Polícia confirma 76 mortos em avião da Chapecoense

A polícia colombiana confirmou que 76 pessoas que estavam a bordo do avião que levava o time da Chapecoense morreram no acidente ocorrido nesta madrugada (29). As informações são da agência Ansa.

O avião que levava o time da Chapecoense sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29), na Colômbia, com 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros e nove tripulantes.

Entre as pessoas que estavam na aeronave, havia jogadores, dirigentes esportivos e jornalistas. O avião era um British Aerospace 146, gerenciado pela companhia boliviana Lamia.

Ele teria desaparecido do radar e feito um pouso forçado, devido a uma falha elétrica, em Cerro Gordo, nas proximidades da cidade de La Unión. Fontes locais dizem que a aeronave estava a apenas cinco minutos de voo do aeroporto mais próximo, mas o piloto decidiu arriscar o pouso antes.

Ele teria, inclusive, esvaziado os tanques de combustível para evitar uma explosão. O avião, que havia decolado de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, tinha como destino final o município colombiano de Medellín, onde a Chapecoense disputaria as finais da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, amanhã à noite.(fonte agência brasil)

Reis do Gado: sete investigados são presos e um está foragido

Entre os presos está Júnior Miranda (irmão de Marcelo Miranda).
Pai de Miranda prestou depoimento por 15h e foi liberado.

Sete investigados na operação Reis do Gado foram presos temporariamente após prestarem depoimento nesta segunda-feira (28). Um oitavo suspeito que tem mandado de prisão é considerado foragido, a polícia não divulgou o nome dele. O pai do governador Marcelo Miranda (PMDB), Brito Miranda foi liberado após prestar depoimento por 15h.  A operação Reis do Gado investiga corrupção e lavagem de dinheiro no Tocantins entre os anos de 2005 e 2012. Além disso, identificou que R$ 200 milhões foram lavados. O governador Marcelo Miranda é um dos alvos da investigação. 

Após prestarem depoimento na sede Justiça Federal, em Palmas, os sete presos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) e em seguida para a Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecem temporariamente presos.

Os sete presos são: Júnior Miranda (irmão de Marcelo Miranda), Alex Peixoto do Santos (empresário), Sérgio Leão (secretário de infraestrutura), Alex Câmara (empresário), Alaor Junqueira (contador), José Miguel Peixoto (empresário) e Carlos Mudin. O oitavo investigado está foragido.

Marcelo Miranda prestou depoimento por quatro horas na tarde desta segunda-feira e foi liberado.

O ex-governador Siqueira Campos foi conduzido coercitivamente. O chefe da Delegacia de Repressão e Combate ao Crime Organizado, Cleyber Malta, explicou que ele foi levado para prestar depoimento porque foi verificado que algumas empresas que estabeleceram contratos em 1998, na gestão dele, para a construção de pontes, permaneceram executando serviços em várias gestões.

Operação
São oito mandados de prisão temporária, 24 de condução coercitiva e 76 de busca e apreensão nas cidades de Palmas e Araguaína (TO), Goiânia (GO), Brasília (DF), Caraguatatuba (SP), e nos municípios de Canaã dos Carajás, Redenção, Santa Maria, São Félix do Xingu, no Pará. Segundo a PF, os mandados foram expedidos pelo STJ.

Sete são presos pela PF  (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Sete são presos pela PF na operação Reis do Gado (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Lavagem de dinheiro
O superintendente da PF disse que a suposta lavagem era feita, ora pela compra e venda de gado, ora pela compra e venda de fazendas. Uma das fazendas compradas no Pará teria sido registrada por R$ 20 mil, sendo que o valor da propriedade chegava a R$ 40 milhões. A polícia investiga se houve a partipação de cartorários no registro do imóvel. A PF disse que a lavagem envolve outros bens como aeronaves, carros e salas comerciais.

Vieira informou ainda que a associação era organizada e até registrada em cartório.
“O que nos chamou atenção é que o grupo criminoso praticamente registrou em cartório a atividade de lavagem. Foi registrada em cartório um distrato de uma sociedade, quando se faz um distrato é porque houve um contrato. Nesse distrato foi feita uma composição onde um dos laranjas se retirava e deixava os bens para pessoas da família do governador”, informou Vieira. Alguns dos laranjas teriam devolvido os bens e o dinheiro sem cobrar nada em troca, complementou.

