Destaque

Carlesse reafirma cumprimento de decisão judicial e lamenta ação de Vicentinho que prejudica Estado e Municípios

O governador interino Mauro Carlesse reafirmou na tarde desta quinta-feira, 14, que tem cumprido a decisão judicial que proíbe o Governo do Estado de realizar pagamentos de convênios, inclusive de emendas parlamentares.

O Governador lamentou que o candidato Vicentinho Alves (PR) prossiga realizando denúncias apenas para tumultuar o processo eleitoral, por já saber da derrota que acontecerá no próximo dia 24. 

“Desde que a Justiça fez a proibição nós estamos cumprindo. Só fico triste é que por causa de uma eleição a população fica prejudicada. São muitos municípios que estão sem receber recursos. Mas a decisão da Justiça estamos cumprindo”, disse o Governador. 

Carlesse também lamentou que seu adversário esteja pensando somente em seu projeto de poder e não se preocupa com as dificuldades que a população tem passado, em virtude da ação na Justiça visando paralisar o Governo. “O povo sabe que toda eleição eles fazem a mesma coisa. É o denuncismo, o desespero com medo de perder a eleição e de ficar de fora do poder. O problema que é o povo fica prejudicado”, declarou. 

Carlesse também se solidarizou com os tocantinenses que aguardavam o repasse de recursos do Governo para a temporada de praias. Carlesse informou que devido a proibição pela Justiça, pedida por Vicentinho, não é possível o Governo fazer esse investimento, o que irá impactar diretamente na economia dos municípios e na geração de empregos e renda nas cidades do interior do Estado. 

“É uma pena que a eleição possa atrapalhar a vida dessas pessoas. Porque é a eleição que está fora de época e não a temporada de praia. São muitos os municípios que precisam do apoio do Governo para fazer os investimentos que vão aquecer a economia e gerar emprego e renda para os tocantinenses. Infelizmente, a politicagem está impedindo que isso aconteça”, finalizou.

Coligação Governo de Atitude

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.