Paciente espera por cirurgia há cerca de três meses em hospital de Gurupi

Com a coluna quebrada, procedimento não é feito no Tocantins. Secretaria Estadual da Saúde informou que Gil José está cadastrado na Central Nacional de Regulação.

Pacientes internados no Hospital Regional de Gurupi, sul do Tocantins, cobram agilidade no atendimento e na realização de cirurgias. Em alguns casos, pacientes esperam há meses por um procedimento. É o caso de Gil José Rodrigues que está internado há cerca de três meses na unidade, aguardando por uma operação. Com a coluna quebrada, o paciente não consegue andar.

Rodrigues aguarda uma cirurgia na coluna. O detalhe é que o procedimento não é feito no Tocantins e ainda não tem previsão de quando ela deve ser realizada. “O médico falou que tinha que ser de urgência essa cirurgia para ele pelo menos sentar porque ele disse que ele não iria andar mais”, contou o irmão José dos Santos Rodrigues.

A situação piora porque o paciente pode ter alta a qualquer momento. “Teve um médico querendo dar alta, mas não tem condições de ele ir para casa. Nós moramos na fazenda, até para a ambulância ir lá, é difícil. Se ele for para lá mais difícil vai ficar”.

Esse não é o único caso de espera. O lavrador Gilso Pereira é de Taguatinga e está há dois dias no hospital com o braço quebrado. “Minha situaçãop está crítica. Estou esperando, não tem medicamentos. Sou de outra cidade, não conheço quase ninguém aqui. Está difícil”.

Sem saber quando as demandas atendidas, pacientes e familiares sofrem com a demora e pedem agilidade no serviço.

A Secretaria Estadual da Saúde informou que o paciente Gil José Rodrigues está cadastrado na Central Nacional de Regulação de alta complexidade e o serviço de regulação estadual continua buscando vaga, já que a cirurgia não é realizada no estado.

A secretaria informou ainda que o paciente Gilso Pereira de Santana deu entrada no hospital na segunda-feira (22), foi atendido, medicado e os exames realizados apontaram que não houve fratura no braço, mas não informou quando ele vai ser operado.

G1/TO

Adolescentes furtam carro do Conselho Tutelar e devolvem após usá-lo em assaltos

O motorista teria esquecido a chave na ignição do veículo. Caso aconteceu em Gurupi e carro é o único da unidade.

Três adolescentes de Gurupi, na região sul do Tocantins teriam usado o carro do Conselho Tutelar do município em assaltos a bares no centro da cidade, após furtar o veículo em frente a casa do motorista da instituição. Os assaltos aconteceram na madrugada de quarta-feira (25) e os menores teriam devolvido o veículo após os crimes, mas câmeras de segurança de bares perto do local flagraram a ação e permitiram a identificação do carro.

A coordenadora do Conselho Tutelar de Gurupi, Sônia Segger, disse que se tratou de um erro do motorista. “Foi realmente uma falha, ele deixou a chave na ignição. Ele esqueceu a chave na ignição na frente da casa dele”, disse ela.

Eles só perceberam o problema quando foram acionados pela Polícia Militar. “Eu recebi uma ligação da Polícia Militar onde me perguntou se o carro estava conosco. Liguei para o motorista e ele disse: Sônia, realmente o carro está aqui, mas foi usado”, disse ela.

Os assaltantes recolheram relógios, celulares e óculos dos clientes dos bairros. A Polícia Civil está investigando o caso, mas até a publicação desta reportagem nenhum dos suspeitos havia sido apreendido. O carro é o único do Conselho Tutelar na cidade e vai precisar de uma manutenção, já que houve danos durante os crimes. Até que o carro fique pronto, outras instituições vão auxiliar o conselho no atendimento das ocorrências.

 G1/TO

Agente administrativo leva arma de presídio para pizzaria e ameaça clientes

O agente estava de serviço e saiu para comer uma pizza. Ele foi até a cidade vizinha e ameaçou atirar em clientes de pizzaria.