Marcelo Miranda é alvo da operação Reis do Gado, da Polícia Federal (Foto: Divulgação)
Marcelo Miranda é alvo da operação Reis do Gado, da Polícia Federal (Foto: Divulgação)

Conforme a PF, o caso começou a ser investigado há cerca de um ano. Durante a investigação foi verificado que a família do governador teria o segundo maior rebanho do estado do Pará, totalizando 30 mil cabeças de gado. A atividade, segundo a polícia, era usada para mascarar a origem de outros recursos.

Dos R$ 200 milhões que teriam sido lavados, “R$ 60 milhões eram em dinheiro que circulavam na conta de terceiros e ao final, parte dos valores teria voltado para posse da família do governador”, explicou Malta.

Todos os bens de Marcelo Miranda, do pai e de um um dos irmãos foram bloqueados. Além disso, serão investigadas as prestações de conta no Imposto de Renda de todos eles. Segundo a PF, os registros declarados estão em desacordo com o que foi movimentado em conta.

O valor de R$ 200 milhões foi detectado no processo de lavagem, mas o dinheiro das contratações supera esse valor.”A partir do estabelecimento dos contratos das pontes, percebemos que o grupo permaneceu e apenas alternou-se em relação aos diversos governadores que iriam passando. Havia sempre uma tentativa de composição destas empresas com os governadores para que permanecessem fazendo obras e pagamento de propina para a manutenção destes contratos. A propina era paga tanto para o recebimento das obras, quanto em forma de doação de campanha”, explicou Malta.(fonte:g1/to)

Governador do TO é alvo de operação da PF contra lavagem de dinheiro

Ao todo, 108 mandados são cumpridos em Palmas e outras cidades.
PF disse que identificou R$ 200 milhões efetivamente lavados.

A Polícia Federal realiza a Operação Reis do Gado nesta segunda-feira (28) contra corrupção e lavagem de dinheiro. Ao todo estão sendo cumpridos 108 mandados em Palmas e outras cidades. Um dos alvos é o governador Marcelo Miranda (PMDB). Conforme a PF, as autoridades identificaram, até o momento, um montante de mais de R$ 200 milhões efetivamente lavados.

O G1 tentou contato com a assessoria de comunicação de Marcelo Miranda, mas os telefonemas não foram atendidos.

A PF informou que o objetivo é desarticular uma organização criminosa que atuava no estado praticando crimes contra a administração pública e promovendo a lavagem de dinheiro por meio da dissimulação e ocultação dos lucros ilícitos no patrimônio de membros da família do governador do Tocantins.

Secretário é levado para sede da Polícia da Federal (Foto: Maykon Paiva/TV Anhanguera)
Secretário é levado para sede da Polícia da Federal (Foto: Maykon Paiva/TV Anhanguera)

Policiais foram até a casa do governador Marcelo Miranda (PMDB) na quadra 404 Sul para cumprir mandados, mas ele não estava na residência. Um chaveiro foi chamado para abrir a porta. A polícia cumpre mandados também na casa do pai e de irmãos de Miranda. Outro alvo é o secretário de infraestrutura, Sérgio Leão, que teve foi levado para sede da PF e deve ser preso em seguida. Além do ex-governador Siqueira Campos, contra quem existe um mandado de condução coertiva – quando alguém é levado para a delegacia para prestar depoimento.

Segundo a PF, os mandados foram expedidos pelo STJ, sendo oito mandados de prisão temporária, 24 de condução coercitiva e 76 de busca e apreensão nas cidades de Palmas e Araguaína (TO), Goiânia (GO), Brasília (DF), Caraguatatuba (SP), e nos municípios de Canãa dos Carajás, Redenção, Santa Maria, São Felix do Xingu, no Pará.

Esquema
A PF informou que a investigação apontou um esquema de fraudes em contratos de licitações públicas com empresas de parentes e pessoas de confiança do governador. A ocultação do dinheiro desviado seria feita por meio de transações imobiliárias fraudulentas, contratos de gaveta e manobras fiscais ilegais, como a compra de fazenda e de gado. A polícia informou ainda que parte do valor foi destinado a formação de caixa dois para campanhas realizadas no estado.

