Em Palmeirópolis o Projeto ‘Praticar é Divertido’ incentiva atividades físicas

O Projeto é aberto ao público de todas as faixas etárias.

Deu continuidade essa semana em Palmeirópolis o Projeto ‘Praticar é Divertido’ que é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o Núcleo de Apoio a Família (NASF), e Academia da Saúde. O projeto estava parado há alguns dias por falta de profissional, mas voltou as atividades normais, afim de promover saúde aos participantes através de exercícios físicos.

Diversos profissionais da saúde como a enfermeira Mara Layane Alves, a fisioterapeuta Juliana Correia, e os profissionais de Educação Física Richart Barbosa, Ítalo Magalhães atuam no grupo.

De acordo com Richart, para participar precisa de alguns requisitos básicos como a realização de exames físicos assinado pelo médico; eletrocardiograma, lipidograma e o hemograma completo. O cartão de saúde precisa estar em dia. Tudo isso para proteger os participantes de forma correta, evitando qualquer tipo de problema.

Richart Barbosa relata ainda que os exames físicos e o eletrocardiograma serão ofertados pela Unidade Básica de Saúde para todos participantes.

Já o hemograma e o lipidograma vão ser ofertados somente para pessoas de baixa renda, aqueles que não tem condições de pagar. Depois de prontos serão anexados nas fichas de cada participante.

“Iremos trabalhar nas avaliações físicas, índice de massa corporal, (IMC), peso, altura, percentual de gordura atual, e a cada três meses, reavaliaremos cada indivíduo para identificarmos o que melhorou, e o que precisa ser mudado”, disse Richart.

Ele frisou que o público alvo é bem diversificado, “temos muitas meninas novas, e pessoas da terceira idade, um público bastante variado”,

As aulas estão acontecendo no Centro Poliesportivo de Palmeirópolis, segunda, quarta e sextas-feiras, das 18h às 19 horas.  E nas terças-feiras e quintas no ginásio da Vila Bom Tempo das 17:30 às 18: 30.

”Os exercícios vão ser bem selecionados, temos o funcional hit, juntamente com a dança, no objetivo de trabalhar a questão muscular dos participantes, e a parte cardiorrespiratória. Tudo bem diversificado e prazeroso de fazer”, disse o professor Ítalo Magalhães.

Da redação/Edilson Gonçalves

Em Palmeirópolis: Cesar Halum, Irajá Abreu, Carlos Gaguim e Ricardo Aires são recebidos com apoios

O evento, que ocorreu na noite desta quarta-feira, 19, reuniu mais de mil pessoas e foi organizado pelo prefeito, Fábio Vaz e sua equipe. 

O prefeito de Palmeirópolis, Fabio Vaz, primeira dama Ana Paula, juntamente com a vice Josemir Bastos, vereadores, empresários, servidores e a comunidade em geral, receberam na noite desta quinta-feira, 19, a visita do deputado federal e candidato à reeleição Carlos Henrique Gaguim, estadual Ricardo Aires, deputado federal e candidato ao senado Cesar Halum. O evento aconteceu na residência do prefeito Fabio Vaz, a partir das 8 horas da noite.

O prefeito Fábio Vaz disse que os parlamentares sempre tiveram uma relação boa com a cidade e que este é o momento de a população retribuir. “César e Gaguim são pessoas queridas, sempre nos apoiou trazendo recursos, agora precisamos retribuir essa dívida de trabalho que eles tem conosco, pois teremos muito mais oportunidade com eles no Senado Federal e também Câmara dos deputados”, disse o prefeito.  Falando do deputado Ricardo Aires e Irajá Abreu o prefeito falou do respeito e cuidado que eles têm tido com Palmeirópolis. 

O candidato a senador César Halum (PRB) falou sobre o projeto de lei de sua autoria que regulamentou o uso e a produção de medicamento veterinário genérico e sobre o projeto que extingue a cobrança do imposto de renda sob o abano de férias e o 13º do trabalhador brasileiro.

 

“Hoje é lei, o medicamento genérico está no mercado e o produtor rural tem condições de comprar o remédio mais barato. Já o projeto que isenta o trabalhador de pagar o imposto de renda sobre o abono de férias e o 13° está na última comissão, na Câmara Federal. Com certeza vamos conseguir aprovar essa lei e garantir mais um direito ao trabalhador brasileiro”, confia César Halum, candidato pela coligação “Governo de Atitude”.

