Endividamento das famílias palmenses volta a crescer em março

Depois de se manter estável em janeiro e revelar um pequeno aumento em fevereiro, o endividamento das famílias voltou a crescer em março. Neste mês, o índice chegou a 73,1%, enquanto no mês passado estava em 71,6%, apontando um acréscimo de 1,5%. No comparativo com o mesmo período de 2015 a redução foi de 1,8%. A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) é uma realização mensal da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em parceria com a Fecomércio Tocantins.

Pisoni-2Para o presidente da Fecomércio Tocantins, Itelvino Pisoni, o aumento no endividamento continua sendo motivado pelo quadro recessivo nacional. “O desemprego é o maior causador, somado com as instabilidades política e econômica do País”, destacou.

O vilão na contração das dívidas continua o mesmo, o cartão de crédito, respondendo por 72,2% dos entrevistados. O uso do carnê ficou em segundo com 28,4% e ofinanciamento de veículo em terceiro lugar, citado por 24,7%.

O total de famílias que possuem contas em atraso ficou em 14,4%. As que têm condições de pagar (total e parcialmente) as dívidas em atraso chegaram a 96,5. As famílias que não poderão quitar as dívidas ficaram em 0,3%. E o tempo médio de comprometimento da renda com dívidas chegou a 33,2%.

O tempo de pagamento das dívidas atrasadas mais citado foi o prazo entre 30 e 90 dias, confirmado por 39,9%. Já o tempo médio chegou a 49,7 dias para esse pagamento. Com 48,2%, ficou o tempo de mais de um ano de comprometimento com dívidas. E o tempo médio do comprometimento com as dívidas ficou em 8,1 meses.

A PEIC

Foram entrevistadas 500 famílias palmenses divididas em duas categorias: as que ganham até 10 salários mínimos/mês e as que recebem mais de 10 salários mínimos. Os números aqui apresentados são do índice geral, ou seja, das duas categorias pesquisadas. A PEIC de março foi aplicada nos últimos 10 dias de fevereiro. (Ronaldo Coelho – Ascom Fecomércio TO)

http://www.atitudeto.com.br/

Com 62,7% dos votos, professora Isabel Cristina é eleita reitora da UFT

Cerca de 20 mil pessoas estavam na lista de votantes, porém apenas 5.564 compareceram às urnas; 692 professores, 610 técnicos e 4.262 alunos

Wendy Almeida
Da Redação

Professores, estudantes e técnicos administrativos dos sete campi da Universidade Federal do Tocantins (UFT) foram às urnas nesta terça-feira, 22 e escolheram a professora Isabel Cristina Auler Pereira, atual vice-reitora, para comandar a universidade por quatro anos, junto com o vice-reitor eleito Luís Eduardo Bovolato. A chapa “Confiança e Participação” conquistou 62,7% (3.291) dos votos da comunidade universitária, já a chapa “UFT Livre”, encabeçada pelo professor José Expedito ficou com 37,2%, ou seja, 2.273 votos válidos.

O presidente da Comissão Eleitoral Central (CEC) Elvio Quirino informou ao CT nesta quarta-feira, 23, que o processo ocorreu sem nenhum registro de intercorrência. “Ocorreu tudo normalmente e nós concluímos o resultado à meia-noite”, disse, acrescentando que a universidade sai fortalecida com as eleições. “Quem ganha é a UFT porque tinha mais de uma chapa, cada um com suas propostas e no final a comunidade foi às urnas e demonstrou seu desejo. Instalando esta forma de escolher seus representantes, a universidade ganha mais autonomia e sai fortalecida”, avaliou.

Balanço
Para Elvio, houve participação expressiva da comunidade universitária na votação. “Na história da UFT foi uma das mais expressivas”. Cerca de 20 mil pessoas estavam na lista de votantes, porém apenas 5.564 compareceram às urnas, 692 professores, 610 técnicos e 4.262 alunos. Elvio lembrou que é preciso considerar que o voto não é obrigatório. “A gente esperava mais participação dos alunos, mas a votação dos técnicos e professores foi expressiva. As pessoas precisam considerar que o voto é facultativo”, ressaltou.

Esta é a quarta vez que a comunidade universitária escolhe os gestores da UFT. Conforme Elvio, foram mobilizados 250 mesários, membros da própria universidade. Já o Tribunal Regional Eleitoral forneceu 54 urnas, apoio técnico e operacional para a votação.

Procedimentos
De acordo com presidente da CEC, o relatório detalhado da pesquisa eleitoral será encaminhado até o dia 31 deste mês para o Conselho Universitário (Consuni). Este se reunirá no dia 5 de abril para elaborar a lista tríplice que será enviada à Presidência da República, a quem caberá a definição final de quem será o reitor e seu vice para o quadriênio 2016/2020. Segundo ele, no dia 5 de junho a professora Isabel deverá tomar posse porque é quando finda o mandato do atual gestor da UFT, Márcio Silveira.