Algumas transações financeiras chamou a atenção dos investigadores. A polícia informou que em um dos casos foi identificada um contrato de compra de gado cujo volume não caberia na propriedade onde deveria estar o rebanho. Essa técnica foi apelidada pelos investigadores como “Gados de Papel”.

Segundo a polícia, em outro caso, “um contrato de prestação de serviços entre o governo e uma empresa de transportes aéreos alcançou valores tão exorbitantes que, sendo dimensionadas em horas de voo, obrigariam os aviões a serem abastecidos no ar para que se pudesse suprir o valor integral do contrato”.

Os suspeitos devem responder pelos crimes de lavagem de dinheiro, peculato, corrupção passiva e fraudes à licitação.

Fonte:g1/to

PF cumpre mandados durante operação em Palmas (Foto: Ana Paula Rehbein/TV Anhanguera)
PF cumpre mandados durante operação em Palmas (Foto: Ana Paula Rehbein/TV Anhanguera)

Cuba inicia funeral de Fidel Castro nesta segunda-feira

No início, as cinzas do líder morto aos 90 anos ficarão expostas por dois dias

A partir desta segunda-feira (28) inicia-se em Cuba o ritual de despedida do comandante Fidel Castro, morto no último sábado, aos 90 anos. O povo terá ao todo 9 dias para se despedir do líder da revolução cubana.

De acordo com a publicação do portal G1, as cinzas de Fidel vão ficar no memorial José Martí, em Havana, até terça-feira e depois vão percorrer todo o país na “Caravana da Liberdade” até Santiago de Cuba, berço da Revolução Cubana. No domingo, dia 4 de dezembro, as cinzas serão enterradas em uma cerimônia no maior cemitério da cidade.

Será um trajeto de 1.000 km até Santiago de Cuba, onde está previsto um “ato maciço” na praça Antonio Maceo. O sepultamento ocorrerá no dia 4 de dezembro às 07h locais (10h de Brasília). Também está previsto um ato popular convocado pelo governo na Praça da Revolução em Havana, nesta terça-feira.(fonte:noticias ao minuto)

Empresária de Morrinhos morre após passar por cirurgias plásticas em Goiânia

Michelle Souza, de 30 anos, passou mal pouco depois dos procedimentos e morreu menos de 36 horas depois

Uma empresária morreu na madrugada deste domingo (27), em Goiânia, após passar por procedimentos estéticos em uma clínica da capital. Michelle de Souza Pires, de 30 anos, passou mal após ser submetida a uma abdominoplastia e a uma lipoaspiração, e veio a óbito menos de 36 horas depois das cirurgias.

Lucas Paulo Pires da Silva, ex-cunhado da vítima, revela que ela saiu de Morrinhos, onde residia, especialmente para os procedimentos. Ela convenceu a mãe a apoiá-la nessa iniciativa, que era um de seus sonhos. “Ela chegou a Goiânia na quinta-feira (24) e ficou hospedada na casa da minha mãe. Na sexta (25), por volta das 11h, elas saíram para o hospital”, conta Lucas.

Os procedimentos terminaram por volta das 20h do mesmo dia. Porém, a empresária permaneceu internada até as 13h de sábado (26), quando voltou para a casa da ex-sogra.

Poucas horas depois, Michelle começou a passar mal. Segundo o ex-cunhado, ela sentia náuseas e tontura, apesar de não demonstrar sentir dor. Diante do quadro, a mãe e a tia dele tentaram contato com o Hospital Buriti, onde os procedimentos foram realizados, e também com o Samu, mas não tiveram sucesso com nenhum.

O quadro de Michelle não melhorou nas horas seguintes. Apesar de receber os cuidados da família, os sintomas não desapareceram, até que, às 5h deste domingo, ela perdeu a consciência.

“Minha mãe chamou o Corpo de Bombeiros e ficou cerca de 15 minutos fazendo massagem cardíaca nela, mas não resolveu”, conta Lucas Paulo. “Depois que os bombeiros chegaram, tentaram reanimá-la por uma hora, mas não conseguiram”, relata emocionado.

