O Tocantins terá duas eleições diretas em 2018.

A primeira é imediatamente, até lá o presidente da AL, Mauro Carlesse (PHS), assume o comando do Estado, porque o TSE cassou na manhã desta quinta-feira, 22, o mandato do governador Marcelo Miranda (MDB) e da vice-governadora Cláudia Lelis (PV), devido o episódio de Piracanjuba (GO), nas eleições de 2014.

O TSE deu provimento ao recurso do Ministério Público Federal (MPF) e da coligação do ex-governador Sandoval Cardoso (SD).

Foram aprendidos em Piracanjuba em setembro de 2014 R$ 500 mil e cerca de 3,5 quilos de material gráfico de campanha.

A decisão tem aplicação imediata. Ou seja, Marcelo e Cláudia perdem os cargos imediatamente, independente dos embargos.

Em outubro o Estado terá uma segunda eleição.

Quem for eleito na primeira eleição fica no governo até dezembro. Em janeiro assume quem for eleito em outubro.

Noticia1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here