Mulher é presa quando tentava entregar 25 kg de maconha em hotel de Gurupi

Polícia Civil prende quatro traficantes de drogas no Sul do Estado

Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Os quatro foram conduzidos à Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Gurupi onde foram autuados pela prática de tráfico de drogas.

Policiais Civis da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), Núcleo Sul, de Gurupi comandados pelo Delegado Rafael Fortes Falcão, efetuaram, na tarde desta quinta-feira (13), a prisão de Talia Costa Brito, de 19 anos, Gabrielle Pereira de Lima, 20 anos, Tales Costa Brito, 19 anos e Cristiano Cassimiro Gonçalves, de 24 anos.

Eles são suspeitos pela prática do crime de tráfico interestadual de drogas e foram capturados, em flagrante, quando se encontravam no Setor Central, em Gurupi.

De acordo com o Delegado Rafael, o grupo estava sendo investigado em razão da prática do tráfico de drogas na cidade de Gurupi, sendo possível apurar que nesta quinta-feira, Gabriele e Cristiano retornavam da cidade de Goiânia – GO trazendo significativa quantidade de entorpecentes, os quais seriam entregues à Talia e Tales, residentes no setor central de Gurupi.

Desse modo, os policiais monitoraram o trajeto dos investigados até o momento da entrega da droga, quando os indivíduos foram abordados, após buscas pessoais foi encontrado em poder dos indigitados, cerca de 4,5kg (quatro quilogramas e meio) de maconha.

Ainda na casa de Talia e Tales, os agentes encontraram 27 porções de crack fracionadas e embaladas em plástico filme, além de duas porções maiores da mesma droga. No local também havia R$ 234,00 (duzentos e trinta e quatro reais) em cédulas trocadas, pequenas sacolas plásticas do tipo “zip lock”, rolo de plástico filme e aparelhos celulares.

Os quatro foram conduzidos à Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Gurupi onde foram autuados pela prática de tráfico de drogas. Ressalte-se que Cristiano já possui registros criminais pela prática de ameaça, furto, roubo, porte ilegal de arma de fogo de calibre restrito e tráfico de drogas.

Após a realização das providências legais cabíveis, Tales e Cristiano foram encaminhados à Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. Gabrielle e Talia serão recolhidas a uma das Unidades Prisionais Femininas do Estado, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário.

Ascom: Secretaria de Segurança Pública

No sul do Tocantins: Suspeito de assalto morre e outro é baleado após invadirem casa de sargento da PM

Família de sargento foi rendida por três assaltantes, em Gurupi. Segundo a PM, após uma troca de tiros, dois deles foram baleados; o policial foi atingido na mão, mas passa bem.

Um suspeito de assalto morreu e outro ficou ferido após invadirem a casa de um sargento da Polícia Militar, na noite deste domingo (2), em Gurupi. A ação aconteceu por volta das 20h, quando o sargento, a mulher e os dois filhos chegavam em casa.

A família estava na garagem da residência, quando foi surpreendida por um grupo de três assaltantes. Um deles teria rendido a mulher, que também é policial, e os dois filhos. Os outros homens abordaram o sargento. O policial teria aproveitado um descuido do grupo e trocou tiros com os suspeitos.

Segundo a PM, um deles morreu no local. Ele é Gabriel Alves Amaral, de 21 anos. O corpo está no IML da cidade. O outro, um adolescente de 17 anos, foi baleado com dois tiros e foi levado para o Hospital Regional de Gurupi, onde segue internado. O terceiro suspeito conseguiu fugir.

Segundo os Bombeiros, o policial foi baleado de raspão na mão. Ele recebeu atendimento no local, mas não chegou a ser levado para o hospital.

Três pessoas morrem e uma fica ferida após serem atingidas por tiros na mesma noite em Gurupi

Segundo a polícia, os crimes aconteceram em regiões diferentes. Uma das vítimas é a travesti Daniela Cicarelli, de 24 anos.