O corpo da empresária foi mantida na residência até a chegada da Polícia Científica e do Instituto Médico Legal (IML), para a realização dos devidos procedimentos. No boletim de ocorrência do caso, registrado na Central de Flagrantes, consta que a causa da morte está a esclarecer.

A suspeita dos familiares é de negligência médica, já que os bombeiros indicaram que pode ter havido edema pulmonar. “Ela devia ter ficado internada por mais tempo”, diz Lucas. Apesar disso, eles aguardam a conclusão do laudo para definirem que medidas tomar.

O Mais Goiás tentou contato com o Hospital Buriti, porém a reportagem foi informada que as pessoas que poderiam responder sobre o caso só estarão no local na segunda-feira (28).

Michelle deixa dois filhos, de 4 e 10 anos. O corpo ainda não foi liberado pelo IML e será enterrado em Morrinhos.(fonte:mais goiás noticias)

“Sou um homem-bomba e posso derrubar muita gente poderosa”, diz Garotinho em entrevista

roberto-cabrini-entrevista-anthony-garotinhoO programa “Conexão Repórter”, apresentado por Roberto Cabrini no SBT, traz neste domingo uma entrevista exclusiva com o ex-Governador do Rio, Anthony Garotinho.

Trata-se da sua primeira entrevista após nove dias de prisão. Ele fala sobre o período tumultuado entre o Complexo Penitenciário de Bangu, dois hospitais e sua própria residência.

“Sou um homem-bomba e posso derrubar muita gente poderosa”, ameaça Garotinho. Sobre sua prisão, declarou durante a gravação que não pretende fazer julgamento do juiz que a decretou, “mas ele vai responder pelo que fez. Eu sei quem é que está por trás disso”.

O jornalista também conversou com a esposa de Garotinho, dona Rosinha, que temeu pela vida dele na prisão: “Tive medo porque ele sabe muito e eu não quero acreditar que tenha sido intencional, a ida dele para lá”.

Garotinho foi preso no último dia 16, suspeito de usar o programa social Cheque Cidadão para comprar votos nas eleições de Campos dos Goytacazes.

No mesmo dia em que foi preso, passou mal e acabou internado no Hospital Municipal Souza Aguiar. Um dia depois foi encaminhado para o hospital penal do Complexo Penitenciário de Bangu.

No dia 19, a ministra do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Luciana Lóssio determinou sua transferência para um hospital privado, atendendo pedido da defesa dele. Ao receber alta, na terça-feira, o ex-governador seguiu para prisão domiciliar e cumpriu a pena em seu apartamento no bairro do Flamengo.

No dia 24, teve sua prisão revogada pelo TSE, por seis votos a um, mas a decisão impôs medidas cautelares que, se descumpridas, poderão levar Garotinho de volta ao regime prisional. Uma delas, o pagamento de uma fiança de R$ 88 mil.(fonte:portal benicio)

Fidel Castro morre aos 90 anos

O ex-presidente cubano Fidel Castro, um dos mais importantes líderes mundiais, morreu na noite desta sexta-feira aos 90 anos. Seu irmão mais novo e atual presidente, Raúl Castro, anunciou a morte em um anúncio oficial na TV estatal.

O comandante-em-chefe da revolução cubana morreu às 22h29 desta noite (01h29 de sábado em Brasília)”, disse o presidente, que terminou o anúncio gritando o slogan: “Até a vitória, sempre”.

O governo cubano decretou sete dias de luto nacional.

Nas quase cinco décadas em que esteve à frente do governo de Cuba, Fidel Castro viu dez presidentes americanos se revezarem na Casa Branca. Inimigo declarado de todos eles, o líder comunista fez de sua ilha uma base de resistência ao poder dos Estados Unidos, que nunca conseguiram dobrar o regime incômodo a apenas 144 quilômetros de seu território.

Nascido em uma família de latifundiários, em 1926, o jovem advogado se tornou líder revolucionário, dirigente comunista e terminou seus dias em uma casa confortável em Havana, opinando sobre os mais diferentes temas, na coluna que mantinha no jornal Granma.

