Rozineide Gonçalves

SÃO SALVADOR: 25 ANOS

received_952097978219454Prefeitura e comunidade comemoraram em grande estilo

 A Prefeitura da cidade de São Salvador do Tocantins realizou em fevereiro um grande evento para comemorar os 25 anos do município. A programação foi bem extensa e muito agradável. Entre as atrações, shows, eventos esportivos, concurso de música para jovens talentos da região, além de outras atividades.

A população recebeu consultas e orientações sobre saúde com a equipe de profissionais que esteve à disposição durante todo o evento no Pronto Atendimento. A secretaria de Saúde atendeu à população com aferição de pressão arterial, teste de glicemia e outros.

received_952075751555010O Festival de música foi um sucesso à parte com premiações especiais. O objetivo principal foi atingido: criar espaço para artistas regionais mostrarem seus talentos. No sábado (20) pela manhã foi inaugurado o pórtico de entrada da cidade, que ficou lindo aos olhos de quem por ali passa.

A prefeitura montou uma grande estrutura com atividades para crianças e adultos e o palco ficou pequeno para tantos sucessos em um só local. O ponto alto da comemoração, como já era esperado, foi à apresentação da dupla de sertanejo universitário que é sucesso em todo o país: Edy Brito e Samuel. Eles cantaram e mostraram muita carisma.

A surpresa aconteceu quando a dupla chamou ao palco Henrique e Juliano, filhos de Palmeirópolis; e Edson, daHENRIQUE E JULIANO dupla Edson e Udson. Juntos eles proporcionaram gritaria e emoção entre os fãs de todas as idades, fazendo o chão tremer e o público dançar e pular. O evento reuniu cerca de 10 mil pessoas, com o show principal começando por volta de meia noite, com direito à contagem regressiva. Como nos anos anteriores, a festa aconteceu no centro da cidade.

received_952097881552797 (1)Foi providenciada uma estrutura completa para o grande evento, incluindo praça de alimentação e palco com efeitos especiais. Também foi dada atenção especial para a segurança pública em parceria com Polícia Militar, Civil e CIPAMA, que fizeram um brilhante trabalho. O balanço da prefeitura foi altamente positivo.

Para fechar com chave-de-ouro aconteceu o final do circuito de vaquejada no domingo, com os vaqueiros locais e das cidades vizinhas e a noite um eletrizante show mecânico. Diante da crise que passa todo o país e pela necessidade de received_952078611554724tentar fazer o melhor com poucos recursos, a prefeitura de São Salvador, com muita criatividade, não mediu esforços para levar à população esta grande festa que já virou tradição. “Tudo foi preparado com carinho e profissionalismo, com a certeza de que tanto as atrações locais como o show maior agradaram a todos. Foi economizando um pouquinho daqui e dali que conseguimos realizar a festa”, disse o prefeito Charles Evilácio.

A programação alusiva ao aniversário da cidade atendeu a todos os públicos, com competições esportivas, vaquejada, cavalgada e grandes shows. 
O prefeito Charlereceived_952075664888352s agradeceu a presença de todos e disse estar feliz por proporcionar momentos de muita alegria aos cidadãos e visitantes. “Estamos trabalhando com muita dedicação e vontade para atender e suprir as necessidades da comunidade, e vamos continuar trabalhando received_952075704888348para o progresso e o desenvolvimento de nossa querida cidade. Parabéns, minha querida São Salvador”,concluiu.

Marcaram presenças diversas autoridades, dentre elas o prefeito de Palmeirópolis, Fabio Vaz, do Jaú Onassys Moreira, o deputado Ricardo Aires e vereadores locais. A festa de aniversário de São Salvador teve ainda um grande bolo com 25 metros e o tradicional ‘Parabéns a Você’, cantado com muita alegria por todos.

Em carta aberta, Lula diz que respeita o STF e que espera justiça

Ele criticou o vazamento de grampos de conversas telefônicas.
Nesta quinta, ex-presidente tomou posse como ministro de Dilma.

dilmaDo G1 São Paulo

A presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante posse de Lula no cargo de ministro-chefe da Casa Civil em Brasília (Foto: Adriano Machado/Reuters)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) divulgou uma “carta aberta” nesta quinta-feira (17) em que diz confiar no Supremo Tribunal Federal (STF) e esperar justiça. Diz também que, “sob o manto de processos conhecidos primeiro pela imprensa e só depois pelos diretamente e legalmente interessados, foram praticado atos injustificáveis de violência contra minha pessoa e de minha família”.

