4º BPM prende dois homens em flagrante após roubo em estabelecimento comercial em Gurupi

(4º BPM – GURUPI) – Policiais militares do serviço operacional do 4º Batalhão de Polícia Militar na tarde desta terça-feira (12), prenderam em flagrante delito dois homens de 20 e 21 anos de idade, respectivamente, ambos acusados de roubo. Em poder da dupla a PM encontrou 01 revólver cal. 38 e 07 munições de mesmo calibre, R$ 197,00 reais em dinheiro, 04 pedras de substância semelhante à crack, 04 trouxas de substância semelhante à maconha, além de 07 aparelhos celulares.

armassA prisão dos autores foi realizada em uma residência nas proximidades do estabelecimento comercial onde os suspeitos haviam praticado o roubo. De acordo com testemunhas, a dupla chegou ao Empório Buritis, situado na região central desta cidade de Gurupi, em bicicletas, tendo um dos indivíduos se dirigido a uma vítima, portando a arma de fogo, e sob ameaça, exigiram a entrega de dinheiro e dos celulares.

A PM foi acionada via telefone “190” e imediatamente deu inicio as
diligencias no intuito de efetuar a captura dos autores da prática delituosa, sendo a mesma possível graças à denúncia anônima, cujo denunciante indicou o local onde a dupla havia se escondido após o crime. Ato contínuo, os militares fizeram um cerco com emprego do serviço operacional e da Força Tática, ocasião em que efetuaram a prisão dos suspeitos, apreensão da arma e a recuperação do dinheiro e objetos roubados.

Os autores receberam voz de prisão em flagrante e em seguida foram conduzidos juntamente com os produtos do crime e apresentados na Delegacia Central de Flagrantes para as devidas providências.

Fonte: ASCOM Assessoria de Comunicação

Duas mulheres foram presas pela DEIC por tráfico de drogas em Gurupi

No início da manhã desta terça-feira (12), policiais da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC) efetuaram a prisão de duas mulheres que estavam com maconha desembarcando na rodoviária de Gurupi.

De acordo com informações da Polícia Civil (PC), Raquel Nunes dos Reis e Iva Francisca Dias vinham de Goiânia (GO) e desembarcaram na rodoviária de Gurupi quando foram abordadas. Os policiais encontraram nas mochilas das suspeitas os cinco tabletes de maconha que pesaram cerca de seis quilos da droga, além de uma porção de crack.

Ainda de acordo com informações da Polícia Civil, a prisão foi feita após informação anônima recebida via telefone disque denúncia (197). Uma das presas relatou que receberia R$ 500 para transportar a droga até Gurupi.

Raquel e Iva foram conduzidas para a Central de Flagrantes, onde foram autuados por tráfico de drogas e estão presas a disposição do poder judiciário.

Fonte:atitude portal de noticias

Bandidos atiram em mulher em tentativa de latrocínio em Dueré

Por volta das 17h00 da tarde desta segunda-feira (12), uma mulher foi vítima de bandidos que roubaram seu carro e ainda atiraram contra ela em tentativa de latrocínio na TO-374 entre Gurupi e Dueré.

De acordo com informações da Polícia Militar, Jaslene Vieira de Oliveira, de 41 anos, seguia em sua Saveiro de cor preta sentido Dueré, quando no Km 20 da rodovia foi abordada por três homens encapuzados e fortemente armados que estavam em um veículo de cor vermelha. Os criminosos atiraram contra a vítima, atingida em um dos braços. Os bandidos segundo a vítima estavam com armas longas possivelmente cartucheiras.

Em seguida, os assaltantes levaram Jaslene para uma estrada vicinal a cerca de 500 metros da rodovia, onde abandonaram a vítima e se juntaram a outros três bandidos e fugiram na sequência. Jaslene buscou socorro, acionou a Polícia Militar e foi levada para um Hospital particular de Gurupi

Equipes da Polícia Militar e Civil estiveram fazendo buscas pela região e ainda na noite de segunda (11) os policiais militares localizaram a saveiro em uma estrada vicinal na zona rural de Dueré. As diligências continuam e hoje pela manhã foi encontrado pela PM um veículo modelo Gol, possivelmente utilizado na ação criminosa. O carro também estava abandonado em uma estrada vicinal.

As buscas da PM e PC continuam na região a procura dos assaltantes.

