Justiça determina que Estado encontre UTI para bebê com epilepsia

Menino de 10 meses está internado em hospital de Gurupi.
Prazo é de 24 horas; Estado não tem vaga em UTI pediátrica.

A justiça emitiu uma decisão obrigando o Estado a fazer a transferência aérea e acomodação em UTI pediátrica de um menino de 10 meses internado em situação grave no Hospital Regional de Gurupi. Conforme o Ministério Público Estadual (MPE), ele tem uma forma grave de epilepsia e o hospital não tem os equipamentos necessários para o tratamento.

A decisão saiu neste domingo (30) e deu 24 horas para o Estado providenciar a transferência, sob pena de multa diária de R$ 50 mil. De acordo com o MPE, o promotor de Justiça Caleb Melo foi informado que em razão do uso de medicamentos fortes, a criança precisa usar respirador mecânico, pois ocorrem paradas cardíacas.

“No mesmo hospital, encontra-se outra criança, que também está sob uso de respirador e com determinação judicial de transferência para UTI, que não foi cumprida. Embora esta criança esteja com um quadro menos grave que Arthur, o quadro demonstra o descaso do Estado do Tocantins com as determinações judiciais”, informou o MPE.

Ainda conforme o MPE, o promotor requisitou a adoção de providências junto a Central de Regulação da Secretaria de Saúde do Estado, mas nenhuma providência foi adotada. Além disso, foi verificado que no Hospital Público de Palmas, não há vaga para UTI Pediátrica e que nas duas outras UTI´s pediátricas da capital, às quais o Estado possui convênio, não há mais vagas pelo sistema SUS. Isso porque o Estado está inadimplente com as clínicas há mais de sete meses, conforme o órgão.

A Secretaria de Estado da Saúde disse, em nota, que o menino recebendo suporte e sendo acompanhado por neopediatria enquanto o serviço de regulação busca leito de UTI Pediátrica para receber o paciente. “Paralelo a isso, a Secretaria também abriu processo de compra de leito.”

“A Secretaria tem empreendido todos os esforços para garantir a implantação de mais dez leitos de UTI Pediátrica no Estado, inclusive já abriu licitação para aquisição de equipamentos necessários à implantação do serviço na cidade de Araguaína.”(fonte:g1/to)

Adolescente é apreendida com lança perfume e maconha em ônibus

Menor foi encontrada em ônibus na região sul do Estado.
Ela transportava os produtos em uma mala, no bagageiro de um ônibus.

Uma adolescente de 17 anos foi detida com 10 tabletes de maconha e um galão de lança perfume. Conforme informações da Polícia Civil, as drogas estavam no bagageiro de um ônibus interestadual que seguia de Brasília (DF) para Palmas.

A apreensão foi feita pela Delegacia de Investigações Criminais de Palmas (Deic), depois de uma denúncia anônima, porque havia a suspeita de que a menor também transportava armas. O ônibus em que a jovem estava foi abordado na madrugada desta quarta-feira (26) em Gurupi, na BR-153.

A droga estava em uma mala, no bagageiro do ônibus, e o galão de lança perfume sobre a bagagem. A jovem afirmou à polícia que o produto seria distribuído em Palmas. Ela deve ser levada para o Case de Palmas. O Conselho Tutelar foi acionado.(fonte:g1/to)

Crianças internadas em hospital de Gurupi recebem carinho e presentes

Visita foi para alegrar o dia-a-dia dos pacientes na unidade.
Projeto foi realizado por servidoras que trabalham no local.

Servidoras do Hospital Regional de Gurupi saíram pelos corredores e quartos distribuindo presentes para crianças internadas na unidade. A visita foi para alegrar o dia-a-dia dos pacientes que vão passar o dia das crianças longe de casa, alguns estão se preparando para fazer cirurgias.

A ação contou também com pinturas corporais. As mães dos pequenos aprovaram a iniciativa. “Incentivam eles, já que ficam presos aqui dentro”, disse a dona de casa Maria da Conceição Oliveira.

A pedagoga Clecyane Alves disse que o projeto pode tornar menos traumáticos os momentos vividos pelas crianças.

“É maravilhoso, satisfatório porque alguns estão de dieta zero, esperando cirurgia, ficam tristes, agoniados. Então é muito bom ver uma criança sorrindo, agradecendo. Poder ajudar eles a passarem por este momento ser menos traumático é muito bom”.(fonte:g1/to)

Casal é flagrado com sete quilos de maconha no sul do Tocantins

Droga iria ser comercializada em Gurupi, segundo a polícia
Homem e mulher foram presos suspeitos de tráfico de drogas

Um homem, de 21 anos, e uma mulher, de 20, foram presos em flagrante com sete quilos de maconha, na noite desta segunda-feira (12). A droga iria ser comercializada em Gurupi, sul do Tocantins.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Tocantins (SSP), a polícia chegou até os suspeitos após uma denúncia anônima de que um casal tinha recebido sete barras de maconha na cidade de Aliança do Tocantins e estava a caminho de Gurupi, onde a droga seria comercializada.

