Irmão de Cristiano Araújo diz que condenação de motorista por mortes é exagerada: ‘Nada o trará de volta’

Ronaldo Miranda foi condenado por homicídio culposo pelas mortes do sertanejo e a namorada dele, Allana Moraes.

O irmão mais velho do cantor Cristiano Araújo, Nelson Faleiro da Silva Neto, afirmou, nesta quinta-feira (18), que achou “exagerada” a condenação do motorista Ronaldo Miranda pelas mortes do sertanejo e da namorada dele, Allana Moraes. Ele afirma que recebeu a notícia com surpresa e que a sentença “não trará o irmão de volta”.

“Eu não tenho nada contra o Ronaldo e diria que foi um pouco puxada, exagerada a condenação. Foi triste o que aconteceu, todo o sofrimento pela perda do meu irmão, da Allana, tudo isso abalou muito todo mundo. O Ronaldo é muito querido por várias pessoas da minha família e nenhuma sentença vai trazer o Cristiano de volta”, afirmou.

A decisão da juíza Patrícia Machado Carrijo foi tomada em 11 de janeiro, mas só foi divulgada nesta quinta-feira (18). A magistrada substituiu a pena privativa de liberdade pela prestação de serviços à comunidade e pela prestação pecuniária de 10 salários minímos para uma entidade social que ainda será definida.

Além disso, a juíza determinou que Miranda pague R$ 25 mil a título de reparação dos danos causados aos sucessores de cada uma das vítimas. O motorista ainda teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por dois anos.

Miranda informou, por telefone à TV Anhanguera, que ainda não foi informado sobre a medida. O jornal tenta contato com o advogado do motorista, Ricardo Oliveira, mas as ligações não foram atendidas.

O casal morreu em um acidente na madrugada do dia 24 de junho de 2015, quando o sertanejo voltava para Goiânia após um show em Itumbiara, no sul do estado. Além dos namorados, que seguiam no banco traseiro sem cinto de segurança, também estavam no veículo o motorista e o empresário Victor Leonardo. Os dois últimos ficaram feridos, mas deixaram o hospital dias depois.

Motorista de Cristiano Araújo, também vítima do acidente que matou o cantor, está abalado Goiás Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Negligente, imperito e imprudente

O delegado Fabiano Henrique Jacomelis, responsável pela investigação do caso, disse, na época, que o motorista foi negligente e imprudente, por, respectivamente, transitar com as rodas com danos e por dirigir em excesso de velocidade. Por isso, o indiciou por duplo homicídio culposo na direção de veículo automotor. Em seguida, o Ministério Público de Goiás denunciou Miranda pelos mesmos crimes.

Na decisão, a magistrada da Comarca de Morrinhos reforça que Miranda agiu com imprudência, negligência e imperícia. Para a juíza, ficou comprovada a autoria do crime por vários relatos, exames e laudos periciais.

Patrícia considera que o motorista foi negligente uma vez que “tinha plena ciência sobre as condições precárias das rodas instaladas no veículo e do risco inerente da sua utilização no momento de sua condução”.

A magistrada reforçou que todos os laudos atestaram excesso de velocidade. Um dos documentos, elaborado pela empresa Land Rover, fabricante do veículo, constatou que o automóvel trafegava a uma velocidade de 179 km/h cinco segundos antes do acidente. “Assim, inexiste dúvidas de que estaria em velocidade superior ao da permitida para o trecho do acidente, qual seja 110 km/h”, enfatizou a magistrada na decisão.

Durante audiência de instrução do processo, realizada em julho do ano passado, Miranda contestou a velocidade apontada pela Land Rover. Para ele, o veículo estava a 120 km/h, e não a 179 km/h. Na ocasião, o advogado do motorista explicou à equipe da TV Anhanguera que há três laudos sobre a velocidade do veículo e que cada um apontava um número diferente. 

“Um contesta o outro. São três laudos feitos por órgãos competentes e cada um apontando uma velocidade. Então a velocidade real não está determinada, não é conclusiva. A velocidade era de 179 km/h no [laudo] da Land Rover, 112 km/h na pericia da Triunfo Concebra [concessionária que administra a via], e 120 km/h na perícia da SSP [Secretaria de Segurança Pública], do Estado”, alegou Oliveira, na época.