No documento, que foi enviado pela assessoria de imprensa do Instituto Lula, ele diz lamentar “os tristes e vergonhosos episódios das últimas semanas”, mas acrescenta que tais atos “não me farão descrer da instituição do Poder Judiciário”. “Nem me farão perder a esperança no discernimento, no equilíbrio e no senso de proporção de ministros e ministras da Suprema Corte”, disse o petista. “Justiça, simplesmente justiça, é o que espero, para mim e para todos, na vigência plena do estado de direito democrático”, acrescentou. 

Lula criticou o vazamento de grampos de conversas que teve com parentes e políticos, como a presidente Dilma Rousseff. “Não me conformo que se palavras ditas em particular sejam tratadas como ofensa pública, antes de se proceder a um exame imparcial, isento e corajoso do levantamento ilegal do sigilo das informações.”, afirmou (leia a íntegra da carta no fim desta reportagem).

Nesta quinta, o o ex-presidente tomou posse como ministro-chefe da Casa Civil. Duas liminares, porém, o impediram de exercer as funções do cargo (até a publicação desta reportagem, uma delas havia sido derrubada; leia mais).

Lula acrescentou que “dos membros do Poder Judiciário espero, como todos os brasileiros, isenção e firmeza para distribuir a Justiça e garantir o cumprimento da lei e o respeito inarredável ao estado de direito”. “Creio também nos critérios da impessoalidade, imparcialidade e equilíbrio que norteiam os magistrados incumbidos desta nobre missão.”

O juiz Sérgio Moro retirou na quarta-feira (16) o sigilo de interceptações telefônicas do ex-presidenteLuiz Inácio Lula da Silva e acabou revelando conversas gravadas pela Polícia Federal com a presidente Dilma Rousseff, que o nomeou como ministro chefe da Casa Civil.

Leia a íntegra da carta de Lula:

  •  

“Carta aberta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva 

Creio nas instituições democráticas, na relação independente e harmônica entre os Poderes da República, conforme estabelecido na Constituição Federal.

Dos membros do Poder Judiciário espero, como todos os brasileiros, isenção e firmeza para distribuir a Justiça e garantir o cumprimento da lei e o respeito inarredável ao estado de direito.

Creio também nos critérios da impessoalidade, imparcialidade e equilíbrio que norteiam os magistrados incumbidos desta nobre missão.

Por acreditar nas instituições e nas pessoas que as encarnam, recorri ao Supremo Tribunal Federal sempre que necessário, especialmente nestas últimas semanas, para garantir direitos e prerrogativas que não me  alcançam exclusivamente, mas a cada cidadão e a toda a sociedade.

Nos oito anos em que exerci a presidência da República, por decisão soberana do povo – fonte primeira e insubstituível do exercício do poder nas democracias – tive oportunidade de demonstrar apreço e respeito pelo Judiciário.

Não o fiz apenas por palavras, mas mantendo uma relação cotidiana de respeito, diálogo e cooperação; na prática, que é o critério mais justo da verdade.

Em meu governo, quando o Supremo Tribunal Federal considerou-se afrontado pela suspeita de que seu então presidente teria sido vítima de escuta telefônica, não me perdi em considerações sobre a origem ou a veracidade das evidências apresentadas.

Naquela ocasião, apresentei de pleno a resposta que me pareceu adequada para preservar a dignidade da Suprema Corte, e para que as suspeitas fossem livremente investigadas e se chegasse, assim, à verdade dos fatos.

Agi daquela forma não apenas porque teriam sido expostas a intimidade e as opiniões dos interlocutores.

Agi por respeito à instituição do Judiciário e porque me pareceu também a atitude adequada diante das responsabilidades que me haviam sido confiadas pelo povo brasileiro.

Nas últimas semanas, como todos sabem, é a minha intimidade, de minha esposa e meus filhos, dos meus companheiros de trabalho que tem sido violentada por meio de vazamentos ilegais de informações que deveriam estar sob a guarda da Justiça.

Sob o manto de processos conhecidos primeiro pela imprensa e só depois pelos diretamente e legalmente interessados, foram praticado atos injustificáveis de violência contra minha pessoa e de minha família.

Nesta situação extrema, em que me foram subtraídos direitos fundamentais por agentes do estado, externei minha inconformidade em conversas pessoais, que jamais teriam ultrapassado os limites da confidencialidade, se não fossem expostas publicamente por uma decisão judicial que ofende a lei e o direito.

Não espero que ministros e ministras da Suprema Corte compartilhem minhas posições pessoais e políticas.

