para matar Rubens.

Nota de pesar

O Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF) lamentou, em nota, a morte de Rubens e informou que “presta toda sua solidariedade à família e aos amigos neste momento de dor”.

De acordo com a entidade, ele ministrava aulas de educação física na rede pública e atuou em diversas frentes na escola e nas Regionais de Ensino e na Coordenação de Educação Física.

De acordo com a nota, Rubens também fez parte da diretoria do Sinpro-DF entre 2001 e 2004. “Esteve à frente das principais lutas da Educação Física no DF na antiga APEF-DF, pelo Sinpro e mais recentemente fazendo a luta como advogado no combate às ingerências do Sistema CREF/CONFEF na escola”.

Mulher é suspeita de matar companheiro a facadas durante briga, em Goiás

Segundo Polícia Civil, David Antônio da Silva, de 29 anos, foi encontrado morto na casa da companheira, que fugiu do local; testemunha disse à polícia que suspeita fez ligação antes de fugir.

Uma mulher, de idade não divulgada, é suspeita de matar a facadas o namorado, David Antônio da Silva, de 29 anos, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, uma testemunha disse à Polícia Militar que recebeu uma ligação da suspeita, afirmando que havia dado uma facada no namorado durante uma briga.

O crime ocorreu no último domingo (15), na casa em que a mulher mora, no Parque Estrela Dalva 7, em Luziânia. Conforme informações divulgadas pela assessoria de imprensa da Polícia Civil, a PM foi acionada para averiguar um homicídio, mas quando chegou ao local o Corpo de Bombeiros já havia feito os primeiros atendimentos e constatado a morte de David Antônio.

No local, uma testemunha disse à PM que, após receber a ligação da mulher afirmando que tinha esfaqueado o namorado, ligou para os parentes da suspeita, que foram até o local. Chegando à casa, segundo a corporação, uma tia da mulher encontrou o namorado dela caído desacordado no chão e acionou o socorro.

O corpo de David foi retirado do local pelo Instituto Médico Legal (IML) e levado para Formosa, onde a Polícia Técnico-Científica está funcionando, e, segundo o órgão, foi liberado à família na segunda-feira (16).

G1 entrou em contato como delegado responsável pelo caso, Maurício Passerini, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta reportagem.

Bebê morre atropelado por tio surdo após confraternização de família, em Goiás

Polícia Civil informou que condutor havia bebido antes de dirigir e disse que não viu a criança correndo.

Um bebê de um 1 ano morreu atropelado pelo tio na noite de sábado (14) após uma confraternização de família em Itumbiara, no sul de Goiás. Segundo a Polícia Civil, o condutor, que é surdo, confessou ter bebido antes de dirigir e alegou que não viu a criança.

“Ele confessou ter tomado uma lata de cerveja. Quando foi sair com o carro, acabou atropelando a criança, que tinha corrido para a rua sem ninguém ver”, disse o delegado Vinícius Penna. A criança chegou a ser socorrida, mas morreu no local. Ela está sendo velada em casa às 17h deste domingo (15).

A polícia não divulgou o nome do motorista. O G1 não conseguiu localizar a defesa dele até a publicação dessa reportagem.

Ainda segundo a Polícia Civil, apesar da deficiência, o homem tinha uma Carteira Nacional de Habilitação válida. Segundo a legislação, quem é surdo pode obter a licença para dirigir normalmente, mas deve utilizar um adesivo no veículo com o símbolo internacional de surdez.

Depois do acidente, o homem foi autuado em flagrante por homicídio culposo na direção de veículo com agravante pela ingestão de bebida alcoólica. Ele foi encaminhado para o Presidio Regional de Itumbiara.