admin

Idoso reage e imobiliza ladrão durante tentativa de roubo em Araguaína

Idoso reage e imobiliza ladrão durante tentativa de roubo em Araguaína

Homem foi imobilizado até a chegada da Polícia Militar (Foto: Divulgação) Homem foi imobilizado até a chegada da Polícia Militar (Foto: Divulgação)

Homem foi imobilizado até a chegada da Polícia Militar (Foto: Divulgação)

Um suspeito de roubo foi imobilizado e agredido em Araguaína, na tarde deste domingo (1º). Segundo a Polícia Militar, ele tentou roubar um idoso, mas foi surpreendido. A vítima reagiu e conseguiu imobilizar o ladrão.

A polícia contou que no momento, o idoso percebeu que a arma usada pelo suspeito era falsa. Ele conseguiu derrubar o ladrão e o segurou até a chegada da polícia.

“Ele é ex-vigilante e conhece algumas técnicas de imobilização. Coneguiu derrubar o ladrão e o segurou por cerca de 1 hora até os policiais chegarem”, contou o delegado Luiz Gonzaga.

Moradores que passavam pelo local perceberam o que estava acontecendo e começaram a agredir o suspeito, que teve alguns ferimentos no rosto e no braço. Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes. O delegado disse que ele será autuado por tentativa de roubo e será levado para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína.

Fonte: G1.com

Encanador é assassinado durante festa de aniversário em Divinópolis

Jonaldo Nunes da Silva foi levado a hospital, mas não resistiu. Segundo a Polícia Militar, ele foi atingido por golpes de canivete após uma discussão.

Jonaldo foi assassinado em uma festa em Divinópolis (Foto: Reprodução/Facebook) Jonaldo foi assassinado em uma festa em Divinópolis (Foto: Reprodução/Facebook)

Jonaldo foi assassinado em uma festa em Divinópolis (Foto: Reprodução/Facebook)

O encanador Jonaldo Nunes da Silva, de 34 anos, foi atingido por golpes de canivete durante uma festa de aniversário em Divinópolis, região central do Tocantins. Segundo a Polícia Militar, ele chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu.

O caso aconteceu na madrugada deste domingo (1º). A festa de aniversário era realizada no centro paroquial da cidade. A polícia disse que houve uma discussão com outro homem, de nome não informado, e a vítima foi atingida.

O suspeito ainda não foi encontrado. Jonaldo era encanador e atuava na equipe comercial da BRK Ambiental, responsável pelo fornecimento de água no Tocantins. Em nota, a empresa lamentou a morte dele.

Fonte: G1.com

Instalação de banheiros unissex em universidade causa polêmica

Locais que eram exclusivos para homens ou mulheres poderão ser utilizados por qualquer pessoa. Novidade divide opiniões e gera debates sobre diversidade de gênero.

Instalação de banheiro unissex causa polêmica em universidade (Foto: Walmor Júnior Borges/Divulgação)

Instalação de banheiro unissex causa polêmica em universidade (Foto: Walmor Júnior Borges/Divulgação)

A mudança de três banheiros tradicionais para o modelo unissex, compartilhado entre homens e mulheres, na Universidade Federal do Tocantins (UFT), está gerando polêmica entre os estudantes. A mudança foi no campus de Araguaína da universidade e alguns alunos acharam que a medida tira a privacidade dos estudantes e causa constrangimentos. A UFT diz que a medida busca contemplar a diversidade presente na universidade.

A instalação dos banheiros unissex foi neste mês de setembro. Eles estão nos blocos E, F e H da UFT. Os estudantes disseram que foram informados da novidade através de panfletos. A mudança abriu debates sobre a diversidade de gênero. Agora homens e mulheres podem compartilhar o mesmo espaço em um momento de privacidade.