Com base nas informações, a polícia passou a monitorar os suspeitos, que foram abordados no setor Industrial, em Gurupi. Após buscas pessoais, os agentes encontraram a maconha.

O casal foi autuado por tráfico de drogas. O homem foi levado para a Casa de Prisão Provisória de Gurupi e a mulher está na Central de Flagrantes, à espera de vaga no sistema prisional feminino.(fonte:g1/to)

Condutora se distrai e carro cai no córrego mutuca

O acidente inusitado ocorreu por volta de 05h30 da manhã desta segunda-feira (12) no Parque Mutuca em Gurupi. O veículo caiu no córrego após a condutora perder o controle da direção.

Segundo informações da Polícia Militar, no carro modelo Linea estava apenas a condutora, que não teve o nome divulgado. Ela seguia da Avenida Ceará para a Avenida Beira Rio quando teria se distraído ao pegar um cigarro na bolsa e perdeu o controle da direção. O veículo subiu na calçada, quebrou uma barra de ferro de proteção e caiu sobre o córrego mutuca.

Ainda segundo a Polícia Militar, a mulher não se feriu. Populares que passaram logo após o acidente ajudaram a condutora a sair do veículo. A Polícia Militar foi logo acionada e registrou a ocorrência. Um guincho de auto socorro foi chamado para a retirada do veículo.(fonte:atitude tocantins)

Jovem morre afogado no balneário em Cariri

Na tarde deste domingo (28), um afogamento foi registrado no balneário do Município de Cariri, no Sul do Estado, que vitimou um jovem de 18 anos de idade morador de Gurupi

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a vítima foi identificado como Nauan Almeida Santana, de 18 anos. O jovem estaria banhando no local acompanhado de amigos quando se afogou.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Gurupi foi acionada e se dirigiu ao local. O corpo de Nauan foi localizado pelos mergulhadores ainda durante a tarde. O seu corpo foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Gurupi.(fonte:atitude tocantins)

Família de Claúdio Frascari cobra por justiça na morte do filho

“Estamos arrasados por perder nosso filho que estava trabalhando e, todos sabem que ele era uma pessoa que não tinha nenhum vicio e nunca vi o meu filho bêbado, fumando ou em lugares inapropriados […] Estamos arrasados e esperamos que tenha justiça porque ele saiu bem de casa conversando com a gente e de repente vem a notícia que estava morto”, disse a mãe Ana Maria Frascari sobre a morte do filho por assaltante em uma loja no Centro de Gurupi, mas até o momento ainda não teve solução.

O latrocínio aconteceu no dia 01 de agosto deste ano quando o fotógrafo chegou, no dia e errada, em uma loja de grife no Centro de Gurupi para fazer algumas imagens, coincidentemente,  no momento em que acontecia um assalto e acabou sendo alvejado com um disparo de arma de fogo nas costas e faleceu no local.
“Uma menina nos falou que ele estava com a mão na cabeça e teria ajoelhado, ficou com a perna virada e o bandido deu um empurrão nele para que ele se ajeitasse direito e daí atirou nele, matou o meu filho e foi embora”, disse a mãe, Ana Maria Frascari.
Desde então, dona Ana Frascari busca resposta da polícia judiciária na apuração dos fatos no sentido de chegar ao autor do disparo, que no ato estava acompanhado de uma mulher.

“Eles começaram a investigar e dizem que estão trabalhando, mas até agora a gente não tem nenhuma resposta. Eu quero que eles apresentem quem assassinou o meu filho porque não foi nenhum cachorro que morreu, mas foi gente”, relata a mãe.
O caso está sendo investigado pela delegada, Lucélia Maria Marquez Bento, do 1° Distrito Policial, de Gurupi. Ela afirmou ao Portal Atitude que até o momento o autor do crime anda não foi identificado, porém as diligencias continuam até que seja identificado.
“As investigações estão em andamento e estamos aguardando a conclusão de algumas diligencias que foram requeridas. Infelizmente, até agora não conseguirmos encontrar os suspeitos. Ainda não temos nenhum suspeito. Tudo levar a crer que [casal de assaltantes] eram de outra cidade. Todo mundo está cobrando e estamos fazendo o máximo possível para localizá-los, mas, estou dependendo de uma outra diligencia para ser concluída para ver se conseguimos achar alguma coisa”, disse a delegada.
Segundo a delegada a falta de imagens dos acusados dificulta as investigações. No dia do assalto os marginais arrancaram e levaram todo sistema de vídeomonitoramento da loja.
“Andamos nas mediações em busca de imagens, mas não conseguimos evidenciar, tanto nós como o pessoal da Polícia Militar. A única imagem que poderíamos pegar era de uma clinica que fica em frente, mas a Câmera não estava funcionando”, disse a delegada.