Cristiano Araújo e a namorada, Allana Moraes morreram em acidente em Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Sem cinto de segurança

Em relação à imperícia, a juíza ressaltou, na decisão, que ela ficou caracterizada pela “ausência de qualificação ou treinamento adequado para exercer ou desempenhar a função” de motorista.

Durante a audiência, Miranda disse que o casal viajava sem cinto de segurança. Ele afirmou à magistrada que o cantor não colocou o item porque “gostava de vir deitado” e que não insistiu para que usasse porque “era seu patrão”.

“Se Cristiano e Allana estivessem utilizando o cinto de segurança poderiam, com 99% de chance, estarem vivos. Me sinto como vítima do acidente, pois foi uma fatalidade”, disse Miranda à magistrada.

Apesar da alegação do motorista, a magistrada defende que o réu, na condição de motorista, também tinha responsabilidade pelo fato de os passageiros não estarem com o cinto de segurança.

Range Rover Sport sofreu estragos em acidente que matou o cantor Cristiano Araújo (Foto: Renato Melo / Arquivo Pessoal).

G1 Goiás

Atriz Eva Todor morre aos 98 anos, no Rio; ela sofria de Mal de Parkinson

Eva Todor somava mais de 80 anos de carreira e sua última aparição pública foi em novembro de 2014, para ser homenageada.

A atriz Eva Todor morreu aos 98 anos na manhã deste domingo, 10, em sua casa, no Rio. Ela sofria de Mal de Parkinson. A causa da sua morte foi pneumonia.

O corpo da atriz será cremado e o velório público está marcado para esta segunda-feira, 11, das 9 às 11 horas, no Teatro Municipal.

A atriz chegou a ficar dez dias internada em março deste ano. Ela estava longe da TV desde a novela “Salve Jorge”, exibida em 2012, e sua última aparição pública foi em novembro de 2014, quando recebeu uma homenagem feita por amigos artistas no Teatro Leblon.

Eva Todor somava mais de 80 anos de carreira. O início nos palcos foi por meio do balé, ainda na infância. Húngara de nascimento, Eva Todor (que tinha o sobrenome Fódor de batismo) chegou a dançar na Ópera Real de Budapeste.

Filha de uma estilista e de um comerciante de tecidos, a atriz já mostrava talento para a vida artística, mas a realidade complicada do período entre guerras na Europa a fez fugir com a família para o Brasil, em 1929. (Com informações de O Globo).

Show de Henrique e Juliano é cancelado e termina em confusão

Henrique & Juliano cancelam show em Itaboraí, e parte do público depreda clube.

A ausência de Henrique & Juliano numa apresentação marcada para o último domingo (12) em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, causou revolta em parte do público. O clube Vera Gol Esporte e Lazer, no Outeiro das Pedras, foi depredado e saqueado por fãs revoltados com a falta da dupla. Um vídeo publicado nas redes sociais mostra vidros quebrados e objetos sendo furtados:

“População depredando e causando muita confusão”, relatou um dos presentes, que filmava o local. O vídeo circula nas redes sociais.

Nas redes sociais da dupla, até a manhã desta segunda-feira, ainda havia o vídeo divulgando o evento com o link para os fãs comprarem os ingressos. A assessoria de imprensa de Henrique & Juliano se pronunciou sobre o ocorrido:

“O show de Henrique e Juliano que aconteceria ontem, 12, em Itaboraí/RJ foi cancelado. O cancelamento se deveu ao não cumprimento do contrato firmado entre as partes. O contratante deixou de cumprir a integralidade das obrigações contratuais para a realização do evento, o que impossibilitou a execução do show. A divulgação sobre problemas no voo não procede. Henrique e Juliano estavam preparados e aptos a chegarem no horário estipulado. A equipe da dupla estava no local e tentou por diversas vezes contato com os contratantes para a solução das inadimplências contratuais, sem êxito nas tentativas. Henrique e Juliano lamentam o ocorrido, principalmente, por saberem do carinho de seus fãs no Rio de Janeiro e, esperam em breve poder reencontrá-los”.