Mas não me conformo que, neste episódio, palavras extraídas ilegalmente de conversas pessoais, protegidas pelo Artigo 5o. da Constituição, tornem-se objeto de juízos derrogatórios sobre meu caráter.

Não me conformo que se palavras ditas em particular sejam tratadas como ofensa pública, antes de se proceder a um exame imparcial, isento e corajoso do levantamento ilegal do sigilo das informações.

Não me conformo que o juízo personalíssimo de valor se sobreponha ao direito.

Não tive acesso a grandes estudos formais, como sabem os brasileiros. Não sou doutor, letrado, jurisconsulto. Mas sei, como todo ser humano, distinguir o certo do errado; o justo do injusto.

Os tristes e vergonhosos episódios das últimas semanas não me farão descrer da instituição do Poder Judiciário. Nem me farão perder a esperança no discernimento, no equilíbrio e no senso de proporção de ministros e ministras da Suprema Corte.

Justiça, simplesmente justiça, é o que espero, para mim e para todos, na vigência plena do estado de direito democrático.

Luiz Inácio Lula da Silva”

De volta!

Imagens e Gravação do Jamaica 468
Rozineide Gonçalves /Diretora Executiva

O ano de 2016 começou, enfim. Depois de tanto falar em crise (e “crise” foi à palavra mais usada nestes últimos tempos) cheguei a pensar que muitos usaram este termo sem ao menos saber do que se tratava; ou o utilizaram na esperança de ter um país mais próspero e livre.

Em meio à desesperança geral ajustei minha caneta e liguei o computador, determinada aficar longe da tal crise. Curiosa, perguntei a mim o que teria acontecido? O que me levara parar de escrever? Afinal, tinha (e tenho) obrigação de continuar informando, e a garra para continuar publicando minhas idéias e notícias sempre foi meu forte, mesmo nos piores momentos de minha vida.

Noto que a maioria das pessoas curte e aprova meu trabalho. Têm aqueles que criticam, mas tudo serve para o crescimento. Então foquei na frase: “quem põe a mão no arado não pode voltar atrás”. E confesso que minha vida estava vaga sem estar informando, produzindo e escrevendo.

Há centenas de milhares de pessoas como eu e vocês no Brasil e pelo mundo preocupadas com a involução da política e da economia e profundamente decepcionadas com o desempenho dos governos de maneira em geral. Mas, será que tudo é culpa dos governos?

Uma coisa eu tenho certeza: para mudar o jogo da crise é preciso ir à luta, levantar da cadeira e parar de culpar as pessoas pelo próprio fracasso. Temos que mostrar força e garra diante da crise que assusta os que acreditam nela. Tentemos enxergar á vida como um eterno ajuste, e fazer renascer a política como espaço de disputas por modelos alternativos de desenvolvimento. Há saídas para a crise, acredite.

Falando em mudanças e crises, quero destacar que o jornal online Mapa da Noticia já está no ar com novo design. O destaque vai para o conteúdo audiovisual moderno, feito para ser lido até pelo celular e com maior conectividade com as redes sociais. E estas são apenas algumas novidades da versão do MN online. O site mudou com o objetivo de melhorar a experiência digital do usuário, possibilitando o acesso à informação de maneira mais rápida e fácil.

As mudanças na página estão no ar desde a última quarta-feira. A ideia é torná-la mais clean (limpa), acompanhando a tendência de retirar tudo o que é acessório para favorecer as notícias e as imagens,

O novo visual segue uma linha editorial completa e com responsabilidade. Cada detalhe foi planejado para dar mais visibilidade à notícia, tais como: fonte maior e o design mais marcante. O projeto foi executado em um mês por uma equipe de Tecnologia da Informação.

Padronizamos o visual e fortalecemos a marca para que o internauta possa nos identificar de imediato. Mudamos as fontes e demos espaço nas margens com o objetivo de tornar a leitura mais confortável. Agora o site disponibiliza espaço maior para galeria de fotos e vídeos. Tudo ganhou destaque. As fotos, vídeos e imagem fazem muito sucesso na web, por isso buscamos valorizá-las.

Também temos os blogs, que são conteúdos diferentes. As plataformas virtuais tratam de assuntos variados e atraem públicos específicos. Para oferecer novas funcionalidades, a equipe de MN fez várias pesquisas sobre o comportamento dos internautas e análise de bancos de dados no sistema.