Um dos campeões de emendas parlamentares para a saúde do município, destinando cerca de 354.173,00, para custeio e manutenção de UBS em Palmeirópolis, Gaguim também prometeu que vai melhorar o piso salarial dos professores, para ele a educação e a valorização dos professores são prioridades em seu mandato. Aos empresários afirmou que vai correr atrás do edital da CPRM para sair da promessa e gerar emprego e renda para a região. Gaguim recebeu total apoio da Câmara Municipal e do prefeito Fábio Vaz.

O deputado Ricardo Aires é bem conhecido na cidade sempre atuante no município e amigo intimo do prefeito Fábio Vaz, um homem simples de trabalhar.

Estiveram presentes no evento Sergio Vieira Marques Soró de Gurupi, representando o governador Mauro Carlesse, prefeito de Jaú do Tocantins, Onassys Moreira, e várias lideranças políticas.

Da redação

Associação Esportiva Social e Cultural “Talentos do Amanhã” (CAESTA) é destaque no Futsal feminino em Palmeirópolis

Por 9 a 2, equipe feminina de Palmeirópolis consagrou-se campeã do torneio de futsal na cidade de Campos Belos-Goiás.

No último final de semana 15 e 16 de setembro, aconteceu o torneio de futsal feminino na cidade de Campos Belos noroeste de Goiás. Os jogos foram bastante disputados, e contou com a participação de 20 equipes de alto nível, dentre elas, times do entorno de Brasília. 

A equipe de Palmeirópolis (CAESTA) não tomou conhecimento das adversárias, mas experiente nesse tipo de torneio, ela (Denise Lopes), fez com que as meninas não se intimidassem durante os dois dias de competição.

A final foi entre CAESTA de Palmeirópolis e Arsenal de Campos Belos. O time local mesmo tendo a TORCIDA a seu favor perdeu de 9 a 2.

Dos nove (9) gols, quatro (4) partiu da atleta Tauanna.

 

A premiação para o time Campeão foi 2.500 reais para o 1º lugar, e segundo lugar 500 reais.

A treinadora Denise Lopes disse que a turma é unida e forte, “nosso grupo é forte, e sabemos da responsabilidade de representar nossa cidade”.

A equipe iniciou os trabalhos em abril de 2017, e já disputaram vários campeonatos na região, como a liga do Norte Goiano de Futsal, que teve a duração de três meses.

“Todo ano nós participamos e temos muito orgulho de representar nossa cidade fora do estado. Hoje nossa equipe é limitada e conta com 12 atletas”, explica Denise.

De acordo com a treinadora, as participantes precisam estar com boas notas na escola e ter um bom comportamento familiar, “nosso trabalho é social e esportivo, visa principalmente a disciplina e o bem-estar das participantes”, enfatizou.

Ela relata que a prefeitura é parceira do esporte, ajuda nos transportes, mesmo assim precisam de patrocinadores que invistam no time. Enquanto isso não acontece, vendem alimentos na feira e no leilão para arrecadar dinheiro.

A Associação Esportiva Social e Cultural Talentos do Manhã (CAESTA) tem como presidente “Araceli Costa”, que mora nos Estados Unidos, ela hoje é a principal financiadora da equipe feminina.

A treinadora e vice-presidente do time Denise Lopes, juntamente com Araceli Costa afirmaram emocionadas que tem orgulho desse trabalho, elas entendem que o espaço das mulheres no futsal tem sido maior a cada ano, “o nosso objetivo é ampliar ainda mais a participação do feminino em nossa cidade e oportunizar os talentos da região. Temos a atleta Pâmela de 18 anos, com atuações em equipes de Gurupi e Paraíso do Tocantins, Pâmela já disputou o Campeonato brasileiro em Minas Gerais. É uma joia rara, uma promessa do futuro”, disse Denise.

Os treinos acontecem no Centro Poliesportivo de Palmeirópolis na segunda e quintas-feiras, das 7 às 8 da noite. 