Não conseguimos contato com a dupla.

Fonte: extra.globo

Primeiro DVD do cantor Henrique Vilarins – Simplesmente Acontece

Primeiro DVD de Henrique Vilarins sucesso total

O tocantinense Henrique Vilarins é dono de uma voz inconfundível, com ela, tem rodado o Brasil inteiro com show eclético e recheado dos hits do momento. Com repertorio variado, não passa despercebido quando sobe ao palco. Henrique gravou recentemente seu primeiro DVD em Goiânia, e umas de suas músicas de trabalho “Simplesmente Acontece” já figura entre as mais tocadas. Henrique Vilarins está entre as novas apostas do universo sertanejo.

VEJA O DVD

 

Artista que morreu ao cair de penhasco é homenageado com exposição de obras inéditas

Telas da mostra “Os Jardins de Pierre de Freitas” estão expostas no prédio do Tribunal de Justiça. Artista morreu no início do ano enquanto tirava selfie do alto de uma serra.

Faz mais de cinco meses que o artista plástico Pierre de Freitas morreu, mas sua obra e criatividade continuam encantando. Nesta quarta-feira (21) foi aberta uma exposição para homenagear o artista. São 16 telas inéditas que foram produzidas por Pierre nos últimos dois anos. A mostra “Os Jardins de Pierre de Freitas” está aberta ao público até o dia 3 de agosto no hall do Tribunal de Justiça do Tocantins, em Palmas.

Pierre morreu no dia 15 de janeiro após cair de um penhasco na região da Serra do Carmo, na zona rural de Palmas. Segundo os Bombeiros, ele caiu de uma altura de cerca de 70 metros enquanto tentava tirar uma selfie.

A exposição emocionou os visitantes que compareceram na abertura do projeto TJ Cultura. A mulher de Pierre, Thessa Freitas, disse que o marido estava planejando uma exposição e que gostaria que fosse no Tribunal de Justiça.

Motociclista de artista também foi exposta no prédio do Tribunal de Justiça (Foto: Carlos Gomes/TV Anhanguera)
Motociclista de artista também foi exposta no prédio do Tribunal de Justiça (Foto: Carlos Gomes/TV Anhanguera)

“Eu fiquei surpresa quando eles me ligaram para falar que gostariam de homenagear Pierre porque ele já estava montando uma exposição e tinha pensado justamente em fazer no prédio do TJ, por causa do espaço, já que as obras são grandes”, contou.

Thessa relembrou que quando o artista chegou ao Tocantins, a primeira mostra organizada por ele foi realizada no prédio do tribunal. “Foi uma linda homenagem, muito emocionante. Eles fizeram a exposição com muito carinho”, disse ela.  

Além das telas, a motocicleta do artista também está exposta. Pierre era apaixonado por motos, gostava de fazer trilhas e participava de um motoclube na capital. 

Pierre de Freitas (Foto: Arquivo Pessoal)
Pierre de Freitas (Foto: Arquivo Pessoal)

Morte

O artista plástico Pierre de Freitas morreu após cair de um penhasco na região da Serra do Carmo, na zona rural de Palmas, no dia 15 de janeiro deste ano. O acidente aconteceu em uma trilha de difícil acesso. Segundo os Bombeiros, ele caiu de uma altura de cerca de 70 metros.

A perícia esteve no local e informou que, segundo relatos de testemunhas, ele estava no topo tentando fazer uma selfie, quando escorregou e caiu.

Pierre tem o título de Cidadão Palmense pelo trabalho artístico e foi presidente da Fundação Cultural de Palmas entre 2008 e 2010. Ele também era professor e tatuador.

G1/TO

Bomba é jogada no palco em show dos sertanejos Zé Neto e Cristiano

“Isso aqui machuca para c****o. Vamos ter respeito pelas pessoas”, disparou Cristiano.

A dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano levaram um susto daqueles em um show semana passada. Durante apresentação em Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, dia 14, um integrante da plateia jogou uma bomba no palco da dupla.