O mapadanoticia.com agrega o melhor da redação do Jornal na internet. Demos ênfase às redes sociais, ao conteúdo visual, às notícias e à participação do internauta por meio dos comentários em tempo real, tudo isso para melhorar o serviço. Quem acompanha o portal e as mídias sociais do Jornal pode esperar por mais novidades. Mapa da Noticia está cada dia mais digital. E este é apenas o primeiro passo; mais mudanças virão.
Rozineide Gonçalves/Diretora executiva

Micro e pequenas empresas têm pior desempenho em faturamento desde 1998

PNGPOR: RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLES

 

Quando analisado por setores, o faturamento dos pequenos negócios ligados a serviços amargou a maior perda, com uma queda de 25,5% na receita em janeiro

O desempenho das micro e pequenas empresas paulistas segue em declínio, tendência que vem se delineando há 13 meses. Em janeiro de 2016, o faturamento das MPEs caiu 20,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, conforme aponta a pesquisa Indicadores Sebrae-SP, e a receita de R$ 40,4 bilhões é o pior resultado para o mês desde que o levantamento começou a ser realizado, em 1998.

MAIS SOBRE O ASSUNTO

“Os pequenos negócios e microempreendedores individuais estão agonizantes. Mais de um ano no vermelho. Além de perder quase R$ 11 bilhões de receita em janeiro, já não conseguem mais segurar o nível de emprego e de renda dos trabalhadores”, afirma o presidente do Sebrae-SP, Paulo Skaf. “A situação atingiu tal estado de deterioração que, neste momento, a perspectiva de retomada de crescimento está cada vez mais distante. É preciso rapidamente mudar as circunstâncias que vem afetando seriamente o cenário macroeconômico”, completa.

Quando é analisado por setores, o faturamento dos pequenos negócios ligados a serviços amargou a maior perda, com uma queda de 25,5% na receita em janeiro, maior da série histórica da pesquisa, seguido pela indústria, que faturou 20,7% a menos no período. O comércio registrou retração de 05,5%.

Os Microempreendedores Individuais (MEIs) paulistas também foram afetados pela queda no consumo, apontada pelo Sebrae como a principal causadora da queda no faturamento. Na comparação com janeiro de 2015, o faturamento dos MEIs caiu 27,8%.

Pessimismo
Em fevereiro, apenas 25% dos empresários à frente de micro e pequenos negócios espera uma melhora no desempenho. Apesar de baixo, o índice é maior que os 24% detectados no mesmo período do ano passado. Os microeempreendedores individuais se mostram mais otimistas e 49% esperam aumentar o faturamento. Em fevereiro de 2015 eram 53%.

 

 

Ah Brasil!!!

WASTITONSão 2 horas da madrugada e ainda não dormi.

Já que estou sem sono, decido que é necessário um cappuccino para deixar a madrugada mais quente e doce.

Saio de casa, pego um metrô e desço na primeira estação.

O bom de morar em uma megalópole é que a cidade não dorme e sempre há um restaurante, ou café à sua espera.

Meio absorto, entro no Café Expresso e peço ao garçom um cappuccino médio, que me traz o pedido com a agilidade e eficiência de poucos.

Com o propósito de estender o delicioso sabor dessa bebida na boca, fico brigando com a minha vontade absurda de virar o copo de uma vez.

Morar aqui é muito bom, mas confesso que ainda estou me habituando aos costumes do lugar.

Ô gente que gosta de comida crua!, mas até que tem um bom sabor.

Bem… ultimamente tenho me lembrado por bastantes vezes do Brasil.

Bate uma saudade!

Tomando o cappuccino, me vem à memória um episódio de quando eu ainda estava na terra de Gonçalves Dias.

Cena bizarra, diga-se de passagem!

Era uma manhã linda, dia tranquilo e eu estava tomando café, sentado na varanda da chácara, onde foi palco dos meus melhores verões…

De repente, a 500 metros de casa, as pessoas começaram o alarde… Parecia que algo de muito grave havia acontecido e eu ali observando de longe; a curiosidade demasiada não é meu forte.

Porém, a cada gole do café, mais gente se aglomerava…

Aquilo foi mexendo comigo, aguçando as expectativas do que poderia ser.

Não resisti!

Tinha que ver o que era, dar fim àquilo que servia de ânimo para os gritos e pulos do povo.

Coloquei a xícara sobre a mesa e fui, precisava descobrir o que causava tamanho tumulto.

Quando me aproximei do local e abri espaço entre as pessoas, o inesperado surgiu no meu campo de visão; contando ninguém acredita; aquela cena não sairá da minha cabeça e o pior é que ela fazia jus ao alvoroço:

Dois tatus brigando como se fosse a coisa mais normal!

É por isso e muito mais que sinto muitas saudades do Brasil, enquanto permaneço aqui no Japão…

– Garçom, a conta, por favor!