Juntamente com Denise Lopes, o jornal Mapa da Notícia agradece o apoio das empresas patrocinadoras:

Distribuidora de bebidas do Baião, Leilo-Palmas Leilões, (compradores e vendedores de gado), Trevo Leilões, comercio de Palmeirópolis, feirinha do Produtor Rural, Adriano Diniz Maldissera e prefeito Fábio Vaz e prefeitura Municipal de Palmeirópolis.

Se alguém ou alguma empresa quiser participar patrocinando, falar com Denise Lopes.

Por Edilson Gonçalves/reporter esportivo

Veja mais fotos

 

   f

Fotos divulgação

Prefeitura de Palmeirópolis oferece esporte gratuito para crianças do município

Em Palmeirópolis: Além da música, o Projeto Rede do Bem vem sendo destaque no gramado e ginásio de esporte.

“Craque na bola, craque na escola”, afirmou o secretário de esporte de Palmeirópolis Wagner Telles.

Educação aliada ao esporte. Este é o objetivo da Prefeitura Municipal de Palmeirópolis com o Projeto Rede do Bem. O público-alvo é formado por estudantes da rede municipal e estadual de ensino ter oportunidade de participar das modalidades oferecidas como: futsal, futebol de campo, basquete e vôlei. As aulas são gratuitas.

Coordenado pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer o esporte em Palmeirópolis tem conquistado muitos adeptos desde a sua implementação.

Hoje o projeto conta com aproximadamente 300 alunos no futebol e futsal e os trabalhos são divididos por categorias durante a semana, com os treinos de segunda a quinta-feira no período a tarde.

Os treinos começam na segunda-feira a partir das 17:15 horas, com o sub-10 com alunos de 8 a 11 anos, e as 18:15 horas com o sub-13, alunos de 11-12 e 13 anos.

Na terça-feira às 17:15 horas sub-8, alunos de 5-6-7 e 8 anos, as  18:15 volta o sub-10, alunos de 8- 9- 10 e 11 anos. Na quarta-feira sub -8 às 17;15 horas, na quinta feira os treinos iniciam-se com sub-13, e finaliza com sub-17.

Já o futsal, os treinos são realizados no ginásio de esportes as terças e quinta-feira a partir das 13:00 horas com os alunos de 9 a 14 anos de idade, o futsal feminino que inclui meninas de 9 a 15 anos.

O secretário de esporte de Palmeirópolis professor Wagner Telles diz que para participar, o aluno terá que está matriculado na escola, e é necessário ter boas notas, portanto se o aluno tiver com falta na escola impede de participar do Projeto Rede do Bem, que inclui também aulas de músicas. As matriculas são feitas no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS).

Wagner Teles entende que o Projeto vem dando certo, “o nosso trabalho visa contribuir no desenvolvimento intelectual e físico das crianças e jovens de Palmeirópolis, criando condições para a melhoria da qualidade de vida e o estimulo ao convívio social e coletivo. Em relação ao nosso trabalho, os treinamentos são pautados nos fundamentos tático, técnico individual e coletivo, visando uma vivencia motora de cada atleta que aqui estão, ”afirmou.

O secretário relata que em Palmeirópolis há vários talentos, dentre eles: Mateus Silva, Pedro Henrique, Heitor Vaz, e outros. “Durante os treinos escolhemos os melhores para jogar, estamos aguardando a confirmação de um amistoso contra Minaçu na próxima semana”, enfatizou.

O estudante Abrahão Henrique de 13 anos, praticante da escolinha de futebol, disse que a disciplina é primordial no esporte. “O professor Wagner é rígido, a primeira coisa que ele observa são as notas e o comportamento na escola, atender ao pré-requisito de ter um bom rendimento escolar”, argumentou sorridente.

Para a secretária de Assistência Social Ana Paula, o programa de esportes é um sucesso graças ao esforço e competência de toda a equipe de gestores e professores. “A procura tem superado as nossas expectativas, não fazemos acepção de pessoas. Ficamos muito felizes com a demanda gerada na comunidade e com a satisfação dos nossos alunos”, comemora Paula.

Grande incentivador do esporte na cidade, o Prefeito Fábio Vaz explicou que, “A intenção é tirar as crianças das ruas e oferecer uma atividade onde elas poderão se exercitar, se ocupar e encontrar quem sabe até grandes sonhos. O esporte é muito mais que um simples exercício. É através dele que se pode aprender princípios, ter disciplina e mudar toda uma história. Quem sabe até revelar grandes talentos. É tudo questão de oportunidade”, disse.

