Rozineide Gonçalves

Com trabalho em equipe prefeitura de Palmeirópolis recolheu cerca de 24 toneladas de pneus velhos para reciclagem

Prefeitura fez convênio para retirada e reciclagem de pneus com a empresa há cerca de um ano.

A Prefeitura de Palmeirópolis, através da Secretaria de Meio Ambiente Sema, Urbanismo, Saúde e Administração em parceria com a Reciclanip, uma associação dos fabricantes de pneus do Brasil, realizaram na sexta-feira (5), o serviço de coleta de pneus inservíveis.

Além de cooperar com a limpeza, o recolhimento e destinação adequada deste material, diminui o risco de disseminação do mosquito da dengue, uma questão de saúde pública e que necessita de uma atenção especial.

O objetivo do Convênio da prefeitura com a empresa Reciclanip, é desenvolver ações conjuntas e integradas visando proteger o meio ambiente através da destinação ambientalmente adequada.

Os pneus foram levados à Brasília, onde serão triturados e posteriormente encaminhados para o destino final que é na fabricação de combustível alternativo para as indústrias de cimento, fabricação de solados de sapatos, borrachas de vedação, tubos pluviais, pisos para quadras poliesportivas, pisos industriais, além de tapetes para automóveis.

Recentemente surgiram estudos para entender a utilização dos pneus inservíveis como componentes na fabricação de manta asfáltica e asfalto-borracha, processo que tem sido acompanhado e aprovado pela indústria de pneumáticos.

A Reciclanip é considerada uma das maiores iniciativas da indústria brasileira na área de responsabilidade pós-consumo. O trabalho de coleta e destinação de pneus inservíveis realizado pela entidade é comparável aos maiores programas de reciclagem desenvolvidos no país, em especial, o de latas de alumínio e embalagens de defensivos agrícolas.

O projeto teve início em 1999, com o Programa Nacional de Coleta e Destinação de Pneus Inservíveis implantado pela Anip (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos), entidade que representa os fabricantes de pneus novos no Brasil.

Ao longo dos anos, o Programa foi ampliando sua atuação em todas as regiões do País, o que levou os fabricantes a criar uma entidade voltada exclusivamente para a coleta e destinação de pneus no Brasil. Assim, em 2007, surgiu a Reciclanip para consolidar o programa nacional de coleta e destinação de pneus inservíveis. As atividades atendem a resolução 416/09 do CONAMA, que regulamenta a coleta e destinação dos pneus inservíveis.

A principal vantagem do recolhimento destes pneus, além da prevenção da degradação ambiental, é evitar a criação e proliferação de mosquitos transmissores de doenças, como a dengue (Aedes Aegypti) e outras.

A Vigilância Epidemiológica de Palmeirópolis tem desempenhado uma função fundamental na prevenção e controle de doenças em saúde pública. Os agentes de endemias realizaram testes rápidos em vários pacientes, onde foram registrados apenas 5 casos positivos, sendo 3 dengues e 2 zika.

Isso demonstra que a vigilância epidemiológica de Palmeirópolis, vem desenvolvendo um serviço primordial aos meios de prevenção contra essas doenças, como orientação, tratamento dos focos e eliminação dos mesmos.

Diante desses casos, nota uma evolução grande no serviço, pois em anos anteriores, Palmeirópolis esteve quase em situação de endemia. De alguns anos para cá a redução foi grande como demonstra os dados retirados do Sinan.

A prefeitura assinou esse convênio com a Reciclanip e não paga absolutamente nada para a retirada destes pneus do município, apenas a mão de obra de recolher até o galpão.

Da redação/Com informações da SEMA

 

Em Palmeirópolis Vicentinho é recebido com carreata e ganha apoio de ex-prefeitos

Vicentinho Alves anuncia adesão do senador Ataídes e de Cláudia Lelis à sua candidatura.

O candidato a governador pela coligação “A vez dos tocantinenses”, Vicentinho Alves (PR), esteve neste sábado (5), em Palmeirópolis e foi recebido com uma grande carreata que percorreu as principais ruas da cidade.

Ele anunciou que receberá na segunda-feira 7, a adesão do presidente do (PSDB) e do (PV) à sua candidatura. O anúncio foi em Palmeirópolis, onde começou o roteiro pelo Sul do estado.

A reunião com o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), presidido no estado pelo senador Ataídes de Oliveira, está marcada para 11 horas da manhã. E o encontro com o Partido Verde (PV), que tem Cláudia Lélis, como presidente regional, será às 14 horas, ambos em Palmas. Prefeitos das duas agremiações também empenharão apoio a Vicentinho.

Em Palmeirópolis foi acolhido pelos ex-prefeitos, Jonas Macedo, Enoque Sousa Alves, Ulisses Barros, Mercio Viana, vereadores e lideranças.