Três banheiros que eram masculinos e femininos foram transformados em unissex (Foto: Walmor Júnior Borges/Divulgação)

Três banheiros que eram masculinos e femininos foram transformados em unissex (Foto: Walmor Júnior Borges/Divulgação)

Os alunos contam que o assunto está sendo discutido nos corredores do campus e nas redes sociais. “Eu não concordo. Banheiro é um local de privacidade. Se eu estivesse lá e chegasse um homem eu ficaria muito constrangida. Eu acho que deveria ser separado”, disse a estudante de matemática, Eliabe dos Santos Rocha.

Thallita Rodrigues Alves, estudante de história, conta que apesar de preferir o uso do banheiro feminino é a favor da ideia. “Eu seria contra se todos os banheiros se tornassem unissex. Acho que a solução para quem se sente constrangido e não concorda é que não use. Os banheiros tradicionais continuam funcionando”.

A UFT informou que a instalação dos banheiros atendeu um pedido dos próprios alunos e que o assunto foi estudado e deliberado com a Comissão de Direitos Humanos do campus. Disse também que “a medida tem caráter experimental, na busca de uma solução que contemple a diversidade presente na universidade”.

A UFT não informou se banheiros similares serão implantados em outros campi.

Fonte: G1.com

Mais de 300 kg de cocaína são apreendidos em fazenda na região sul do Tocantins

A polícia acredita que a droga veio da fronteira do Mato Grosso com a Bolívia para ser distribuída no Tocantins.

A droga foi apreendida em uma fazenda na cidade de Formoso do Araguaia  (Foto: Jairo Santos/ TV Anhanguera)

A droga foi apreendida em uma fazenda na cidade de Formoso do Araguaia (Foto: Jairo Santos/ TV Anhanguera)

A polícia localizou e apreendeu 318 kg de cocaína na tarde deste sábado (30) em uma fazenda localizada em Formoso do Araguaia, região sul do Tocantins. Conforme a Polícia Civil, a droga estava no mato próximo a uma pista de avião, onde havia uma aeronave. A suspeita é que o avião faria o transporte da cocaína.

A polícia acredita que a cocaína veio da fronteira do Mato Grosso com a Bolívia  (Foto: Jairo Santos/ TV Anhanguera )

A polícia acredita que a cocaína veio da fronteira do Mato Grosso com a Bolívia (Foto: Jairo Santos/ TV Anhanguera )

A polícia acredita que a droga veio da fronteira do Mato Grosso com a Bolívia para ser distribuída no Tocantins. Três homens e um adolescente foram detidos, eles estavam no local dando manutenção no avião que apresentava problemas. A fazenda já vinha sendo investigada.

Namorado é preso suspeito de matar e queimar corpo de jovem por ciúmes

Núbia Ribeiro Lemes Rosa, 19, foi encontrada morta na Serra das Areias; segundo delegado, ela e Ranolfo Júnior, 29, suspeito do crime, tinham um relacionamento conturbado.

O servente de pedreiro Ranolfo Pereira de Jesus Júnior, de 29 anos, foi preso, nesta sexta-feira (29), suspeito de matar e queimar o corpo da namorada, Núbia Ribeiro Lemes Rosa, de 19 anos, por ciúmes, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. De acordo com a Polícia Civil, o casal tinha um relacionamento conturbado e já tinha se separado várias vezes.

Emocionada, a mãe da jovem, Edna Ribeiro Lemes, pediu punição do autor. Em entrevista à TV Anhanguera ela contou que o namorado buscou a filha em casa para ir até a casa dele, e que ela tentou impedir, mesmo sem suspeitar do que aconteceria. “Ele não aparentava que ia fazer essa barbaridade. Ela saiu e falou assim ‘Mãe, eu vou ali no Juninho, agorinha eu volto, porque eu vou dormir aqui’”.

“Eu falei ‘não vai, não’. E ela saiu falando ‘mãe, eu vou. Se eu não voltar, a senhora chama a polícia’, mas falou brincando. Eu quero que este cara apodreça na cadeia”, disse a mãe.