Edilson Gonçalves/reporter esportivo

Falta de manutenção em balsa deixa moradores de Palmeirópolis e Paranã, com dificuldades de atravessar o rio

Por questões de segurança não está sendo transportado veículos de grande porte.

A balsa que faz a travessia do rio Tocantins entre o município de Paranã e Palmeirópolis, na região sudeste do estado continua com problemas. Moradores usam uma canoa motorizada para puxar a balsa e conseguir atravessar.

Ano passado, houve entendimento que o município de Palmeirópolis por ser mais perto estaria assumindo por (22) anos, até o final da concessão a administração da balsa, que era responsabilidade do estado e UHE São Salvador.

Também foi acordado que a ENGIE daria uma balsa nova, toda estruturada, equipada e construir uma casa para o balseiro e na época foi decidido que seria no município de Paranã, a sede precisava ser lá, pois se algum morador necessitasse com urgência dos serviços na cidade como médicos por exemplo, ficava mais fácil, porque quem mora no município de Palmeirópolis o acesso é mais rápido até a cidade.

Todo o processo foi um entendimento mediado pelo Ministério Público Estadual e Federal, submetido pela aprovação da Câmara Municipal de Palmeirópolis com o projeto de lei n.165/2017, onde autorizou o município de Palmeirópolis, firmar termo de cooperação entre Agencia Tocantinenses de Transportes e Obras, município de Paranã e Engie Brasil Energia S.A, com a finalidade especifica de regular a operação e manutenção da balsa de travessia do reservatório da Usina Hidrelétrica de São Salvador.

“Assumimos um serviço que não é do município, mas pela necessidade dos moradores que tem propriedades do outro lado do rio, município de Paranã, que na maioria tem residência em Palmeirópolis, sentimos no dever de atender a comunidade do município vizinho, porque na verdade eles compram, vendem e até moram aqui na cidade, tentamos resolver um problema que se estende há dez (10) anos, desde a época da barragem”, disse o prefeito Fábio Vaz.

Nossa equipe entrou em contato com a ENGIE que nos enviou uma nota de esclarecimento

Veja a nota na íntegra

A ENGIE nunca se negou a buscar soluções para o problema de gestão da balsa. Mas para responder essa questão temos de voltar um pouco ao passado, ou seja, recuperar a história. 

A balsa a motor era condicionante do Plano Básico Ambiental (PBA) da Usina Hidrelétrica São Salvador, vinculado à licença de instalação do empreendimento emitida pelo IBAMA, com o objetivo de aprimorar as condições físicas e de segurança no transporte da população local, já que a balsa com cabos de aço não apresentava a segurança necessária e o trecho do rio havia aumentado. Essa condicionante foi devidamente cumprida com a aquisição e doação da balsa a diesel, tanto que não consta mais como condicionante da licença de operação.

Não foram realizadas manutenções periódicas na balsa por parte da Secretaria de Infraestrutura do Estado de Tocantins, responsável pela balsa e cujo termo de doação foi firmado em 2011.

Não foram poucas as vezes que a balsa parou, e não foram poucas as vezes que a ENGIE interferiu para evitar que ela parasse e a população fosse prejudicada.

Após diversas necessidades de manutenção, a ENGIE foi buscar apoio do Ministério Público Federal para resolver a questão, já que é uma empresa de energia e não pode efetuar o transporte de passageiros nem prestar serviço público de transporte.

Essa atribuição é da Ageto/Dertins, como já era antes da usina existir.

Com esse pedido de intervenção ao MPF, o procurador federal chamou Ageto/Dertins, municípios e a ENGIE para conversar e os municípios decidiram por assumir a operação da balsa, em especial Palmeirópolis.

A Companhia, se propôs a doar uma nova balsa a Palmeirópolis e repassar mensalmente o valor de R$ 15 mil a esse município. Este termo entrará em vigência após a entrega de uma balsa nova pela ENGIE, com o custo de R$ 1 milhão e 100 mil., que deve ocorrer até março de 2019.  