Também teve o apoio fiel da ex-vereadora Marcia Araújo na qual representa Vicentinho Alves e Vicentinho Junior no município a muito tempo.

 

Participaram do evento em Palmeirópolis a deputada federal Josi Nunes, pré-candidatos a deputado estadual Dr João, Major Edvards e Janadi Valcari, presidente regional do Partido da Mulher Brasileira (PMB).

O candidato teve o seu primeiro compromisso do dia em São Salvador do Tocantins onde foi recebido pelo prefeito André Borba, vereadores e lideranças políticas. Paranã foi a última cidade do sudeste do estado a ser visitada por Vicentinho Alves (PR) neste sábado, 5.

Em Paranã ele foi recepcionado pelo ex-prefeito Edson Lustosa, ex-prefeitos, vereadores e lideranças locais e regionais.

Fotos: Divulgação

 

Quatro pessoas morrem e nove ficam feridas após ônibus bater de frente com caminhão

Acidente foi registrado no km 232, da BR-153, em Colinas do Tocantins. Os feridos foram levados para o Hospital Municipal da cidade.

Quatro pessoas morreram e nove ficaram feridas após um ônibus da empresa Real Sul bater de frente com um caminhão na madrugada deste sábado (5), por volta das 4h30. O acidente aconteceu no km 232, da BR-153, em Colinas do Tocantins, região norte do estado.

Entre os mortos estão o motorista do ônibus, Jonas Pereira da Silva, 44 anos; o motorista do caminhão, Lázaro Franciel Lima de Souza, 30 anos e as passageiras Ildene Marinho de Abreu, de 47 anos e Clarinda da Silva Cunha, que não teve a idade divulgada. O ônibus saiu de Picos (PI) com destino a Brasília e levava 13 passageiros.

Quatro pessoas morreram após ônibus bater de frente com caminhão

A primeira informação divulgada pela Polícia Rodoviária Federal foi de que três pessoas morreram no local. Conforme o Corpo de Bombeiros, os corpos estavam presos às ferragens e já foram levados para o Instituto Médico Legal.

Ainda de acordo com os Bombeiros, uma das passageiras que foi socorrida e levada para o hospital com vida, morreu na unidade.

Segundo o Hospital Municipal de Colinas, além da mulher que morreu na unidade, outros 9 feridos deram entrada no local. Um deles, o motorista reserva do ônibus identificado como Francisco Gama, foi socorrido com traumatismo craniano.

A Secretaria do Estado da Saúde confirmou que ele foi transferido para o Hospital Regional de Araguaína e está internado em estado estável. Três feridos tiveram alta e outros cinco seguem internados na unidade, em observação.

Parte dos feridos foi socorrida pelos Bombeiros e outra parte por populares que chegaram ao local antes da corporação.

Esse trecho da rodovia ficou completamente bloqueado por um período, mas já foi totalmente liberada.

Por telefone, a empresa de ônibus informou que vai prestar o auxílio necessário às famílias das pessoas que morreram e aos feridos.

G1 Tocantins

Atraso na colheita de soja prejudica resultados da economia no 1º trimestre

Balança comercial teve queda de 29% e exportações caíram 11% em comparação ao mesmo período de 2017. Expectativa é de recuperação até junho, segundo Fieto.

Dimas deixa PR e anuncia apoio a Carlesse sob justificativa de estabilidade no Estado

Ronaldo Dimas afirmou que decidiu apoiar Carlesse pela continuidade de seu governo e garantia de estabilidade para o Estado.

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, declarou apoio ao governador e candidato nas eleições suplementares Mauro Carlesse (PHS) na tarde deste sábado, 5.

O prefeito da cidade com um dos maiores colégios eleitorais do Estado, afirmou que dada a decisão de apoiar Carlesse, ele comunicou na noite desta sexta-feira, 4, sua desfiliação do Partido da República (PR), do senador Vicentinho Alves, à Executiva Nacional.

A desfiliação e conseguinte apoio ao candidato chefe do executivo advêm de um desgaste entre Dimas e Vicentinho, quando ambos do PR demonstraram vontade em ser o candidato do partido a governador.

Devido a insegurança jurídica em torno da possibilidade de Dimas ser o candidato da sigla e dada a inesperada cassação do ex-governador, Marcelo Miranda (MDB), Vicentinho foi o escolhido pelo partido para disputar as eleições suplementares de 3 de junho.

No evento de anúncio de apoio preparado pelo prefeito em Araguaína neste sábado, ele declarou que dada a representatividade que tem a cidade de Araguaína, não poderia deixar de se posicionar e que escolheu apoiar Mauro Carlesse em prol da estabilidade do Estado com a continuidade de seu governo.