Ranolfo e Núbia estavam desaparecidos desde a última terça-feira. Após uma denúncia, a polícia começou a fazer buscas na região e, na manhã desta sexta-feira, encontrou o corpo da jovem carbonizado na Serra das Areias, em Aparecida de Goiânia. Após encontrar a vítima, Ranolfo foi encontrado e preso.

Ranolfo Júnior, 29, foi preso suspeito de matar a namorada em Aparecida de Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Ranolfo Júnior, 29, foi preso suspeito de matar a namorada em Aparecida de Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Segundo o delegado Carlos Leverger, que foi até a Serra das Areias, o corpo passará por exames para identificar a causa da morte, já que está carbonizado e não é possível identificar se ela foi morta com disparos de arma de fogo ou facadas, por exemplo. Ele afirma que o namorado pode ter matado Núbia por ciúmes dela com um ex-namorado.

“Tanto a vítima, quanto o autor não tinham passagens pela polícia. Eles tinham um relacionamento, pelo que a gente apurou, um pouco conturbado. Eles terminavam o relacionamento, voltavam. Ela tinha um ex-namorado que ela voltava pra ele de vez em quando, e a gente concluiu que o motivo do crime foi passional, por ciúmes”, disse.

Corpo foi encontrado na Serra das Areias, em Aparecida de Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Corpo foi encontrado na Serra das Areias, em Aparecida de Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Agressividade

A irmã de Núbia, Luana Ribeiro Lemes Rosa, disse que a jovem tinha relatado que o namorado estava agressivo com ela, e que já pensava em se separar mais uma vez. Diante do indicativo de término do relacionamento, a irmã revelou que tinha sido ameaçada.

“Ela chegou a comentar comigo, que queria separar dele porque ele estava ameaçando ela. Aí ela saiu, falou que ele estava meio estranho, eu também vi. Ela falou pra mim que ia dormir lá. Eu mandei ela dormir no barracão do fundo, porque eu ia dormir na casa da mãe do meu marido. Aí ela falou ‘eu vou ali e agorinha eu volto’”, contou.

Quer saber mais notícias de todo o estado? Acesse o G1 Goiás.

Núbia Ribeiro Lemes Rosa, 19, foi encontrada morta (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Núbia Ribeiro Lemes Rosa, 19, foi encontrada morta (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Fonte: G1.com

Desemprego fica em 12,6% em agosto e atinge 13,1 milhões, diz IBGE

O desemprego ficou em 12,6% no trimestre encerrado em agosto, segundo dados da Pnad Contínua, divulgados nesta sexta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No período, o Brasil tinha 13,1 milhões de desempregados, uma queda de 4,8% em relação ao trimestre terminado em maio.

Assim como no período anterior, a melhora na ocupação ainda é puxada pela informalidade e pelas contratações no setor público, de acordo com o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo.

Na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, porém, houve aumento de 9,1%. Ou seja, segundo o IBGE, em agosto deste ano o Brasil tinha 1,1 milhão de desempregados a mais que no mesmo período do ano passado.

 (Foto: Arte/G1)

(Foto: Arte/G1)

“Dizer que o pior já passou é precipitado. Temos um cenário exógeno, que é uma crise política que está em curso. Essa crise pode reverter todo esse processo de recuperação que a gente vem observando”, ponderou Azeredo.

Segundo o pesquisador, a grande expectativa é saber se o ano de 2017 vai terminar com mais ou menos desemprego do que havia no ano passado. “O que se vem se desenhando até aqui é de uma recuperação desse mercado de trabalho. Mas, para se saber até que ponto esse processo vai avançar, a gente precisa de mais PNADs contínuas para podermos avaliar”, disse.

O pesquisador apontou que o principal indicador de que há melhora no mercado de trabalho é o fato de que, em relação ao trimestre terminado em maio, a população em idade de trabalhar aumentou em 2,1 milhão de pessoas, enquanto a população na força de trabalho (ocupados e desocupados) aumentou em 2 milhões no período.