Hoje, a responsabilidade da balsa é da Agência Estadual de Transportes do Tocantins, antiga Dertins, que tem tido o apoio da Empresa e dos municípios para solucionar, definitivamente, o problema.

No entanto, há três semanas a ENGIE foi informada de que a balsa mais uma vez tinha apresentado problemas. A empresa designou um mecânico para reparo, como de outras vezes, e constatou que o problema não era simples, um dano no reversor da balsa. O reversor foi encaminhado para Goiânia, onde foi constatado um dano severo, motivo da demora do componente.

A expectativa de chegada é para o meio da próxima semana. Com esse atraso, a ENGIE disponibilizou uma segunda canoa para auxiliar e aumentar a quantidade de viagens diárias da balsa. Por questões de segurança não está sendo transportado veículos de grande porte.

Hoje nossa responsabilidade é arcar com os custos de combustível e custos do reparo no motor da balsa atual. Com a assinatura do termo de cooperação, assinado em 2017, temos a responsabilidade de repassar a Palmeirópolis uma balsa nova, o que será feito até março de 2019 e repassar mais R$ 15 mil mensais ao município, o que  será feito depois da entrega da balsa nova. Encerra a nota.

Nossa equipe de reportagem tentou contato com Ageto/Dertins, mas até o momento não obtivemos respostas.

VEJA O VÍDEO

Da redação

Prefeito de Palmeirópolis recebe trator do Programa Terra Forte

O trator foi através do Programa Terra Forte do governo do estado.

Na manhã desta sexta-feira 14, o prefeito de Palmeirópolis Fábio Vaz, assinou um convênio referente ao recebimento de um trator agrícola modelo John Deere para agricultura familiar. 

“É difícil definir a importância desse equipamento para o município”, assim reagiu o prefeito Fábio Vaz, ao falar sobre a importância da entrega do trator. “Para um projeto de agricultura, onde as pessoas trabalham, mas não produzem aquilo que poderiam por falta de uma máquina agrícola, certamente vai gerar aumento de produção e melhores condições, colaborando com os nossos produtores “, acrescentou.

O convênio foi a partir de recursos de Emenda de Bancada, por meio da indicação de deputados. O prefeito recebeu a máquina agrícola já na primeira etapa de entrega, e vai reforçar à agricultura familiar do município. 

Da redação

Prefeitura de Palmeirópolis inaugura novo espaço de festas para idosos

Forró até de madrugada com Evones dos Teclados

Em homenagem a Pedrolina Gomes da Silva, o novo salão de festas recebeu o nome de Centro de Convivência Lina.

Mais conforto, atenção, qualidade de vida e muito forró. É o que a Prefeitura de Palmeirópolis em parceria com a Secretaria de Assistência Social passou a oferecer para os idosos ao inaugurar nesta quinta-feira, 13, o novo espaço de eventos.

Radiante, o prefeito municipal Fábio Pereira Vaz, relatou que tudo no salão de festas foi construindo com dinheiro de imposto de renda da empresa privada Engie, nada de recurso federal, estadual ou municipal.

“Apenas duas cidades do Tocantins captam estes recursos estimulados, o único município desta região que consegue buscar este tipo de recurso somos nós.  Isso me deixa feliz. A obra pública precisa ser bem-feita, ter beleza e gosto, temos procurado fazer tudo isso durante nosso governo. Eu tenho fé em Deus e a consciência que durante meu mandato deixarei meu legado em Palmeirópolis”, disse o prefeito muito emocionado, ao lado da sua esposa Ana Paula, na qual fez elogios.

 

A secretária de Assistência Social Ana Paula Vaz, revelou ter ficado surpresa não apenas com a beleza e o tamanho do novo espaço, mas com a forma como os idosos são tratados pela equipe multidisciplinar da Semas. “Aqui não é casa do idoso, é lar do idoso porque somos uma família. O que mais me impressiona é a atenção que todos têm desempenhado com nossos idosos. Emocionada agradeceu o prefeito e sua equipe de trabalho e contou como conseguiu o recurso da Engie, e correu atrás.