Washington Batista Cristã de Sousa

Reaberta hidrovia Tietê-Paraná Governador Marconi inicia operações no modal hidroviário após dois anos de intensas negociações

marcone
Governador Marconi Perillo discursa para falar da importância da hidrovia para economia do Estado

Após dois anos, diversas reuniões e gestões junto ao Ministério de Minas e Energia e outros órgãos do Governo Federal, o governador  Marconi Perillo pôde enfim comemorar na sexta-feira (11) a reabertura da hidrovia Paranaíba-Tietê-Paraná, no canal da cidade de São Simão, no extremo Sudoeste do Estado.
Por volta das 10h30 de sexta-feira (11), na companhia do prefeito Márcio Vasconcelos (PMDB), de representantes das empresas que operam a hidrovia em São Simão, do secretário Vilmar Rocha (Secima), prefeitos e demais lideranças da região e de outros estados, o governador acionou a botoeira que deu início ao carregamento das chatas que formam o comboio de barcaças de soja que deixará o porto goiano com destino a cidade de Pederneiras (SP), onde se localiza o terminal intermodal que promove a transferência da mercadoria para trens cargueiros que seguem em direção ao Porto de Santos (SP).
O empenho do governador para a retomada da navegação foi comemorado por todas as autoridades que discursaram na solenidade realizada nas dependências da Caramuru Alimentos, para uma plateia superior a 200 pessoas. O prefeito de São Simão agradeceu Marconi “pelo empenho que sempre teve” e por ter “comprado briga em 2001 quando a hidrovia corria o risco de ser desativada”.
Márcio Vasconcelos testemunhou que nestes dois anos em que a hidrovia permaneceu fechada, “centenas de famílias perderam os seus empregos enquanto a economia do município definhava”. Na estimativa do prefeito, o prejuízo neste período pode ter chegado a R$ 1 bilhão.
Raimundo Holanda, presidente da Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária, disse que o governador Marconi Perillo quebra o paradigma de que político só trabalha por voto. “Digo isso porque navegação não dá voto”, salientou para completar que o trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado “nos dá esperanças de um Brasil melhor, feito por pessoas que trabalham com seriedade e dedicação”.
Disse também que a hidrovia São Simão/Pederneiras movimenta R$ 10 bilhões por ano em produtos de Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo. “São seis milhões de toneladas transportadas por ano, operações que demandam o trabalho de poucas dezenas de marinheiros”.
Segundo Raimundo Holanda, a mesma quantidade de grãos exigiria o trabalho de 200 mil caminhões caso o transporte fosse realizado por rodovias. Outro dado relevante é que, transportando uma tonelada de carga, a distância percorrida com um litro de combustível é de 220 quilômetros pela hidrovia, 85 quilômetros por ferrovia e 25 quilômetros pelo modal rodoviário.
Cada comboio fluvial, formado por quatro chatas e um empurrador, transporta seis mil toneladas de carga por viagem. O transporte entre São Simão e Pederneiras (SP) é feito em quatro dias. Some-se a isso a economia superior a 30% no preço do frete praticado no Brasil, fator que representa diminuição de custo e consequente aumento de renda para os produtores.
Diretor da Louis Dreyfus Commodities, Luis Barbieri também elogiou a “incansável batalha do governador Marconi Perillo pela reativação da hidrovia”. Ele lembrou que o governador foi a primeira autoridade a sair em defesa da hidrovia quando ela foi fechada há dois anos. “Sem o empenho do governador talvez não estivéssemos aqui hoje”, salientou.
Alberto Borges, diretor-presidente da Caramuru Alimentos, declarou que a retomada da navegação representou a vitória “da bandeira que levantaram o governador Marconi Perillo e o secretário Vilmar Rocha. Os desafios foram enormes. Se o governador não liderasse esse processo, a hidrovia teria ficado pelo caminho”.
O presidente da Caramuru, uma das quatro operadoras do porto de São Simão (as outras são a ADM, Louis Dreyfus Commodities e TNPM), recordou que foi graças à insurgência do governador Marconi Perillo, quando do anúncio de fechamento do canal de Pereira Barreto (SP), que a hidrovia foi mantida. “Se o canal fosse fechado, seria o fim da hidrovia, uma vez que ela só tem sentido se ligar São Simão a Pederneiras”, acrescentou.
O secretário Vilmar Rocha iniciou sua fala rogando que esta seja a última vez que retorna a São Simão para participar de ato solene de retomada da hidrovia. “Estamos comemorando uma vitória. Tomara que daqui para a frente estejamos aqui para anunciar outras conquistas”, declarou para anunciar em seguida que está em estudo preliminar a extensão da hidrovia para os municípios de Catalão e Itumbiara. “Há estudos preliminares que indicam ser possível”, garantiu.
© 2016 – Jornal Diário do Norte/Goias