Desesperançosa, a mãe espera que a sociedade desperte e contribua com informações para que os culpados possam responder pelos crimes.
“E eu acho que as pessoas têm que se sensibilizar porque espero e quero justiça, tanto da parte de Deus como a do homem. A de Deus eu tenho certeza que ele vai fazer, mas agora a do homem eu estou esperando para ver o que acontecer”, relata a mãe.
A mãe relatou ainda que o fotografo Cláudio Frascari tinha bom comportamento, não possuía vícios e  possuiu bons relacionamentos em Gurupi.
“Estamos arrasados por perder nosso filho que estava trabalhando e todos sabem que ele era uma pessoa que não tinha nenhum vicio, pois nunca vi o meu filho bêbado ou fumando ou em lugares inapropriados. Sempre trabalhou com pessoas boas e seus amigos eram pessoas boas que eram o pessoal da Prefeitura, da Unirg e jornalistas. Eram essas pessoas que meu filho tinha mais contato, então estamos arrasados e esperamos que tenha justiça porque ele saiu bem de casa conversando com a gente e de repente vem a notícia que estava morto. Não é fácil não!!”, disse.
Cláudio Frascari era muito querido em Gurupi e já trabalhou como fotografo na Unirg, Prefeitura de Gurupi, em várias campanhas eleitorais e nos últimos anos se dedicou em fotografia de casamentos e de formaturas.(fonte:folha do tocantins)

Vítima de aneurisma: Vereadora de Figueirópolis morre em hospital de Gurupi

Edileuza Barbosa da Silva Santos foi internada no Hospital Regional de Gurupi, onde passou três dias na UTI

Em decorrência de aneurisma cerebral,  faleceu na noite deste sábado 20, no Hospital Regional de Gurupi, Edileuza Barbosa da Silva Santos (PHS), de 45 anos. Após três dias internada, veio a óbito em consequência de um aneurisma cerebral. A vereadora deu entrada em estado grave no HRG na última quinta-feira 18.
Edileuza era graduada pela Fundação UNIRG, em Pedagogia e Pós Graduada pela ESEA, em Gestão, Orientação e Supervisão Escolar. Estava em seu 1º mandato e buscava reeleição pela Coligação “Unidos por Figueirópolis” comandada pelo prefeito e candidato à reeleição, Fernandes Martins (PMDB).
O local do velório será na igreja Batista do Centenário em Figueirópolis ainda nesta manhã, e o sepultamento acontecerá no período da tarde.
Fonte:Folha do Tocantins/fotos:Romilton Messias

Samu recebe uma média de quatro trotes por dia em Gurupi

Até julho deste ano, mais de 750 denúncias falsas foram registradas
Trotes atrapalham atendimento às vitimas que precisam de atendimento

A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Gurupí, região sul do Tocantins, reclama do alto número de trotes telefônicos que recebem na cidade. Segundo a equipe, são registrados até quatro trotes por dia, o que resulta em cerca de 120 trotes por mês, a maioria praticados por crianças e adolescentes. 

A situação prejudica a população já que o tempo é valioso para quem realmente precisa de ajuda. O médico do Samu, Rodrigo Carvalho, conta que os trotes também dificultam o trabalho rotineiro dos profissionais.

“A gente vai encaminhar a unidade com a equipe treinada em um caso que não é real. Se houver uma nova ligação com um caso que precise de atendimento urgente nós não vamos ter a unidade para atender”, informou.

Em cinco anos de atendimento a unidade de Gurupi registrou mais de 9 mil trotes. Nos seis primeiros meses deste ano, mais de 750 denúncias falsas foram contabilizadas.

Os responsáveis pelas ligações falsas podem ser identificados através da bina, dispositivo eletrônico que identifica número e registra histórico de atendimento no sistema.

No dia 28 de fevereiro deste ano um trote mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros e da Marinha.  Segundo a denúncia recebida, um barco com cinco pessoas teria virado no lago de Palmas, mas ninguém foi encontrado em cinco horas de buscas. Investigações comprovaram que o caso se tratava de um trote.

De acordo com o Código Penal, o trote é crime e pode levar a pena de detenção de um a três anos e multa.(fonte:g1/to)

PM prende suspeito por roubo em salão de beleza em Gurupi

No final da manhã desta terça-feira (16), militares do 4º BPM efetuaram a prisão de um indivíduo suspeito de roubar celulares em um salão de beleza no Setor Parque Residencial São José em Gurupi. O Jovem também é suspeito de outros roubos na região.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito é Luciano Alves de Souza, de 18 anos. Ele teria efetuado um roubo em um salão de beleza com emprego de arma de fogo e ameaçando a vítima com a arma na cabeça, levou dois aparelhos celulares. Na sequencia, fugiu correndo a pé.

Luciano-2A Polícia Militar foi acionada e iniciou as buscas pela região. Luciano foi encontrado instantes depois em uma casa no Setor Aeroporto, bairro vizinho ao que ocorreu o assalto. Ele foi preso em flagrante com 3 aparelhos celulares, mas a arma usada no crime não foi encontrada. O jovem foi reconhecido pelas vítimas.

Ainda segundo informou a PM, Luciano é suspeito de cometer vários roubos na região e já teria sido reconhecido por pelo menos 3 vítimas de roubos em datas diferentes. O suspeito foi encaminhado à Central de Flagrantes de Gurupi.(fonte:atitude tocantins)