“Fui procurada pelo Marcelo Silva, e a partir daí fomos à luta, também temos uma piscina recurso da Energisa.  A tônica do trabalho dos profissionais do Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Palmeirópolis é gigantesca, temos colocado o coração neste lugar. Por isso, tem dado certo”, apontou Ana Paula Vaz, que lembrou: “é orientação do prefeito Fábio e de todos nós, cuidar bem dos nossos velhinhos. Se vocês imaginassem o carinho que temos por esses idosos…”. Finaliza chorando

Marcelo Oliveira da Silva – Gerente de Usina na ENGIE Brasil, relatou que quatro (4) anos atrás conversou com a primeira dama para que organizasse a documentação afim de receber verbas dos recursos estimulados (imposto de renda da empresa), ela sem medir esforços correu atrás.

“A ENGIE é a maior geradora de energia do Brasil e também presta serviço social a comunidade. Não é fácil conseguir um recurso e levantar uma obra deste tamanho, parabéns ao prefeito, a primeira dama, e os vereadores pelo brilhante trabalho”, destacou.

 

Segundo a Coordenadora Iraildes Gomes, Palmeirópolis tem agora o maior espaço para os idosos da região sul do Tocantins.

“Uma iniciativa como esta é única, não apenas aqui, mas em todo o estado”, disse ela comovida, demonstrando o diferencial da prefeitura no trato com as políticas sociais, que geralmente ficam nos últimos planos de investimento dos governos. “Um sonho realizado, agradecemos ao Marcelo, por ajudar proporcionar tudo isso, os idosos são especiais em minha vida. Tudo isso é para vocês, e foi feito com alegria, em homenagem a tia Lina, umas das pioneiras deste Centro. No primeiro dia em 2002 quando foi inaugurado pelo ex-prefeito Jonas Macedo, tia Lina estava aqui”, ressaltou.

O ex-prefeito de Palmeirópolis Jonas Macedo, disse que comprou o terreno de 330 metros quadrados pensando na Melhor Idade e foi inaugurado em 2002, levando o nome da sua mãe Almerinda Rosa Macedo. Ela e dona Lina eram vizinhas e amigas.

Também presentes na inauguração os vereadores, na oportunidade o vice-presidente da Câmara Nilson Rodrigues frisou que o ser humano é a maior prioridade da prefeitura e Câmara.

“A maior obra que podemos deixar é o olhar social. olhar pessoas, por isso agradecemos ao Marcelo, através da empresa Engie disponibilizou recursos para esta obra”, disse o parlamentar, que se colocou à disposição na Câmara Municipal para debater e aprovar projetos para o bem-estar dos idosos de Palmeirópolis.

 

“Esse é um lugar maravilhoso. Isso aqui é um paraíso”, expressou sorridente Francisco Reges, que não perde um só encontro.

E com razão. O novo salão é espaçoso, banheiro adaptados, além de uma extensa área com piscina onde eles podem se movimentar.

Luciene Oliveira representando a família da dona Lina agradeceu o prefeito, primeira dama, vereadores e equipe, “de tantas pessoas que passaram por aqui, e vocês lembraram da mãe Lina. Falar dela é fácil, uma mulher que mesmo com lagrimas nos olhos dava aquele sorriso”, mencionou.

O esposo da dona Lina, Vitorino Batista e sua família disseram estar grato pela homenagem. 

Depois do louvor da cantora Pérsida junto com a REDE do BEM, um delicioso jantar foi servido, em seguida, todos cairam na dança até de madrugada com a banda Dudu do forró e Devones dos Teclados.

  

VEJA MAIS FOTOS

Atualmente, 200 idosos – homens e mulheres – são atendidos na instituição, recebendo os cuidados da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas)
Lembranças da saudosa dona Lina se descontraindo com o prefeito
Em 2002 inauguração do Centro dos Idosos por Jonas Macedo, na qual levou o nome da sua mãe, Almerinda Rosa Macedo
Vice-Prefeita de Palmeirópolis Josemir Batos

Marcelo Silva, recebendo a placa das mãos da vereadora Hildene Toquio, pelo reconhecimento e parceria com a prefeitura
Adriano Diniz, recebendo a placa das mãos do vereador Divino Isidoro, pelo reconhecimento.
Prefeito de Palmeirópolis Fábio Vaz e Ana Paula Vaz
Adelaide Correia-Presidente do Conselho Municipal do Idoso de Palmeirópolis
Miriam Lopes-Coordenadora do CRAS

Da redação

Palmeirópolis: Justiça julga procedente conceder ampliação de licença a mãe de recém-nascido

A Justiça concedeu nesta segunda-feira (10/9), a ampliação de licença maternidade a Lucilene Alves de Araujo, pelo nascimento de filho prematuro.