Após audiência pública preço de combustíveis começa a cair em Palmas

Ayres fala do estímulo a livre concorrência após visita a posto

 

(17 de março) – Os deputados Ricardo Ayres (PSB), presidente da Comissão de Defesa do Consumidor e Eli Borges, um dos que também iniciou a discussão dos combustíveis na Assembleia, visitaram na tarde desta quinta-feira, 17, o Posto Amado, na 1401 Sul, em Palmas. O posto reduziu o preço da gasolina para R$ 3,85.

 

A visita é uma forma de estimular a prática do empresário que teve a atitude após audiência pública que discutiu o preço dos combustíveis, presidida por Ayres, realizada há cerca de 15 dias.

 

Ayres espera que com a CPI dos Combustíveis, solicitada pelo deputado Valdemar Junior, mais mudanças positivas estejam por vir. 

 

Além da audiência foi estímulo para o empresário reduzir o preço o anúncio do encaminhamento à Câmara de Vereadores de Projeto de Leo da Prefeitura que pede a revogação da lei que impede a instalação de novos postos num raio de distância de 1,5 km o que vai estimular a livre concorrência e consequentemente a redução dos custos.

 

 “A sociedade não pode mais ficar refém dos altos preços dos combustíveis em Palmas. Estaremos atentos aos abusos e é importante também para uma mudança efetiva o papel de fiscal também do cidadão”, disse Ayres.

 

Deputado estadual Ricardo Ayres (PSB)