Um agente administrativo do presídio agrícola Luz do Amanhã, de Cariri do Tocantins, aterrorizou clientes de uma pizzaria em Gurupi com uma arma de fogo na noite deste domingo (3). De acordo com testemunhas, que preferiram não ser identificadas, o homem estava muito alterado, gritava muito e ameaçava atirar nas pessoas que passavam enquanto girava o tambor da arma. Ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar da cidade.

Em depoimento, o agente informou que estava de serviço no presídio quando resolveu sair para comer uma pizza. Ele não explicou porque levou a arma, que está em nome da Secretaria de Segurança Pública do estado, até a pizzaria. O presídio onde ele trabalha fica em Cariri, mas ele foi até a cidade vizinha, Gurupi, para comer. As duas cidades ficam na região sul do estado.

O boletim de ocorrência diz que o homem aparentava estar embriagado. As testemunhas contaram que ele parecia ter usado algum tipo de droga. Os clientes ficaram apavorados com a cena e se esconderam dentro do banheiro ou correram para fora do restaurante. O incidente aconteceu por volta das 23h, três viaturas da PM foram ao local para conter o homem.

Ele foi levado até a delegacia de flagrantes de Gurupi junto com a arma. O agente chegou a ser preso, mas já foi liberado. O homem não tinha autorização para porte de arma e era um servidor contratado da Secretaria de Segurança Pública, que estava cedido para a Secretaria de Cidadania e Justiça (Secjus), que é responsável pelos presídios no estado.

 A Secjus informou que o servidor foi demitido e que abriu um processo administrativo para determinar como o homem teve acesso a arma. Uma lei de 2014 permite o porte de arma por agentes penitenciários e guardas prisionais mesmo fora de serviço, mas os agentes administrativos não têm o mesmo direito.
G1/To

Justiça autoriza frigorífico embargado em Gurupi a retomar compra de gado

Cooperfrigu foi um dos alvos da operação Carne Fria, do Ibama.
Investigação diz que frigorífico comprou gado em áreas de desmatamento.

Frigorífico em Gurupi foi autuado por compra em áreas desmatadas (Foto: Heitor Moreira/TV Anhanguera)

A Justiça Federal do Tocantins retirou o embargo ao frigorífico Cooperfrigu, de Gurupi, no sul do estado. O Ibama havia proibido o estabelecimento de comprar novos lotes de animais para a produção da carne na última quarta-feira (22). A operação que levou à interdição, batizada de Carne Fria, investiga a compra de gado de pecuaristas que desmataram ilegalmente a Amazônia por parte de frigoríficos no Tocantins e no Pará.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deflagrou a Carne Fria na semana passada. Dois frigoríficos foram autuados no Tocantins, o Cooperfrigu, de Gurupi e o Plena Alimentos, de Paraíso do Tocantins. Empresários e fazendeiros do Pará, do Tocantins, Mato Grosso e de Goiás estariam envolvidos.

Segundo o chefe substituto da Divisão Técnica do instituto, Sandoval Santos, os frigoríficos teriam comprado gado de áreas do Pará que estão irregulares. “Primeiro estas áreas foram embargadas por desmatamento. Elas deveriam se regularizar, o que não aconteceu. Depois, foram mais uma vez notificadas por descumprir o primeiro embargo”.

Na decisão, o juiz federal Eduardo de Assis, de Gurupi, determinou que o frigorífico deve se comprometer a não adquirir gado de áreas com problemas como os identificados na Carne Fria. Para o juiz, o embargo ao Cooperfrigu poderia gerar prejuízos para a cadeia produtiva do estado e diz que ainda não há provas de que “parte significativa do gado abatido pelo frigorífico tinha/tem origem em área desmatada irregularmente”.

A decisão é liminar e ainda cabe recurso, o Ibama diz que ainda não foi notificado sobre a decisão e que só vai se manifestar depois que isso acontecer.

G1 To

Helicóptero é usado durante prisão de suspeitos de furto de veículo

Três pessoas foram detidas em Palmas; crime aconteceu em Gurupi.
Suspeitos tentaram fugir durante perseguição, mas foram detidos.