A decisão é da juíza Ana Paula Araújo Aires Toríbio, da Comarca de Palmeirópolis, que confirmou a tutela provisória de urgência.

Conforme consta nos autos da decisão, a requerente pediu na Justiça a prorrogação imediata da licença maternidade ao município de Palmeirópolis, pela quantidade de 55 dias em que o filho esteve internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na cidade de Palmas, sem descontar qualquer verba remuneratória pertinente aos dias em que o bebê esteve internado.

Ao concluir a decisão a juíza destacou, “entendo o direito da autora à prorrogação da licença-maternidade, pelo prazo da internação neonatal ocorrida logo após o parto (55 dias), com vistas a permitir a convivência direta e integral entre a demandante e seu filho pelo período completo de 180 dias, sem prejuízo da remuneração mensal”.

A magistrada ainda complementou: “Tal circunstância revela ter ficado bastante prejudicada a convivência direta, plena e integral entre mãe e filho nos primeiros meses de vida do recém-nascido, salutar para o bom desenvolvimento da criança”.

Confira aqui decisão.

Texto: Sthéfany Simão/ Foto: Rondinelli Ribeiro

 

Prefeito garante ajudar na reforma da Delegacia de Polícia Civil em Palmeirópolis

Sinais de más condições no prédio onde fica a Delegacia de Palmeirópolis, são visíveis.

A estrutura do prédio da delegacia em Palmeirópolis está causando desconforto aos funcionários que ali prestam serviços, a cobertura do telhado e o forro estão caindo e com goteiras. A garagem sem telhado e os banheiros estragados.

Diante dessa realidade, o prefeito Fábio Vaz disse a nossa equipe, que firmou parceria de cooperar na reforma, assim como fez com o Pelotão de Polícia Militar, “as primeiras providencias estão sendo tomadas no intuito de resolver a situação do prédio o mais rápido possível. A reforma vai trazer mais dignidade para quem trabalha no local e maior resolutividade para quem busca o atendimento”, disse.

A reforma é para começar em breve. O prefeito e a primeira dama Ana Paula, presam pelo trabalho bem feito e designer moderno, na qual foram realizados nos predios público municipais de Palmeirópolis. 

Da redação

Centro de Convivência do Idoso de Palmeirópolis passa por reestruturação; espaço de festa será inaugurado dia 13

Um espaço moderno, aberto e amplo para eventos.

A Prefeitura Municipal de Palmeirópolis, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) vai inaugurar as novas ampliações e o barracão de eventos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) dos Idosos. Na oportunidade, será realizado uma festa acompanhada de um delicioso jantar.

Prefeito de Palmeirópolis Fábio Vaz e primeira dama Ana Paula

O prefeito Fábio Vaz informou que, desde quando assumiu como gestor, viu a necessidade de adequar uma nova estrutura para o Centro dos Idosos e oferecer melhor qualidade e maior conforto a eles. A inauguração será realizada na quinta feira dia (13) de setembro às 07h00min da noite. O prefeito falou da satisfação em inaugurar o barracão de eventos, “vamos estar com espaço maravilhoso, um local a mais para a sociedade se encontrar e fazer reuniões e festas. Vaz relembrou, que hoje Palmeirópolis é referência em todo o Estado em atendimento à terceira idade. “Contamos com ala para atendimento médico, psicológico, fisioterapia, piscina para hidroginástica, e agora vamos ter um salão de eventos mais amplo e mais confortável”, destacou.

A secretária de Assistência Social Ana Paula Vaz, disse que tudo é um momento relevante para o município, “este Centro de Convivência do Idoso e a Rede do Bem, são “meninas dos nossos olhos”, emociono ao dizer, que neste local poderemos oferecer um aconchego a estas pessoas. Vamos iniciar com várias atividades e ir ofertando outras na medida do possível”, explicou a primeira dama. 

A obra estar sendo realizada com verbas da Engie Energia e de recursos estimulados (através do imposto de renda), e também da Prefeitura, com recurso próprio.

Por Edilson Gonçalves/da redação