Três pessoas morreram e uma ficou ferida após serem atingidas por tiros em Gurupi na noite desta terça-feira (17). Segundo a Polícia Civil, os crimes aconteceram em regiões diferentes. A suspeita é que homens em uma motocicleta tenham efetuado os disparos.

As vítimas são: Manoel Pereira da Silva, de 51 anos, Rogaciano da Rocha Santos, de 34 anos e a travesti Daniela Cicarelli, de 24 anos. O nome da pessoa que ficou ferida não foi informado. Ela está no Hospital Regional de Gurupi.

A travesti foi assassinada por volta das 22h30, na rua Santana, no setor União II. O local, segundo os moradores, é usado como ponto de prostituição.

A Polícia Civil informou que ela estava sozinha no local, quando foi surpreendida. O corpo ainda está no IML, aguardando exames e a liberação. Segundo a polícia, o ponto também era frequentado pela travesti conhecida como Natália, assassinada a tiros em outubro do ano passado.

Na época, um vídeo registrado pelas câmeras de segurança de uma empresa foi divulgado e mostra Josildo Costa dos Santos, de 27 anos, correndo. Ele cai momentos depois, após ser atingido por quatro disparos.

Os outros crimes registrados em Gurupi nesta terça-feira não foram detalhados.

Produtores trocam hortaliças por mandioca para melhorar o lucro no sul do Tocantins

Além da vantagem no preço do quilo, a plantação de mandioca também é menos trabalhosa, segundo os agricultores. Especialista diz que a planta se adapta bem ao clima local.

Produtores do sul do Tocantins estão trocando as grandes hortas por lavouras de mandioca para tentar melhorar os lucros. Segundo eles, além das vantagens com o preço do quilo mais estável, a plantação da raiz demanda menos cuidados.

“A hortaliça, além de dar muito trabalho, o preço é bem menos. O cliente chega pedindo o cheiro verde por R$ 0,50 ou por R$ 0,40. A mandioca o cliente já sabe que o quilo é R$ 5”, explica o produtor José Gomes Pereira.

O agrônomo Evadir Fornari explica que a escolha é boa porque a planta se adapta bem ao clima local. “Comporta-se desde o Rio Grande de Sul até o Norte, Nordeste do país. Inclusive, a Bahia e o Pará são os maiores produtores e o Tocantins vem aí como terceiro ou quarto produtor da mandioca”, diz ele.

No Brasil a mandioca também é conhecida como aipim e macaxeira. A variedade que o seu José planta é chamada de mandioca manteiga e a mulher do agricultor, Luzia Gomes Pereira, explica porquê.

“Ela é muito boa, ela não precisa nem colocar na pressão. Só esquentou a água e ela já está cozidinha, molinha”.

Para acelerar os resultados, o produtor investiu em um sistema de irrigação que é ligado por meia hora todos os dias. Ao invés de esperar por 12 meses, a colheita é feita seis meses após o plantio.

G1 Tocantins.

Comissão técnica do Gurupi sofre acidente na BR-153

Carro em que estavam quatro pessoas atropelou uma capivara e saiu da pista. O acidente foi registrado em Cariri do Tocantins, no sul do estado.

Comissão técnica do Gurupi Esporte Clube sofreu um acidente na noite desta sexta-feira (22), por volta das 19h10. O caso aconteceu no km 700 da BR-153, em Cariri do Tocantins, no sul do estado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o carro em que estavam quatro pessoas atropelou uma capivara e saiu da pista. O grupo seguia para Goiânia (GO).

Segundo a PRF, o carro seguia pela via e após uma longa curva, em local de pouca iluminação, o motorista, o preparador físico Luesley Barbosa, foi surpreendido pela capivara, que atravessava a rodovia.

O preparador não conseguiu desviar e atropelou o animal. Ele perdeu o controle da direção e o carro saiu da pista. No veículo também estavam o técnico Wladimir Araújo, o preparador de goleiros Carlos Roberto e a esposa dele Divina Marta.

Segundo o presidente do Gurupi, Wilson Castilho, Divina teve ferimentos leves e foi socorrida pelo Samu. Acompanhada pelo marido, ela foi levada para Gurupi.

