Segundo o jornalista Ascânio Seleme, primeiras demissões de cargos de confiança do novo governo já começaram.

Uma operação “pente-fino”, nas palavras de gente próxima do presidente Jair Bolsonaro, para identificar quadros do PT dentro da máquina administrativa começou nesta quarta-feira (2).

Segundo o jornalista Ascânio Seleme, do “Globo”, todos os funcionários colocados em cargos comissionados estão tendo suas contas em redes sociais checadas. Caso tenha postado alguma coisa como “Ele não”, “Fora, Temer”, “Foi golpe”, e/ou “Marielle vive”, a pessoa será sumariamente demitida.

De acordo com a publicação no blog “Politicando”, as primeiras demissões de cargos de confiança do novo governo Bolsonaro já começaram, e funcionários que remotamente pareçam de esquerda estão sendo vetados.

A jornalista Andréia Sadi publicou no G1 que a administradora Desiré Queiroz poderá ser vetada para o cargo de secretária nacional da juventude pela ministra Damares Alves por ter defendido em rede social a vereadora assassinada Marielle Franco.

Noticia ao minuto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here