Os artistas, que estavam dançando na hora da explosão, se assustaram muito com o barulho.

“Nós vamos embora se continuar desse jeito. Isso aqui machuca para c****o. Vamos ter respeito pelas pessoas”, disparou Cristiano.

E continuou: “Estou aqui trabalhando com todo o respeito à população de Três Lagoas e vem um otário fazer graça aqui? Fica na sua casa, onde você deveria estar sozinho”.

Zé Neto também desaprovou a ação perigosa. “Se você for homem você vai vir aqui atrás conversar com a gente. Vem aqui em cima do palco”, acrescentou.

De acordo com os organizadores do show, o suposto autor do ataque não foi localizado. Além disso, eles deixaram claro suspeitar que o estrondo veio, na verdade, dos próprios equipamentos da banda.

Noticias ao Minuto

Em luta contra câncer, Marcelo Rezende assume namoro

O namoro era mantido pelos dois de forma discreta, mas Luciana passou a ficar em evidência por acompanhar o namorado em seus tratamentos.

Enfrentando um tratamento contra o câncer, Marcelo Rezende se mostra muito espiritualizado e, agora, também mostrou que conta com um apoio extra: o amor.

Segundo informações do colunista Leo Dias, o jornalista de 58 anos namora a carioca Luciana Lacerda, de 51 anos. A moça é separada e mãe de uma menina. Como ele, Luciana se mostra muito otimista, além de falar em Deus. Entre suas hashtags preferidas estão #jávencemos e #juntossomosmaisfortes.

O namoro era mantido pelos dois de forma discreta, mas Luciana passou a ficar em evidência por acompanhar o namorado em seus tratamentos.

Marcelo abandonou a quimioterapia e agora faz um tratamento alternativo para se livrar da doença.

Noticias ao Minuto

Sertanejo relembra parceria e lamenta morte de compositor Didi Latino: ‘Tragédia’

Humberto, que faz dupla com Ronaldo, disse que vítima ajudou a escrever sucessos como Vendendo Beijo e Romance. Homem foi assassinado no Rio de Janeiro.

O sertanejo Humberto, parceiro de Ronaldo, foi ao velório do compositor D’Stefany Vaquero Lima, de 32 anos, conhecido como Didi Latino, nesta quinta-feira (25) e lamentou a perda do amigo, assassinado no Rio de Janeiro. A vítima, que já trabalhou como empresário de Cristiano Araújo, também já atuou com a dupla. Humberto diz que ainda não tem muitas informações do que aconteceu, mas considerou o fato como uma “tragédia”.

O corpo é velado no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia. “Latino trabalhou comigo no começo do Humberto e Ronaldo, há nove anos, fez uma amizade bacana. Fez muita música comigo e fez parte da nossa carreira até o segundo DVD. Depois saiu e foi trabalhar com o Cristiano, mas a gente sempre esteve junto. Nossa amizade continuou”, disse o cantor.

O compositor escreveu, junto com Ronaldo, sucessos como Vendendo Beijo e Romance. Ele trabalhava como produtor e chegou até ser sócio de Humberto e Ronaldo.

O amigo relatou ainda que conversou com Didi Latino dias antes da morte e que não percebeu nada de diferente. “Falei com ele no final de semana antes dele falecer. Era sobre uma música que tinha mandado para ele mostrar a outros cantores. Não tinha nada diferente. Ele sempre foi um cara do bem, querido por todo mundo. Isso foi realmente uma tragédia. Era um cara super honesto e querido. Nunca mexeu com nada de errado na vida”, completou.

O crime ocorreu na noite de terça-feira (23). Segundo boletim de ocorrência, Didi foi encontrado por policiais militares do RJ na rodovia Rio-Santos, após o túnel de Muriqui, sentido capital, caminhando com as roupas cheias de sangue. Também conforme o documento, o compositor, aparentemente, apresentava quatro perfurações “e não soube descrever o que tinha acontecido, visto que falava palavras sem nexo”.