“A hora é de escolher um outro caminho, não somente pelo que ocorreu, mas  por acreditar que outro caminho é o melhor pro Estado. Tem outros vários candidatos, muitos deles com competência adequada para ocupar o cargo, mas o problema grande é essa instabilidade pelo qual passa o Tocantins”, declarou à imprensa local.

Dimas narrou as circunstâncias da saída de Miranda e entrada de Carlesse e afirmou que modificar novamente o governo pode ser prejudicial ao Estado. “Onde é que um estado que passa por sofrimentos terríveis com o Tocantins suporta esse tanto de modificações? não dá para que isso seja assim. O mínimo de responsabilidade é entender que o melhor caminho é a permanência de quem está construindo esse mandato”, afirmou.

O prefeito de Araguaína fez elogios à atuação de Carlesse e disse que há abertura do governador para com os municípios.

O prefeito declarou que vê determinação no atual governador. “Eu vejo que ele está determinado com relação à gestão e as coisas que são necessárias de serem feitas, aliado a isso, tem questão da responsabilidade para com o Tocantins. Uma nova mudança não seria bom”, disse. O prefeito ainda citou que o atual governo vem cumprindo suas obrigações com Araguaína e com outros municípios e disse que mesmo não sendo possível a quitação do débito acumulado do Estado com as cidades, espera que com Carlesse no Governo isso seja possível.   

Por fim, acerca de uma nova filiação, Ronaldo Dimas declarou que não irá se filiar a nenhum partido por enquanto. “Não há necessidade porque não sou candidato a nada”. Mais a frente, o prefeito afirmou que vai estudar uma nova filiação partidária, sem pressa.

Ponte entre São Salvador e Peixe no sul do Tocantins é destruída por incêndio

Estrutura era de madeira e ficava na TO-491. Ainda não há previsão de instalação de outra ponte no local.

Uma ponte de madeira no interior do Tocantins ficou destruída depois de ser incendiada na madrugada desta quinta-feira (3). A ponte fica na TO-491 entre os municípios de São Salvador do Tocantins e Peixe, no sul do estado. A suspeita é que o incêndio tenha sido criminoso. A estrutura já estava com problemas estruturais antes do incêndio. 

A gerente de uma pousada na região, Deidiane Couto Amorim conta que ninguém tem informações de quem teria provocado o incêndio. “Ela estava em péssimas condições e nunca conseguimos solução, mas hoje fizeram isso. Tava ruim, mas agora piorou”, informou.

Ela disse ainda que agora os motoristas da região estão tendo que passar por um desvio de 90 km e que a empresa foi prejudicada, já que esse trecho era o que dava acesso às pousadas.

O site procurou a Agência Tocantinense de Transportes (Ageto) e aguarda um posicionamento.

G1 Tocantins

Gaguim usa tribuna para defender empréstimo que beneficiará o TO

O deputado federal Carlos Henrique Gaguim (DEM/TO) usou a tribuna do Plenário da Câmara dos Deputados na tarde desta quarta-feira, 2, para expor o seu descontentamento quanto a decisão do Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins (OAB-TO) de ter aprovado a adoção de medidas judiciais para suspender ou cancelar o empréstimo de R$ 453 milhões que o governo do Estado tenta obter junto à Caixa Econômica Federal (CEF).

“Sempre defendi a contratação do empréstimo, independente de posição política de governo, por entender da importância desses recursos para execução de grandes obras, em benefício da população dos 139 municípios tocantinenses”, destacou Gaguim.

O empréstimo será destinado à continuidade da construção do Hospital de Gurupi, a construção do Batalhão Militar Rodoviário e Divisas (BPMRED), duplicação do trecho Araguaína/Novo Horizonte, reforma do Ginásio de Esportes de Paraíso, complementação da Construção de Unidades Habitacionais, recuperação de rodovias e construção de estradas.

“As obras garantirão mais desenvolvimento ao Tocantins e benefícios diretos aos cidadãos dos 139 municípios”, frisou o parlamentar. 

Segundo o deputado federal, apesar da OAB criticar a medida adotada pelo Estado em conceder como garantia os tributos diretos do Fundo de Participação dos Estados (FPE), outros Estado do País como: Goiás, Piauí, Pernambuco e Pará seguiram essa mesma linha de obtenção de recursos de operação de crédito.

“Outro ponto me causa estranheza foi o silêncio do presidente da Associação Tocantinense de Municípios, prefeito Jairo Soares Mariano, em não se posicionar contrário a decisão da OAB-TO, visto que, ele deve defender o interesse dos municípios pelo cargo que ocupa. Portanto, reitero que irei lutar diariamente para que o empréstimo seja concedido”, pontuou deputado federal.

Outros empréstimos importantes que estão previstos para o Estado também foram destacados pelo parlamentar como o de R$ 130 milhões, junto ao Banco do Brasil, para construção do Hospital Regional de Araguaína (HRA) e ampliação Hospital Geral de Palmas (HGP) e mais R$ 130 milhões para Ponte de Porto Nacional, junto a CEF.