Durante este período, sofreu várias tentativas de assassinato, foi acusado de violar direitos humanos, viu sua principal aliada, a União Soviética, entrar em colapso. Reconheceu, ao fim, erros na condução da economia cubana, que só sobreviveu nos últimos tempos graças ao apoio de outro amigo, o venezuelano Hugo Chávez, morto em março de 2013.

Para os Estados Unidos, Fidel sempre foi uma lembrança constante e incômoda das idéias comunistas que, apesar de praticamente abandonadas no resto do mundo, permaneceram vivas na ilha vizinha. Para setores da esquerda mundial, tornou-se um símbolo de resistência.

Revolução

Fidel Castro liderou uma invasão ao quartel de Moncada, em Santiago de Cuba, no dia 26 de julho de 1953. Apesar de fracassada, a iniciativa marcou o começo da revolução que acabaria levando-o ao poder.

Depois de breve período preso, Fidel foi anistiado e se exilou no México, onde organizou uma expedição que voltou a Cuba.

Ao lado do argentino Ernesto “Che” Guevara, que conheceu durante o exílio, o jovem cubano montou uma campanha de guerrilha a partir de sua base, na Serra Maestra.

Em 1959, Fulgêncio Batista deixou o país e Fidel estabeleceu um novo governo que prometia devolver a propriedade da terra aos agricultores e defender o direito dos pobres.

Fidel comunista

Desde o começo, Fidel insistiu que sua ideologia era, acima de tudo, cubana. “Não há comunismo nem marxismo em nossas ideias, só democracia representativa e justiça social”, dizia.

Criticado pelos Estados Unidos pela nacionalização de empresas de americanos, foi alvo do embargo comercial que vigora até hoje.

Fidel disse que assim foi empurrado para os braços da União Soviética, liderada por Nikita Kruchev. Com o novo aliado, Cuba virou mais um campo de batalha da Guerra Fria.

Os Estados Unidos tentaram derrubar o governo de Fidel em abril de 1961, apoiando um grupo de exilados cubanos em uma desastrosa invasão à praia de Girón, na baía dos Porcos.

A CIA, central de inteligência americana, foi acusada pelo líder cubano de tentar assassiná-lo várias vezes, inclusive com um charuto explosivo.

Em 1962, aviões de reconhecimento dos Estados Unidos detectaram um carregamento de mísseis soviéticos rumo a Cuba, criando um impasse entre o presidente americano, John F. Kennedy, e Kruchev.

Depois de 13 dias de impasse, os soviéticos desistiram de instalar mísseis com potencial nuclear em Cuba, em troca de uma promessa secreta americana de retirar suas armas da Turquia.

Colapso soviético

Cuba “exportou” a sua revolução para outras partes do mundo na forma do apoio às guerrilhas marxistas em Angola e Moçambique. Sob embargo econômico dos Estados Unidos, recebeu, em todo o tempo, ajuda soviética.

O colapso da União Soviética, em 1991, foi um duro golpe na economia cubana, apoiada na cooperação com o antigo regime comunista.

A crise na qual o país mergulhou fez milhares de cubanos se lançarem ao mar em embarcações precárias nos anos 1990, na esperança de chegar a Miami.

O caso do menino Elián González ganhou as manchetes do mundo inteiro. Ele perdeu a mãe em uma viagem perigosa e, depois de uma longa batalha legal entre parentes em Miami e o pai, que morava em Cuba, foi levado de volta para a ilha.

Entre os bons resultados domésticos de Fidel Castro estão o serviço de saúde cubano, considerado um dos melhores da região, e o baixo índice de mortalidade infantil, comparável ao dos países mais desenvolvidos.

O governo de Fidel, no entanto, foi acusado por organismos internacionais de perseguição política contra os opositores do regime e de violações dos direitos humanos.

Aposentadoria

Nos últimos anos, Fidel deu sinais de que teria moderado suas posições. Em 1998, recebeu no país o papa João Paulo 2º.

Após anos de grave crise social, o regime voltou a ganhar fôlego na virada do milênio, com os generosos acordos de cooperação fechados com a Venezuela do presidente Hugo Chávez, grande admirador de Fidel.