A família ainda não tem muitas informações sobre o caso. “Nós não sabemos quase nada ainda, a polícia do Rio [de Janeiro] está fazendo a investigação. Ele era uma rapaz sempre bem humorado, de bem com a vida, vivia fazendo brincadeiras. Era uma pessoa muito feliz”, disse a comerciante Lúcia Helena de Lima Rezende, tia da vítima.

Uma prima de Didi, que preferiu não se identificar, disse que ele saiu para negociar a venda de um apartamento antes do homicídio. Segundo ela, o compositor recebeu uma ligação de um possível comprador e teria saído do hotel onde estava hospedado para encontrá-lo.

“A informação que a gente tem é que ele estava ficando em um hotel no Rio de Janeiro, recebeu uma ligação porque tinha colocado um apartamento à venda em Angra dos Reis. Não sabemos se na ida ou na volta ele sofreu esse incidente que tirou a vida dele. A gente também não faz ideia do porquê de tudo isso”, disse.

Investigação

Quando foi localizado, Didi chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a ocorrência, ele portava um passaporte, dois cartões bancários e R$ 500 em espécie.

Responsável por investigar o caso, o delegado Anderson Ribeiro Pinto, titular da 165ª DP de Mangaratiba, informou ao G1, em nota, que os policiais levaram Didi para o Hospital Municipal Victor de Souza Breves, onde ele passou por cirurgia, mas morreu por volta das 23h de terça-feira.

“As investigações estão em andamento na unidade para apurar as circunstâncias e a autoria do crime”, ressaltou o delegado.

Por Sílvio Túlio, G1/GO

Silvio Santos passa mal e deixa programa

O apresentador teve grave crise de labirintite, mas foi atendido por dois médicos e logo retornou ao palco.

Após não conseguir frear o carro e sofrer pequeno acidente, no último dia 11 de maio, Silvio Santos deu mais um susto ao passar mal durante as gravações. Ele estava jogando dinheiro à plateia, como costuma fazer quando está no ar, mas de repente se sentiu mal e gritou “Fabiano!” (diretor do programa). O dono do SBT abaixou a cabeça e pôs as mãos nos olhos, e logo a produção entrou e o retirou do palco, de acordo com o TV Foco.

O apresentador foi para o camarim com uma crise brava de labirintite. Por lá, já o estavam esperando dois amigos médicos, que lhe atenderam. Silvio comeu alguma coisa e foi medicado.

Passados 40 minutos, com todo mundo achando que as gravações tinham sido canceladas, Silvio volta para o palco. Liminha pergunta se ele havia melhorado e Silvio nem dá atenção.  Em seguida, pergunta onde tinha parado, e continua normalmente com as atrações, jogando seus aviõezinhos.

A assessoria de imprensa do SBT, no entanto, procurou o TV Foco e desmentiu tal informação. Segundo a assessoria, neste dia somente Helen Ganzarolli passou mal e Silvio Santos parou o programa para ver quem entraria no lugar da morena na gravação do Jogo dos Pontinhos. Ainda segundo comunicado, para crises de labirintite recomenda-se dias de repouso, o que não foi o caso em relação ao animador.

Noticias ao Minuto

Internado, Marcelo Rezende pode estar com câncer, diz jornalista

Em entrevista que gravou para o programa, o apresentador deverá fazer um “depoimento emocionado sobre o grande desafio que ele enfrenta agora”.

Internado no Hospital Albert Einstein, São Paulo, desde a última segunda-feira (8), Marcelo Rezende enfrenta um grande desafio na sua vida, relacionado à sua saúde.

O jornalista Daniel Castro, divulgou, inclusive, que boatos dentro da Rede Record dão conta que o apresentador pode estar com câncer. Há quem acredite que a doença atingiu o estômago ou intestino do apresentador.

Em entrevista que gravou para o seu programa, o apresentador deverá fazer um “depoimento emocionado sobre o grande desafio que ele enfrenta agora, o maior de sua vida”.

Nenhuma pessoa ligada a Rezende se pronunciou sobre o assunto e são poucas as pessoas que conseguem conversar com o jornalista. Oficialmente, a Record também não comentou ainda sobre o estado de saúde do seu contratado.

Noticias ao Minuto