A PRF informou que prestou auxílio ao motorista e ao passageiro ileso, levando-os também para Gurupi.

Ainda segundo Castilho, na manhã deste sábado, por volta 8h, o grupo seguiu para Goiânia, de ônibus.

 

Ônibus escolar tomba após problema mecânico e professor fica ferido no Tocantins

Caso foi na rodovia TO-365, na zona rural de Gurupi. Prefeitura informou que 19 alunos estavam no veículo, mas que não tiveram ferimentos no acidente.

Um professor da rede municipal de educação de Gurupi ficou ferido após um acidente com um ônibus escolar na tarde desta terça-feira (27).

O acidente foi na rodovia TO-365, na zona rural da cidade. A prefeitura informou que 19 alunos estavam no veículo no momento do acidente, mas não tiveram ferimentos.

Testemunhas disseram que o ônibus teve problemas mecânicos antes de tombar, mas a prefeitura afirma que a manutenção estava em dia.

As causas serão apuradas por uma perícia. O professor que ficou ferido teve escoriações e não precisou ficar internado.

Outro ônibus foi chamado para transportar os passageiros até a escola. A maioria dos alunos mora no povoado do Trevo da Praia.

G1 Tocantins

Mulher morre após ser atropelada por carreta na BR-153, sul do Tocantins

Segundo a PRF, a carreta teria atingido a mulher quando ela tentava atravessar a rodovia. Ela estava sem documentos e morreu ainda no local.

Uma mulher, ainda não identificada, foi atropelada por uma carreta na manhã desta sexta-feira (23), na BR-153, em Gurupi.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a carreta teria atingido a mulher quando ela tentava atravessar a rodovia.

Após o impacto, o veículo chegou a sair da pista e bater num poste. A carreta parou a 50 metros de distância do local do atropelamento.

Segundo a Polícia, o motorista disse que estava fazendo uma ultrapassagem quando a mulher entrou na frente e não conseguiu desviar.

O acidente revoltou a população que já cobrava por uma passarela no mesmo local onde houve o acidente. A velocidade permitida neste trecho é de 40 km/h. A vítima, que estava sem documentos, morreu na hora.

G1 Tocantins

Jovem colombiano é assassinado a tiros em bar no sul do Tocantins

Testemunhas disseram que o rapaz seria agiota e estaria entregando dinheiro a um cliente, mas a versão ainda é investigada pela polícia. Jhowin Holguin Rodrigues, de 20 anos, morreu no local.

O jovem Jhowin Holguin Rodrigues, de 20 anos, foi assassinado a tiros em um bar no setor Vila Nova, em Gurupi.

O rapaz é da Colômbia e começou a frequentar o local há cerca de um mês, de acordo com o proprietário. O crime foi no final da tarde desta quarta-feira (21).

De acordo com a Polícia Militar, o rapaz chegou ao bar em uma motocicleta e pediu um refrigerante enquanto esperava outra pessoa.

Não há informações sobre como o atirador chegou ao local ou se ele chegou a conversar com a vítima. Os tiros atingiram a barriga e as costas de Rodrigues. Ele morreu no local.

Testemunhas disseram à Polícia Militar que o rapaz estaria entregando dinheiro para um cliente no local e que agia como agiota na cidade.

A história ainda não foi confirmada, mas o caso será investigado pela Polícia Civil. Ainda não há suspeitos para o crime.

G1 Tocantins

Técnica em radiologia é morta com cinco tiros na porta de casa no sul do Tocantins

Vítima chegou a ser socorrida pelo Samu e foi levada ao hospital, mas não resistiu. Crime aconteceu no residencial João Lisboa da Cruz.

A técnica em radiologia, Cirlene Pereira, de 29 anos, foi morta com pelo menos cinco tiros na porta de casa, no residencial João Lisboa da Cruz em Gurupi, sul do Tocantins. O crime aconteceu na noite deste domingo (4), por volta das 22h40.