Assessoria de Comunicação

3212-5099/9294-6478/8151-2999/9947-9107

Twitter: @ricardoayres_to

Facebook:  Ricardo Ayres

Instagran: @ricardoayres_to

HENRIQUE & JULIANO

Henrique & Juliano
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livremaxresdefault4
Henrique e Juliano é uma dupla de cantores de música sertaneja, formada pelos irmãos Ricelly Henrique Tavares Reis (23 de maio de 1989) e Edson Alves dos Reis Junior (27 de novembro de 1990), ambos nascidos na cidade de PalmeirópolisTocantins.
Henrique e Juliano são irmãos que cantam desde criança com incentivo do pai que sempre os apoiou no gosto dos dois filhos pela música sertaneja. Influenciado  pelo sucesso da dupla João Paulo e Daniel, esses meninos que nasceram na pequena cidade de Palmeirópolis no Estado do Tocantins começaram a se apresentar nas rádios do município chegando até a se apresentar para um grande público interpretando e dublando os sucessos da banda Mamonas Assassinas, sucesso em todo Brasil na década de 90, e a vida os obrigou a tomar um rumo diferente do que eles sempre sonharam que foi viver da música.
Quando ainda cursavam o ensino médio na escola onde estudavam, Henrique 17 anos e Juliano 16, conheceram a dupla Maykel e Marcel recém chegados na capital, vindos de Goiânia a dupla não só trouxe o trabalho e o talento para cantar, mas também a experiência, repassados logo em seguida para os meninos juntamente com toda técnica vocal e várias dicas para melhorar a qualidade dos shows. Motivados por toda essa bagagem musical a dupla que antes só tocava em churrascos com os amigos e nos intervalos das aulas no colégio, viu que estava na hora de encarar seu primeiro festival de música “Festin” competindo com várias duplas e bandas de Palmas, conseguindo ainda um segundo lugar na categoria em que competiam.
Com ótimo desempenho no festival, a dupla viu que podia chegar lá, mas sempre com os pés no chão eles continuaram os estudos. Ainda no primeiro período do curso de direito e no seu primeiro emprego, Henrique conseguiu através da ajuda de amigos com que os dois irmãos fizessem a abertura da festa “Balada Sertaneja”, que contou com a presença de cantores de renome nacional. Com apenas um CD acústico ao vivo gravado numa festa particular sem os recursos necessários para uma boa gravação, a dupla conseguiu um reconhecimento muito grande dos fãs.
Mas somente em 2012 viram que o sonho de ser reconhecido no cenário nacional estava cada vez mais próximo, firmaram contrato artísticos com a empresa de agenciamento Work Show que tem atualmente em seu casting Marcos & Fernando, Marília Mendonça, Zé Neto & Cristiano e, recentemente, Maiara & Maraísa. Nessa nova parceria surgiu o segundo CD produzido pelo maestro Pinocchio, álbum que se tornou  um marco na carreira da dupla. Um repertório autêntico sendo que a maior parte de suas faixas são composições próprias. Um dos grandes sucessos foi a música “Vem Novinha”  ritmo de arrocha envolvente sendo muito bem executada nas rádios do Tocantins,Goiás e de todo o país.
Henrique & Juliano começaram a aparecer com mais força ainda em 2013, quando lançaram seu primeiro DVD, de onde saíram algumas músicas que se destacaram como “Mistura louca”, “Recaídas”, “Gordinho Saliente” e principalmente “Não Tô Valendo Nada”, que foi uma das músicas de maior destaque do último ano.
Em 2014 a dupla Henrique & Juliano lançou seu segundo DVD, no repertório músicas inéditas e outras já conhecidas pelo público como “Recaídas” e “Gordinho Saliente”. A gravação aconteceu na capital do país, o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha foi palco  de um verdadeiro espetáculo da música sertaneja, reunindo mais de 15 mil pessoas na noite do dia 12 de Abril. Em 2015 a música “Não tô valendo nada” entrou para a trilha sonora da novela I Love Paraisópolis da Rede Globo. Foram convidados a participar do show do Criança Esperança, onde cantaram ao lado de Paula Fernandes, Thales Roberto e todo o elenco de artistas da Globo.
Hoje em dia Henrique & Juliano já estão consolidados no meio musical, sendo uma das melhores duplas sertanejas do Brasil, com média de 25 shows por mês, sucesso absoluto, e fazendo frente até a maior delas que é a dupla Jorge & Mateus.Tanto é que á rumores que as duas duplas não se dão bem, fato esse negado pela dupla de Tocantins, que disseram que já ficaram bêbados juntos com a dupla Goiana.
Muito emocionados com um momento muito triste e marcante que comoveu todo o país, que foi a morte de seu amigo o cantor Cristiano Araújo, que faleceu em 24 de junho de 2015 em um trágico acidente de carro, a dupla Henrique & Juliano que tinham um apreço muito grande pelo cantor, transcenderam suas emoções em um show em Pernambuco após a morte do amigo. Chorando muito, Henrique literalmente sem conseguir cantar, sua voz quase não saindo, demonstrando o imenso carinho que tinham por ele ” Cristiano Araújo.
Em um show muito especial que fizeram no maior rodeio do brasil ”A Festa do Peão de Barretos” Henrique & Juliano fizeram uma homenagem ao seu eterno amigo Cristiano Araújo, cantando varias músicas do cantor e em resposta á um indivíduo que disse após a morte dele , que havia muita comoção e que o cantor não era assim tão conhecido, Henrique disse: Teve um sujeito que disse que o Cristiano Araújo era cantor de interior… Enquanto tiver voz na minha garganta e na garganta do meu irmão ninguém vai pisar no nome do Cristiano Araújo, emocionando muito o público.
Fatos esses que provam que além do grande talento a dupla Henrique & Juliano também são grandes pessoas, de coração puro, caráter e de muita personalidade, demonstrando o que pensam de forma sincera e verdadeira sem nenhum interesse, e refletem que o sucesso conquistado e consolidado não foi por acaso.
Lançaram no segundo semestre de 2015 o terceiro DVD da dupla, intitulado de “Novas Histórias – Ao vivo em Recife”. E canções desse projeto já estão se consolidando em todo o cenário nacional, como: “Na Hora da Raiva”, “Nada, Nada”, “Como É Que A Gente Fica” e “Flor e Beija-Flor”, esta última gravada em parceria com a cantora e compositora, Marília Mendonça, uma das grandes amigas da dupla, a qual é responsável por compôr juntamente com o goiano Juliano Tchula um dos maiores sucessos da carreira dos Tocantinenses, a música “Até Você Voltar”. Com esse repertório de sucessos que tocam de norte à sul do país, são considerados atualmente uma das maiores duplas do Brasil, ao lado de Jorge e Mateus. Levando o nome do estado do Tocantins por onde passam.
Tem o fama de serem conhecidos como: “A dupla que arrasta multidões”. Fato que se confirma em seus shows, com média de público de 25 mil pessoas há cada apresentação, além do sucesso estrondoso no youtube. Além de serem sucessos também nas redes sociais.