Fonte:ATITUDE PORTAL DE NOTICIAS

Em Formoso, durante ocorrência de violência doméstica 4º BPM apreende arma de fogo

arma gurupi
Arma de fogo apreendida pela PM

(4º BPM – GURUPI) – Policiais militares do serviço operacional da 3ª Companhia PM Destacada em Formoso do Araguaia, na noite deste domingo (03), efetuaram a apreensão de 01 revolver calibre 22, 05 munições intactas e 01 deflagrada  na residência de um homem de 35 anos, acusado da prática de violência doméstica contra a sua esposa.

De acordo com a vítima, seu esposo havia lhe arrastado no chão e espancado anteriormente, causando várias lesões na vítima e ameaçando mesma de morte,  momento em que a vítima acionou a PM.

No local, o suspeito foi detido pelos militares que, ao realizarem busca pessoal no mesmo, localizou em sua cintura a referida arma de fogo.

Os policiais militares efetuaram a apreensão da arma e a condução do suspeito, ambos apresentados na Delegacia Central de Flagrantes de Gurupi para as devidas

http://4bpmgurupi.blogspot.com.br/

Ações da Patrulha Escolar são reativadas em Gurupi

Fonte: Ascom 4º BPM

Em Gurupi – TO, 01 de abril de 2016

Referência: Reativação da Patrulha Escolar

 

(4º BPM – GURUPI) – O 4º Batalhão de Polícia Militar, através da 1ª Companhia, reativará na manhã desta segunda-feira (04) as ações da Patrulha Escolar. A reativação da patrulha escolar se dá após a otimização do efetivo com a retirada da guarda externa das Casas de Custódia de Gurupi. Este tipo de policiamento veio ao encontro da demanda dos diretores, professores, alunos e pais.

A implantação de uma frente específica para as escolas é essencial para atingir os objetivos propostos pelo projeto das Redes Comunitárias de Segurança. Este policiamento específico atuará como ferramenta de apoio que estará disponível e ficará responsável pelo suporte às coordenações disciplinares constituídas nas escolas, a partir das metodologias específicas.

O comprometimento na segurança dos alunos, professores, funcionários e instalações dos estabelecimentos é o escopo do projeto que tem como meta a redução e até mesmo a extinção dos diversos problemas encontrados nas unidades escolares.

O conceito de patrulhamento escolar vai além da simples ronda aos estabelecimentos de ensino nos horários de entrada e saída dos alunos, consistindo também em visitas periódicas a esses estabelecimentos, obedecendo a um cronograma próprio que visa estruturar a rotina de trabalho, de modo que cada escola seja alvo de atendimento, pelo menos uma vez por semana, sendo feito pelo militar contato com a direção da escola, visando transmitir uma sensação de segurança e proteção, estreitando assim os laços entre a Polícia Militar e a comunidade escolar.

Aderaldo Nunes Potencio – CAP QOA

Chefe da ASCOM

Assaltante cai do telhado e machuca a cabeça ao tentar fugir da polícia no TO

Suspeito está em observação no Hospital Regional de Gurupi, sul do estado. Segundo a PM eles teriam assaltado uma relojoaria.

armas gurupiUm assaltante caiu do telhado de uma casa e machucou a cabeça ao tentar fugir da polícia em Gurupi, na região sul do Tocantins. De acordo com a Polícia Militar, um jovem de 18 anos e um adolescente de 17 teriam roubado uma relojoaria no centro da cidade.

Conforme a PM, o dono do estabelecimento foi surpreendido por dois assaltantes enquanto estava só no local.

“Ele reagiu ao assalto mas não houve nada. Os suspeitos fugiram a pé porque se assustaram com a reação do proprietário. Eles levaram apenas um cordão e uma pulseira de ouro que ainda não foram localizados”, explicou a PM. O roubo ocorreu na segunda-feira (28).

Após o crime, moradores que estavam próximos à loja disseram que a dupla fugiu para uma casa abandonada, que fica nas redondezas do estabelecimento. Os jovens foram encontrados pelos militares em cima da laje do imóvel.

Segundo a PM, o menor se entregou e foi encaminhado para a Central de Flagrantes, junto com a arma de fogo que teria sido utilizada no assalto. Já o outro jovem ainda teria tentado fugir pulando os muros das casas, momento em que caiu de um dos telhados e se machucou.