Em 31 de julho de 2006, Fidel surpreendeu o mundo ao deixar temporariamente o poder por motivos de saúde.

Por meses, sua saúde foi segredo de Estado, com rumores sobre sua morte. Em fevereiro de 2008, a Assembleia Nacional de Cuba aprovou a aposentadoria de Fidel, que oficialmente passou o poder ao irmão, Raúl Castro.

Fidel trocou o traje militar por roupas casuais. Continuou a provocar polêmica com suas opiniões sobre assuntos mais variados, publicados em uma coluna no jornal Granma.

Nesse tempo, recebeu várias celebridades políticas em sua casa, como o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva. Em 2011, foi visitado pelo ex-presidente americano Jimmy Carter. Hugo Chávez sempre foi uma visita frequente.

Em setembro de 2010, em uma entrevista à revista The Atlantic, Fidel reconheceu que o modelo cubano já não funcionava. No período, seu irmão, Raúl, já esboçava uma série de reformas econômicas, aprovadas posteriormente.

Diferentemente dos países do leste europeu, cujos governos ruíram após o colapso da União Soviética, Fidel conseguiu manter Cuba sob o regime comunista até sua morte. Apesar da transferência de poder ao irmão, Raúl, a saída de cena de Fidel volta a jogar incertezas sobre o futuro da ilha.(fonte:bbc noticias)

Churrascaria do cantor Marrone em Goiânia é interditada pela Vigilância Sanitária

O restaurante Peixinho, no Setor Marista, também foi fechado após fiscalização

A churrascaria Favo de Mel, de propriedade do cantor Marrone, da dupla com Bruno, foi interditada pela Vigilância Sanitária nesta sexta-feira (25). Segundo a coordenadora de fiscalização de alimentos da Vigilância Sanitária de Goiânia, Tânia Agostinho, no estabelecimento, localizado no Setor Sul, foram constatadas diversas irregularidades. A churrascaria sequer possui alvará de funcionamento desde sua inauguração, em novembro de 2015.

Tânia relatou ao Mais Goiás que a fiscalização teve início nesta quinta-feira (24), mas só foi concluída hoje. “Verificamos que a situação sanitária deles é muito precária, muito ruim, as estruturas físicas não são adequadas”, diz, relatando problemas de iluminação, ventilação e no acondicionamento do lixo. Durante a fiscalização, até mesmo baratas vivas foram vistas pela cozinha da churrascaria.

Na quinta-feira, cerca de 100 quilos de produtos impróprios para o consumo foram apreendidos no local. “Havia sobras, produtos sem identificação ou mal acondicionados, além de alimentos vencidos”, conta Tânia. “O estabelecimento não atende as boas práticas nem tem estrutura física adequada”, resume.

Além do Favo de Mel, outro estabelecimento interditado pela Vigilância Sanitária foi o Peixinho, localizado no Setor Marista. Tradicional na cidade, o restaurante estava, segundo avaliação feita por Tânia, em péssimas condições sanitárias.

“Nós já havíamos intimado eles várias vezes para corrigirem as irregularidades, que são muito sérias. Desta vez tivemos que interditar”, afirma a coordenadora. “Tinha barata para todo lado, esgoto, mal cheiro. Uma situação grave, muito grave mesmo”, ressalta.

A fiscalização no local resultou na apreensão de 96 quilos de produtos impróprios para o consumo. Da mesma forma que no Favo de Mel, eles estavam foram do prazo de validade, mal acondicionados e, alguns, sem identificação.

Agora, para que voltem a funcionar, os estabelecimentos deverão fazer o mínimo das adequações exigidas pela Vigilância Sanitária. Os proprietários dos estabelecimentos também foram multados – o valor será determinado pelo departamento jurídico da Secretaria Municipal de Saúde, de acordo com as infrações registradas.

Procurada pelo Mais Goiás, a gerência do Favo de Mel informou que não vai se manifestar por enquanto. A reportagem tentou contato com o Peixinho, mas as ligações não foram atendidas.(fonte:mais goiás noticias)

Menos de 2% da população doa sangue regularmente, diz Ministério da Saúde

Uma pessoa, um gesto, três vidas salvas. Essa equação simples representa o ato de doar sangue, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). O professor de física Thiago Ferreira Gomes, que doa sangue desde os 18 anos, entende a importância desse gesto. Ontem (24), véspera do Dia Nacional do Doador de Sangue, ele enfrentou a chuva forte que atingiu Brasília para salvar vidas.