Perfil dos novos gestores da UFT:

Chapa 10 – Confiança e Participação

CandidatareitoriaUFT_200
Isabel Cristina Auler Pereira

Reitora: Isabel Cristina Auler Pereira – Doutora em Educação pela UFBA. Mestre em Literatura Brasileira pela UnB. Especialista em Avaliação Institucional e em Ensino de Língua Portuguesa e Graduação em Letras Inglês/Português. Vice-reitora da UFT a partir de 2012. Pró-reitora de Graduação (2007 a 2012) e diretora de Ensino da UFT (2005 a 2007). Coordenadora do Comitê Institucional para Formação Continuada de Professores (janeiro de 2013) e membro do Fórum de Educação Estadual e Fórum Municipal de Palmas/TO e do Comitê Estadual de Acompanhamento da execução de metas da Educação Superior do Plano Estadual de Educação.

CandidatovicereitorUFT_200 1
Luís Eduardo Bovolato

Vice-Reitor: Luís Eduardo Bovolato – Doutor e mestre em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Graduado em Geologia pela Universidade Federal de Mato Grosso. Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Tocantins. Diretor do Câmpus de Araguaína, no período de 2008-2012 e de 2012 até o presente. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geologia, Geomorfologia e Hidrogeologia, atuando principalmente nos seguintes temas: vulnerabilidade de aquíferos, geoquímica de águas subterrâneas, uso e proteção da água subterrânea.

http://www.clebertoledo.com.br/

Operação de combate ao tráfico de drogas termina com a prisão de cinco pessoas no Tocantins; dois adolescentes foram apreendidos

presos
De acordo com a Polícia Civil, a organização criminosa atuava nas quadras 1006, 1106 e 1206 sul de Palmas

A Polícia Civil (PC) deflagrou na tarde desta segunda-feira, 21, uma operação de combate ao tráfico de drogas, empresos2 Palmas. Cinco pessoas foram presas e dois adolescentes apreendidos.

A operação “Aprisco” foi realizada pela Delegacia Especializada de Repressão a Narcóticos e desarticulou uma organização criminosa que atuava nas quadras 1006, 1106 e 1206 sul da capital.

Foram presos Eliabe Santiago Freire (27 anos), Nilo Ferreira Sousa (20), Patric dos Santos Barbosa (23), Thiago Corrêa de Melo (25) e Thayson Silva da Cruz (18).

De acordo com o delegado Guilherme Martins Rocha, titular da Denarc, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em “bocas de fumos” e dois adolescentes, ambos com 17 anos, foram apreendidos.

presos 1A polícia apreendeu porções de crack e cocaína, balança de precisão, arma de fogo e uma quantidade expressiva em dinheiro proveniente da comercialização de entorpecentes.

Eliabe, Nilo, Patric, Thiago e Thayson foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico e foram encaminhados para a Casa de Prisão Provisória (CPP) de Palmas.

Os menores foram autuados por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas e, em seguida, recolhidos ao Centro de Apoio Sócio Educativo (Case), na capital.

O nome da operação, aprisco, faz alusão ao local onde as ovelhas são aprisionadas, uma vez que Eliabe, apontado como o chefe da organização criminosa, se autointitulava “Ovelha Negra”.

http://www.redeto.com.br/

Estrutura para a Paixão de Cristo 2016 já está em fase final de montagem

Considerado um dos maiores espetáculos teatrais do Tocantins, a Paixão de Cristo 2016 estreia na próxima sexta-feira, 25, no estádio Nilton Santos, em Palmas.

Estrutura para a Paixão de Cristo 2016 já está em fase final de montagem

Considerado um dos maiores espetáculos teatrais do Tocantins, a Paixão de Cristo 2016 estreia na próxima sexta-feira, 25, no estádio Nilton Santos, em Palmas. Com uma equipe técnica e de atores que ultrapassa o número de 400 pessoas, a produção teatral da Cia ArtSacra já está em fase final de acabamento, com a montagem do cenário, que começou a cerca de duas semanas. Para prestigiar o espetáculo, são esperadas mais de 10 mil pessoas.
Para contar uma das mais antigas histórias da humanidade, estão sendo utilizados mais de 20 toneladas de tablado (palco), oito mil metros de tecido para confecção dos cenários, 2.700 metros de madeira para cenários, 2.500 toneladas de alumínio para fixação da iluminação, três mil toneladas de cabos equipamentos e som, e mais de duas mil toneladas de iluminação e equipamentos de efeito especial.
 A equipe de montagem do cenário também é grande. Na montagem inicial são mais de 20 profissionais entre marceneiros, costureiras, forradores e montadores de estrutura, um arquiteto, um engenheiro estrutural. “E na semana do evento se junta a essa equipe mais nove técnicos de som, luz, e vídeo, e mais oito ajudantes de produção e montagem num total de mais de 40 pessoas diretamente e indiretamente envolvidas no projeto. Até a realização do espetáculo são 19 dias trabalhando direto e mais cinco dias para desmontagem e entrega do estádio limpo e organizado novamente”, acrescenta o responsável pela estrutura do cenário, Glauter Cardoso Silva.
Diferencial
 