Assessoria de Imprensa/Verônica Veríssimo

Laudecy Coimbra é escolhida por Cinthia como a nova líder de governo na Câmara

O anúncio da escolha foi feito pelo secretário de Governo e Relações Institucionais, Eduardo Mantoan, durante reunião com os vereadores ontem, 2.

A vereadora Laudecy Coimbra foi escolhida pela prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) para ocupar a função de líder de governo na Câmara de Vereadores de Palmas.

A prefeita explicou que foi uma escolha difícil, uma vez que a sua gestão “conta com o apoio dos 19 vereadores, ou seja, todos aqueles que querem trabalhar pela melhoria da Capital”, mas como teve que definir por um nome, optou por aquele que está mais alinhado à sua proposta de trabalho.

O anúncio da escolha foi feito pelo secretário de Governo e Relações Institucionais, Eduardo Mantoan, durante reunião com os vereadores ontem, 2.

Cinthia destacou que a vereadora possui um bom trânsito junto aos seus colegas parlamentares e uma boa interlocução com os vários segmentos sociais, políticos e econômicos que compõem a população de Palmas. A orientação da prefeita à nova líder é pelo diálogo permanente e a busca do consenso, sobretudo nos temas que exigem um debate mais amplo.

t1noticias

STF começa nesta sexta julgamento virtual que pode soltar Lula

Resultado deve ser publicado à meia-noite do dia 10 de maio.

O julgamento virtual que vai analisar o recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Supremo Tribunal Federal (STF) para deixar a prisão será iniciado nesta sexta-feira (4). Na ação, a defesa de Lula pretende derrubar a decisão do juiz federal Sérgio Moro, que determinou a execução provisória da pena de 12 anos de prisão na ação penal do tríplex do Guarujá (SP).

A partir das 18h de amanhã, será aberto um prazo de uma semana que os ministros da Segunda Turma entrem no sistema e possam proferir seus votos. Encerrado o prazo, à meia-noite do dia 10 de maio, o resultado do julgamento será publicado. Dessa forma, não haverá reunião presencial para julgar o caso. Caso todos os ministros do colegiado insiram seus votos antes do dia 10, o resultado poderá ser divulgado antes do fim do prazo. As informações são da Agência Brasil.

Em geral, o julgamento virtual é usado para decisões que não têm grande repercussão e que possuem jurisprudência pacífica. No entanto, a medida do relator do caso, ministro Edson Fachin, foi entendida dentro do tribunal como uma forma de ganhar tempo. A maioria dos integrantes da Segunda Turma é contra o entendimento que autoriza a prisão após a segunda instância da Justiça.

Com a exceção de Fachin, os ministros Gilmar Mendes, Celso de Mello, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli se manifestaram contra a medida em outros julgamentos sobre o mesmo tema, inclusive no habeas corpus em que a Corte negou pedido de Lula para não ser preso, no início do mês.

Na reclamação, a defesa de Lula sustenta que Moro não poderia ter executado a pena porque não houve esgotamento dos recursos no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF), segunda instância da Justiça Federal. Para os advogados, a decisão do Supremo que autorizou as prisões após segunda instância, em 2016, deve ser aplicada somente após o trânsito em julgado no TRF4. Os advogados também pedem que o ex-presidente possa aguardar em liberdade o fim de todos os recursos possíveis na Justiça.

Noticias ao Minuto

PF faz operação contra quadrilha especializada em roubo de cargas

Policiais cumprem mandados em cidades do Tocantins e de Goiás. Essa é uma nova fase da operação realizada no ano passado e que prendeu comerciantes por vender produtos roubados.

A operação Carga Torta II é realizada pela Polícia Federal nesta quinta-feira (3) para prender suspeitos de envolvimento em uma quadrilha especializada em roubo de cargas nas rodovias estaduais e federais. Policiais cumprem oito mandados de prisão e 15 mandados de busca e apreensão em Porto Nacional, Brejinho de Nazaré, Palmas e em Goiás, nas cidades de Anápolis e Aparecida de Goiânia.

A investigação começou em abril do ano passado, quando foi identificado um grupo criminoso especializado em roubos de cargas. Na época, a polícia descobriu que a quadrilha foi responsável por roubar produtos transportados por caminhões na BR-153, próximo aos municípios de Nova Rosalândia e Barrolândia.

As mercadorias roubadas eram geralmente alimentos e produtos de limpeza e abasteciam supermercados dos municípios de Brejinho de Nazaré e Porto Nacional. A PF explicou que os donos dos estabelecimentos financiavam os executores dos crimes, assim como negociavam com estes a receptação das cargas roubadas.

Em junho do ano passado, dois comerciantes foram presos suspeitos de participar do esquema.

G1 Tocantins