O assaltante ferido foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), ainda no local da queda. Ele não teve a identidade revelada. Segundo a PM, o rapaz foi encaminhado para o Hospital Regional de Gurupi onde está em observação.

http://g1.globo.com/to/tocantins/index.html

Homem é morto por dois menores por causa de dívida de R$ 50 reais

deic
Os dois adolescentes confessaram a autoria do homicídio

Na tarde desta segunda-feira, 29, policiais civis da Delegacia Especializada em Investigações Criminais de Gurupi (Deic Sul) apreenderam, em flagrante, dois adolescente por praticarem ato infracional relativo a homicídio, ocorrido horas antes no setor Jardim Buritis. Eles são os principais suspeitos de assassinar Almir Soares de Souza, 37, vítima de dois disparos de arma de fogo.

Segundo o delegado Rafael Falcão, responsável pela operação, após levantamento de informações, os agentes encontraram o menor R.N.M.S, 16 anos, em uma residência no setor Jardim Burutis e seu comparsa W.M.A, também com 16 anos, nas imediações do bairro.

Ainda de acordo com o delegado, os menores confessaram a autoria do ato infracional e apontaram o local onde haviam escondido a arma de fogo, boné e camisa utilizados na ação. “Sobre a motivação do homicídio, um dos menores afirmou que o fato teria relação com uma dívida de R$ 50, proveniente da venda de um aparelho celular”, afirma Rafael, completando que a polícia civil não descarta a hipótese de que referida dívida teria relação com a aquisição de drogas.

Os adolescentes foram encaminhados à Central de Flagrantes de Gurupi, autuados e apreendidos em flagrante. Posteriormente, eles foram encaminhados ao Centro de Internação Provisória para Menores Infratores (CEIP Sul), onde deverão cumprir medida socioeducativa pelo ato infracional de Homicídio. (Fonte: Ascom SSP/TO)

Homem é morto a tiros no meio da rua no sul do Tocantins

Crime aconteceu em Gurupi; vítima foi atingida por dois disparos.
A polícia suspeita que se trate de um acerto de contas.

Um homem de 37 anos foi morto a tiros no meio da rua, em Gurupi, no sul do estado. O crime aconteceu na tarde desta segunda-feira (28). Almir Soares de Souza foi atingido por dois disparos, um nas costas e outro no pescoço.

A polícia suspeita que se trate de um acerto de contas, já que vítima teria envolvimento com o tráfico de drogas. O suspeito de cometer o crime teria fugido em uma motocicleta. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

http://g1.globo.com/to/tocantins

Gestantes são transferidas de cidade porque hospital não tem obstetra

Mulheres reclamam da falta de obstetras no Hospital Regional de Gurupi.
Enfermeira afirmou que já fez parto durante viagem de transferência.

Gestantes estão tendo problemas para conseguir atendimento médico em Gurupi, no sul do estado. O motivo é a falta de obstetras no Hospital Regional. Por causa disso, mulheres em trabalho de parto estão sendo transferidas para outras cidades.

Com nove meses de gestação, Dalene Antônio Leite foi pela quarta vez procurar um médico, mas não encontrou. “A única coisa que me falaram é que só tem enfermeira. Ela vai ouvir o coração dela [do bebê] para saber se está tudo bem. Médico obstetra não tem.”

Durante a gravação da reportagem uma ambulância estacionou na frente do hospital para transferir uma mulher. “Eles estavam só passando remédio para dor. Desde a madrugada estava sentindo muita dor e agora estou indo para Palmas”, contou Glécia Marrone.

A ambulância saiu em direção a capital levando a gestante, que esperou por mais de cinco horas para ser transferida, mas dez minutos depois ela teve que retornar porque entrou em trabalho de parto.

Uma enfermeira que ajudou a socorrer a gestante diz que essa correria por falta de médico é comum e já fez um parto durante uma viagem de transferência.

“Foi um parto feito na BR. Graças a Deus foi tranquilo. Deu tudo certo, mas e se acontecesse alguma coisa? A preocupação da gente é com os imprevistos que podem acontecer”, afirmou Justina Neta.

Resposta
Procurada, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) disse que já foi autorizada a contratação de mais profissionais médicos para atender a demanda no Hospital Regional de Gurupi (HGP).