Com a ajuda de um helicóptero, o Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAer), prendeu em Palmas, na tarde desta segunda-feira (13), três suspeitos de furto de veículo em Gurupi, no sul do Tocantins. A identidade dos envolvidos não foi divulgada.

De acordo com o CIOPAer, por volta das 15h, uma recebeu a informação de que um carro havia sido furtado pela manhã em Gurupi e estaria no distrito de Luzimangues. Então a decolou para dar apoio as viaturas e durante o rádio patrulhamento aéreo encontrou o veículo

O motorista tentou fugir ao ver o helicóptero, mas foi impedido. Outro ocupante do veículo tentou fugir sendo e também foi detido.

Conforme o CIOPAer, logo depois um carro das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) abordou um segundo veículo, que foi apontado pelo primeiro como sendo responsável por encomendar o carro furtado para desmanche. Uma terceira pessoa também é investigada pelo possível envolvimento no caso.

Os suspeitos foram levados para Delegacia Especializada De Roubos E Furtos De Veículos (DERFVA). O CIOPAER contou com o apoio de diversas equipes especializadas como ROTAM, BPMRED, GOC, FORÇA TÁTICA, além do policiamento local.

Carro foi furtado em Gurupi (Foto: CIOPAer/Divulgação)
Carro foi furtado em Gurupi (Foto: CIOPAer/Divulgação)
Suspeitos foram presos em Palmas  (Foto: CIOPAer/Divulgação)
Suspeitos foram presos em Palmas (Foto: CIOPAer/Divulgação)

Fonte:G1/To

Polícia Rodoviária Federal apreende cerca de 2.240 kg de maconha em Gurupi

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou o ano realizando uma das maiores apreensões de drogas da instituição No Tocantins. No  meio da tarde desta quarta-feira, 01, a PRF apreendeu uma carreta, que transportava um semi-reboque com grande quantidade de drogas do tipo maconha, em Gurupi Tocantins.

A droga foi encontrada em caminhão após abordagem da equipe de policiais rodoviários para verificação de suspeição que o veículo transitava com excesso de altura.

O nervosismo do motorista e a detecção de odor característico da droga, levou os policiais a uma fiscalização minuciosa e, escondidos em outro veículo que estava sendo transportado, os policiais acharam 101 sacos contendo a droga, totalizando cerca de 2.240 quilos.

Neste ínterim, a equipe da PRF também verificou os sinais de identificação do veículo e sua documentação, constatando que o caminhão apresenta fortes indícios de adulteração.

Os objetos do ilícito foram escoltados pelo Grupo de Patrulhamento Tático da PRF para Polícia Federal em Palmas/TO.(fonte:O Coletivo)

 

Moradora do TO inova ao pendurar árvore de Natal no teto de casa

Fisioterapeuta teve ideia para evitar acidentes com filhos, em Gurupi.
Árvore suspensa impressionou amigos: ‘Acharam que era montagem’.

Imagine uma árvore de Natal pendurada no teto de casa. Foi o que a fisioterapeuta Adriana Carvalho, moradora de Gurupi, fez. Neste ano, ela queria fugir do tradicional. Além disso, a medida foi tomada para evitar acidentes com os dois filhos, que têm 1 e 3 anos. No ano passado, o mais velho mordeu um pisca-pisca e levou um choque. 

A árvore foi montada no final de novembro, mas ela só divulgou a ideia após o Natal. Adriana disse que resolveu inovar, pensou em algo diferente e teve a ideia de fazer uma árvore suspensa. Depois, procurou na internet para ver se alguém já tinha feito e achou algumas parecidas em outros países. No Brasil, ela não encontrou nenhum caso. “Eu pensei: ‘Eu não sou a única. Se eles conseguiram, eu também consigo”.

Para fixar a base, ela que contou com a ajuda do pai. “Ele fixou a base usando uma furadeira. Depois eu amarrei com barbante a outra parte da árvore. E usei escadas para colocar os enfeites. Foi rápido, fiz tudo em apenas uma tarde”, explicou.