“Estou com 25 anos e fiz a primeira doação quando tinha 18. Já tinha idade para doar e achei que era importante poder ajudar as pessoas, poder salvar vidas de uma forma indireta”, disse à Agência Brasil

“Sempre tive vontade de poder fazer algo para as pessoas. Como não me formei na área da saúde, não tem nada a ver com a minha profissão, pensei: vou fazer isso [ajudar as pessoas] pela doação de sangue”, acrescentou Gomes.

Hoje (25), Thiago e todos aqueles que deixam por alguns instantes de pensar apenas em si para ajudar o próximo têm o dia dedicado dedicado a eles. Em todo o país, os hemocentros prepararam atividades para homenagens os doadores. Essa homenagem é um reconhecimento, mas também uma forma de incentivar mais pessoas a doarem sangue porque os estoques, segundo o Ministério da Saúde, estão no limite.

No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue com regularidade. O percentual fica um pouco abaixo do ideal estimado pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), de 2% da população, como necessário para suprir as necessidades de sangue e outros componentes sanguíneos de um país. Em média, os países da América Latina e do Caribe coletam sangue equivalente a 1,5% de sua população. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que, pelo menos, 1% da população seja doadora de sangue.

De acordo com o Ministério da Saúde, no ano passado cerca de 1 milhão de pessoas doaram sangue pela primeira vez, o que representa 38% do total das doações. Mais 1,6 milhão de pessoas, ou 62% do total, retornaram para doar. Em 2015, foram feitas 3,7 milhões de coletas de bolsa de sangue no país, resultando em 3,3 milhões de transfusões.

Apesar desses número, os serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Hemorrede Pública Nacional encontram-se com os estoques no limite e com dificuldade na manutenção dos estoques estratégicos. Por isso, é importante a conscientização sobre a importância da doação.

Para doar no Brasil é preciso ter idade entre 16 e 69 anos. Para os menores (entre 16 e 18 anos) é necessário o consentimento dos responsáveis. Entre 60 e 69 anos, a pessoa só poderá doar se já tiver feito alguma doação antes dos 60. Também é preciso pesar no mínimo 50 quilos e estar em bom estado de saúde.

Além disso, o doador tem que estar descansado, não ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à doação, não fumar e não estar em jejum. No dia da doação, é imprescindível levar documento de identidade com foto. No Brasil, a doação é voluntária e beneficia qualquer pessoa, independentemente de parentesco.

De acordo com o Ministério da Saúde, 32 hemocentros coordenam os 530 serviços de coleta distribuídos por todo o país.(fonte:agência brasil)

Jovem pede para morrer no Facebook e sofre acidente fatal logo depois

Adolescente de 15 anos seguia na garupa de motocicleta quando veículo bateu em ônibus

Uma adolescente de 15 anos postou em seu perfil em uma rede social que queria morrer e, duas horas depois, sofreu um acidente de trânsito, na noite desta quarta-feira (23), e não resistiu aos ferimentos.

O caso ocorreu na cidade de São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal, no Rio Grande do Norte.

“Eu Queria Morrer Man” (SIC), escreveu Larissa Beatriz Dionísio de Morais.

Ela estava com um homem em uma motocicleta quando perderam o controle do veículo e colidiram contra um ônibus.

Segundo a Polícia Militar, ela morreu na hora. Já o homem sofreu ferimentos leves. As informações são do G1.

No Facebook, dezenas de amigos se solidarizaram com a família e postaram mensagens lamentando a morte.

Muitas, inclusive, referindo-se à postagem feita momentos antes. “Você pediu e #Deus te ouviu!! Não temas pois sabemos que estas ao lado do pai… Que Deus há tenha!!” (SIC), disse um amigo.

“As pessoas não fazem idéia do quanto as palavras tem poder…!!! #descanse_em_paz #eterna_saudades” (SIC), postou outro.(fonte:notícias ao minuto)