Sobre gestante Glécia Marrone Aguiar da Silva, a Sesau disse que ela foi estabilizada no HRG e logo após transferida para o Hospital e Maternidade Tia Dedé, em Porto Nacional, onde passa bem e está evoluindo no trabalho de parto.

http://g1.globo.com/to/tocantins

Entre controvérsia e esperança

Uso de fosfoetanolamina sintética passa no Congresso, depende de sanção de Dilma e sofre rejeição da classe médica e científica

professora
Maria Rosângela Dias enfrenta desde novembro um câncer agressivo no ovário e diz que a fosfo ajudou no tratamento

Para alguns, um placebo. Para outros, uma esperança. O uso da fosfoetanolamina sintética, conhecida como a pílula do câncer, foi aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal neste mês mesmo sem o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o projeto de lei segue para a sanção da presidente Dilma Rousseff. O aval dos senadores na semana passada acirrou ainda mais o embate entre os órgãos de saúde, que contestam a suposta eficácia das cápsulas no combate a células cancerígenas, e os pacientes oncológicos que relatam evolução positiva no tratamento com a “fosfo”.

São pacientes como a professora Maria Rosângela Dias. Em novembro do ano passado ela descobriu um câncer agressivo no ovário, que chegou a atingir o intestino. Passou por duas cirurgias, ficou um tempo com bolsa de colostomia e precisou retirar o útero, ovário e apêndice. Já fez três quimioterapias e tem mais dois procedimentos pela frente, mas diz estar “praticamente curada”.

Maria Rosângela acredita que o uso de fosfoetanolamina contribuiu para a melhora do quadro. A professora mostra, animada, a comparação entre os exames de CA-125, principal indicador de presença de câncer no ovário. Em meados do tratamento, o índice da proteína CA-125 no sangue era de 2.218 U/ml. Em estado normal, o valor de referência pode ser no máximo 35 U/ml. As análises feitas mais recentemente mostram uma concentração de 23 U/ml. “Fui uma surpresa muito grande. Mas como eu ainda preciso fazer outras quimioterapias, gostaria de ter acesso ao medicamento porque para amenizar os efeitos do tratamento”, explica.

A professora conta que teve acesso às cápsulas na mesma época em que recebeu o diagnóstico de metástase (disseminação do câncer para outros órgãos). “Foi uma doação de uma família que recebeu os frascos após o paciente ter falecido. Para mim, foi um milagre de Deus”, diz.

Por conta da experiência, a professora de Gurupi (TO) que veio fazer o tratamento em Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia, está entre as pessoas que divulgam vídeos nas redes sociais defendendo a liberação do uso medicamentoso da substância. “Eles falam que não tem nada comprovado, mas para quem está na situação qualquer esperança é valiosa.”

Duas frentes

A liberação do uso medicamentoso da fosfoetanolamina sintética segue em duas frentes, mas em direções opostas. Enquanto na frente política tem conseguido consecutivas vitórias, como a aprovação de projeto de lei na Câmara e no Senado, os organismos oficiais de saúde fazem críticas cada vez mais contundentes.

Na semana passada, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) divulgou o resultado dos cinco primeiros testes, realizados no ambiente in vitro. A substância foi considerada ineficaz no tratamento contra o câncer. As análises também mostraram que o conteúdo das cápsulas não é puro, contendo outros cinco componentes.

A Anvisa e Organização Mundial de Saúde (OMS) também se posicionaram contrárias ao projeto de lei. A Anvisa informou que vai recomendar à Dilma que vete o projeto aprovado no Congresso. Até o momento a presidente não se pronunciou a respeito do tema. O Conselho Federal de Medicina (CFM) disse que o médico que receitar a pílula anticâncer poderá ser processado e punido.

Outros testes

No entanto, o especialista em imunologia Durvanei Augusto Maria, do Instituto Butantan, pesquisador da fosfoetanolamina sintética divulgou uma nota de esclarecimento, criticando os estudos conduzidos pelo ministério. “As concentrações que foram testadas neste relatório correspondem as concentrações em média 100 vezes menores que a faixa e concentração de atuação da fosfoetanolamina em linhagens tumorais. Sendo assim, o relatório apresentado não apresenta significado científico”, rebate.

Durvanei Maria testou a fosfo em animais e células humanas. Apesar de defender o potencial da substância como medicamento, já disse em entrevistas não recomendar o uso antes da finalização da fase testes sejam feitos. Em diversas ocasiões também disse não achar que pílula, caso vire remédio, deva substituir procedimentos convencionais como a quimioterapia.

http://www.opopular.com.br/?ref=logo