Ela contou que não teve muitos gastos até porque é acostumada a guardar os enfeites dos anos anteriores.

Os benefícios da árvore suspensa são muitos, segundo ela. O primeiro se refere aos acidentes com as crianças. “Em 2014, meu filho mais velho empurrou a árvore e ela caiu em cima dele. No ano passado ele mordeu um pisca-pisca e levou um choque. A ideia vale para quem tem filhos abençoados”, afirmou sorrindo.

Mesmo assim, ela recomenda que os pais devem ficar alertas. O filho mais novo de Adriana chegou a subir nas cadeiras para mexer nos enfeites. “Chamam a atenção das crianças porque são coloridos e brilhantes. De qualquer maneira temos que ficar de olho”.

O outro benefício é que a árvore ocupa pouco espaço. Além disso, é um atrativo para os amigos e parentes. “Eu fiz, tirei fotos e coloquei nas redes sociais. Todos gostaram da ideia, mas alguns acharam que tinha sido montagem. Eles foram à minha casa só  para ter certeza”, contou.

A árvore só será desmontada no dia 6 de janeiro do ano que vem. Os católicos dizem que é nesta data que termina o tempo de Natal. No próximo ano, ela quer novamente inovar, mas esconde o que pretende fazer: “Vai ser surpresa”, brinca.

Jesana de JesusDo G1 TO

Policial aposentado é eletrocutado enquanto tentava pegar mangas

Ele encostou, por acidente, uma vara na rede de distribuição de energia.
Caso foi registrado em Gurupi, no sul do Tocantins.

Um policial aposentado morreu após receber uma descarga elétrica enquanto tentava pegar mangas. O caso foi registrado em Gurupi, no sul do Tocantins, na tarde desse domingo (11).

Alonso Mourão Silva, 58 anos, teria sido eletrocutado ao encostar, por acidente, uma vara na rede de distribuição de energia.

A vítima estava na reserva da Polícia Militar e era corretor de imóveis. O enterro está previsto para acontecer no fim da tarde dessa segunda-feira (12), em Gurupi.(fonte:g1/to)

Bombeiros cortam porta de carro para retirar vítima de acidente

Colisão entre carro de passeio e camionete aconteceu em Gurupi.
Avenida Piauí ficou interditada por causa da batida.

 Um acidente entre uma camionete e um carro de passeio deixou feridos na manhã desta segunda-feira (5) em Gurupi, sul do Tocantins. A batida foi registrada na avenida Piauí, esquina com a rua 2.A camionete bateu na lateral do carro e os Bombeiros precisaram cortar a porta do veículo atingido para retirar um passageiro. A vítima foi resgatada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O motorista do carro, que teve ferimentos na cabeça e no braço, disse que dirigia pela avenida Piauí quando foi atingido.

Já o condutor da camionete conta que seguia pela rua 2 quando foi surpreendido pelo carro de passeio.

Por causa da batida, a avenida Piauí que fica na região central de Gurupi foi interditada.(fonte:g1/to)

Carro pega fogo e mobiliza bombeiros no centro de Gurupi

Causas do incêndio ainda estão sendo investigadas.
Motorista conseguiu sair do veículo a tempo e não sofreu ferimentos.

Um carro pegou fogo no centro de Gurupi, sul do Tocantins, e mobilizou o Corpo de Bombeiros, na tarde deste domingo (20). O motorista, que não teve o nome divulgado, conseguiu sair a tempo e não se feriu. As causas estão sendo apuradas.

Segundo os Bombeiros, o combate foi feito de forma rápida de modo que as chamas atingiram apenas o motor do veículo.

De janeiro até outubro deste ano, o Corpo de Bombeiros registrou 130 incêndios em veículos em todo o estado. Eles orientam que para evitar estes incidentes, o ideal é que a manutenção seja feita pelo menos uma vez por ano ou conforme a orientação do fabricante.

Os Bombeiros orientam ainda que em casos de incêndio veicular, o motorista deve desocupar o veículo e chamar a corporação o mais rápido possível.(fonte:g1/to)