Diretor do espetáculo e presidente da Cia ArtSacra, Valdeir Santana conta que o cenário é muito importante para aproximar o público da realidade das cenas e muita novidades está sendo preparada para este ano. “Este ano temos um diferencial no efeito especial da crucificação, mudança no aspecto de alguns cenários e o formato curvado na forma de arco dos cenários que vai possibilitar ao espectador um conforto melhor para visualização das cenas, onde em qualquer ponto da arquibancada ele terá visualização total dos cenários”, adianta Valdeir Santana.
No ano de 2014 o espetáculo foi encenado no estádio e nesta 14ª edição o local volta a sediar o evento. De acordo com o presidente da ArtSacra, Valdeir Santana, o espaço é uma grande conquista, pois permitirá a construção de uma cidade cenográfica, construída com todos os cuidados necessários para fazer o diferencial dos demais espetáculos da Paixão de Cristo já realizado pela Cia. “O estádio Nilton Santos é o lugar ideal para essa construção cenográfica, sem contar a visão privilegiada da plateia”, comenta.
Segundo Santana, a estrutura do estádio permite uma melhora nas instalação dos equipamentos de sonorização, iluminação e telões, dentre outros, sem que prejudique a visão da plateia. “O espaço já tem uma estrutura pronta com banheiros, arquibancadas, sinalizadores, estacionamentos e tudo isso reduz os investimentos financeiros para o evento, uma vez que nossa instituição é sem fins lucrativos e se mantêm de doações, parcerias e patrocínios”, complementa.
Ensaios
 
Último final de semana antes da estreia, no sábado, 19, e no domingo, 20, haverá ensaio geral do elenco no estádio Nilton Santos. O encontro vai reunir todo elenco para passagem completa do espetáculo com a trilha sonora. O ensaio de sábado acontecerá das 14 às 21 horas, e o de domingo, das 8 ao meio dia, e de 16 às 21 horas.
© Copyright 2000-2016, O GIRASSOL

Governo do Estado realiza mais uma etapa de combate ao mosquito da dengue

Núbio Brito / Governo do Tocantins                                                                                      6d5fce32-5a7e-44de-a859-8317c4271488

O Governo do Tocantins através da Agência Tocantinense de Regulação (ATR) iniciou na manhã desta segunda-feira, 7 mais uma etapa de combate ao mosquito da Dengue.  Fiscais da agência distribuíram, nos terminais rodoviários de Palmas e principais cidades do interior, cartilhas e panfletos e cartazes informativos objetivando conscientizar, controlar e combater ao mosquito Aedes aegypti, em todo o Estado.

Para o motorista Edenilson Alves de Sousa esse tipo de campanha é muito importante, por que está procurando orientar um maior numero de pessoas. Por mais que se tem falado sobre os riscos da doença, parece ser pouco. “As pessoas não se conscientizam da gravidade da doença, eu espero que essa campanha do Governo do Estado seja positiva em relação a isto, e que possa mudar essa realidade que estamos enfrentando, hoje”. Ressaltou.

“Meu filho, eu nos meus mais de 70 anos de idade, nunca deixei de limpar o quintal de minha casa. É tão simples manter tudo limpinho. Infelizmente, parece que as pessoas de hoje tem dificuldade com limpeza até de suas casas“. Salientou a dona de casa Maria Izabel dos Santos, que mora em Araguaína.

e3d24461-9d4a-46a3-a1d8-854f88a6f3cdDe acordo com o presidente da Agência de Regulação, Jota Patrocínio, a ATR está empenhada na luta de combate a doença. “Estamos fazendo a nossa parte, nossos colaboradores estão empenhados nesta campanha do Governo do Estado, no sentido de orientar a população dos esforços que devemos ter para combater a Dengue, a Chikungunya e a Zica”. Destacou.

Prevenção

Para prevenir a dengue, transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, é necessário evitar o acúmulo de água parada, colocar areia nos vasos de plantas, limpar calhas, colocar telas nas janelas, evitar o acúmulo de lixo, usar repelentes, inseticidas e larvicidas.

Fotos e créditos: Núbio Brito / Governo do Tocantins

Legenda e Fotos:Fiscais da agência distribuíram, nos terminais rodoviários de Palmas e principais cidades do interior, cartilhas e panfletos e cartazes informativos objetivando conscientizar, controlar e combater ao mosquito Aedes aegypti, em todo o Estado.

Núbio Brito
Gerente de Comunicação
nubiobrito@secom.to.gov.br
(63) 9972-3819 / (63) 8480-0275

Secretaria da Comunicação Social
http://http://secom.to.gov.br