Ayres apresenta Projeto de Lei que obriga a informação de preços de produtos e serviços nos meios de comunicação

3ceab699-4381-40e3-8494-59979bcde672O projeto de lei de autoria do deputado Estadual Ricardo Ayres, foi apresentado hoje, quarta-feira, 16, no Plenário da Assembleia Legislativa e prevê a obrigatoriedade da informação do preço dos serviços, produtos, imóveis e veículos automotores nos anúncios realizados em jornais, revistas, periódicos ou outros meios de divulgação.

A proposta tem como objetivo, vedar a veiculação de anúncios classificados que não incluam o preço do produto ou serviço oferecido. Espera-se, com essa medida, trazer benefícios imediatos ao consumidor, uma vez que a publicação do preço do produto ou serviço facilitaria, sobre maneira a tarefa de seleção das melhores ofertas.

“Não se pode admitir que o consumidor tenha que contactar os anunciantes, na maioria das vezes, apenas para tomar conhecimento do preço não informado. E essa informação do valor do bem é primordial para o real interesse de quem deseja adquirir tais bens, evitando-se desgastes desnecessários para se ver um bem que está acima ou aquém de suas expectativas”, afirma Ayres.

Na maioria dos casos, o preço do produto é determinante à decisão do consumidor em obter ou não referido produto, de modo que ultrapassado esse fator, apenas nos casos em que haja interesse concreto do consumidor no bem ou serviço selecionado é que este irá procurar o anunciante, beneficiando, assim, ambos os lados. “Os produtos e serviços disponíveis para venda não podem ser colocados no mercado sem essas informações. É obrigação do fornecedor de produtos e serviços prestar todas as informações relativas aos mesmos, como suas características, preços, de maneira clara e precisa. Na maioria das vezes são repetidos anúncios e produtos ou serviços que sequer estão disponíveis. Tudo isso para atrair ilicitamente o consumidor”, completa o deputado.

 

​(Alba Maria Gomes e Tatielle Mello)

Deputado estadual Ricardo Ayres (PSB)

Assessoria de Comunicação

3212-5099/9294-6478/8151-2999/9947-9107

Twitter: @ricardoayres_to

Facebook:  Ricardo Ayres

Instagran: @ricardoayres_to

Vereadores começam os trabalhos preocupados com a segurança em Palmeirópolis

Por/Rozineide Gonçalves 73812fbe-7bd6-477e-b7f6-315d4ab08fb7                                         

 

Os vereadores de Palmeirópolis começaram 2016 bastante animados, apresentando diversos projetos. Após o recesso, eles voltaram às sessões com a promessa de muito trabalho em favor do município. E o ano promete ser de movimentação intensa.

De acordo com o presidente da Casa, Fabio Gonçalves (PTN), inicialmente o Legislativo vai dedicar atenção para as áreas de educação, segurança pública e saúde.

O Vereador Mirim é uma ideia que visa aproximar o pequeno cidadão da Câmara. Alunos serão escolhidos por professores para fazer o papel de vereador, disputando eleição e votando. “Será mais uma ação para despertar o interesse das crianças na política”, argumenta o presidente Fábio, autor do projeto.

 

S.O.S. Segurança

68a91e9d-3827-4167-a278-9394e089efa0 (1)
Presidente da Câmara Municipal de Palmeirópolis

De acordo com o Presidente Fábio, em relação à segurança pública, as primeiras reivindicações são para o Governo do Estado, cobrando mais policiamento e suporte para os policiais que estão impedidos de trabalhar diante dos bandidos altamente organizados e sempre agindo de surpresa e na calada da noite.

Com tantos assaltos (nesta segunda semana de março aconteceu mais um)a população de Palmeirópolis está assustada. “Vamos nos reunir com o comandante e se possível com o governo para ver o que pode ser feito. Isso não é só aqui, mas como representante do povo vou correr atrás dos interesses de minha cidade. Não podemos ficar de braços cruzados”, acrescentou Fábio.

Segundo o presidente, o município segue aguardando a vinda de um carro para o Conselho Tutelar, promessa de campanha do senador Ataídes Oliveira. “Seria uma forma de melhorar a estrutura e o trabalho tão importante que é feito por estes profissionais”, completou.

O compromisso da Câmara também será intensificar o apoio às entidades que cuidam de pessoas carentes, bem como do esporte, principalmente por meio dos campeonatos municipais. Os parlamentares se comprometeram ainda em destravar a pauta, votando as contas do ex-prefeito Enoque Souza, que está em andamento.

Não será apenas o atual prefeito que terá de se redobrar para garantir as condições ideais para disputar a eleição. Os nove vereadores também serão muito mais observados pelo cidadão neste ano. As eleições municipais acontecerão em sete de outubro.