“Isso mostra que estamos com um nível de ocupação acompanhando o aumento da população em idade de trabalhar”, destacou.

Desemprego no Brasil recua pela quinta vez seguida

Desemprego no Brasil recua pela quinta vez seguida

População ocupada

No trimestre terminado em agosto, o Brasil tinha 91,1 milhões de pessoas ocupadas, um aumento nas duas bases de comparação. A ocupação, segundo Azeredo, está próxima do que foi observado entre em 2013 e 2014.

Na comparação com maio deste ano, 1,4 milhão de pessoas a mais estavam ocupadas (1,5%). Em relação a agosto do ano passado, o contingente aumentou em 1 milhão de pessoas (1%).

O número de trabalhadores por conta própria (22,8 milhões de pessoas) cresceu 2,1% em relação ao trimestre terminado em maio. Também houve variação positiva, de 2,8%, ante o mesmo período de 2016, representando um aumento de 612 mil pessoas.

População ocupada
Com carteira assinada: 34.176Sem carteira: 10.204Trabalhador doméstico: 6.122Setor público: 11.361Empregador: 3.946Conta própria: 22.235Familiar auxiliar: 2.093
Fonte: IBGE

Carteira assinada e informalidade

Segundo o IBGE, o número de carteiras de trabalho assinadas se manteve estável na comparação com maio (33,4 milhões). Se comparado com o mesmo período do ano passado, porém, houve queda de 2,2%, o que equivale a 765 mil trabalhadores a menos com carteira assinada neste ano.

O número de empregados sem carteira assinada cresceu em 2,7% na comparação com maio e 5,4% na comparação com agosto do ano passado. “O que a gente percebe agora é um crescimento do emprego sem carteira assinada, com quase 70% dos novos postos de trabalho sendo criados na informalidade“, destacou Azeredo.

Segundo o pesquisador, historicamente, o retorno de toda crise financeira no mercado de trabalho se dá com o aumento de postos de trabalho não registrados.

 (Foto: Arte/G1)

(Foto: Arte/G1)

Massa salarial

A massa de rendimento recebido em todos os trabalhos pelas pessoas ocupadas ficou estável em relação ao trimestre móvel de março a maio e também frente ao mesmo trimestre do ano passado, em R$ 186,7 bilhões, segundo o IBGE.

Questionado sobre o que de fato vai configurar a plena recuperação do mercado de trabalho, Azeredo afirmou que é a geração de vagas formais acompanhadas de aumento nos salários.

“A geração de vagas vai apontar que esse mercado está em avanço. Mas que essas vagas sejam de qualidade, ou seja, vagas voltadas para o mercado mais formal e que sejam vagas que façam o rendimento crescer acompanhando, pelo menos, a inflação”.

Destaques da Pnad de agosto:

  • O desemprego ficou em 12,6% no trimestre encerrado em agosto; o país tinha 13,1 milhões de desempregados, uma queda de 4,8% em relação ao trimestre terminado em maio.
  • Houve aumento de 9,1% frente ao mesmo trimestre do ano anterior, com 1,1 milhão de desempregados a mais.
  • No trimestre terminado em agosto, o Brasil tinha 91,1 milhões de pessoas ocupadas. Na comparação com maio deste ano, 1,4 milhão de pessoas a mais estavam ocupadas (1,5%). Em relação a agosto do ano passado, o contingente aumentou em 1 milhão de pessoas (1%).
  • O número de carteiras assinadas ficou estável ante maio (33,4 milhões). Mas frente ao mesmo período do ano passado, houve queda de 2,2%, ou 765 mil trabalhadores a menos com carteira assinada neste ano.
  • O número de empregados sem carteira assinada cresceu em 2,7% na comparação com maio e 5,4% na comparação com agosto do ano passado.

Fonte: G1.com

Bandidos metralham loja do Mc Donald´s ao tentarem roubar 40 sanduíches em Bonsucesso

Segundo uma funcionária, um deles pediu 40 hambúrgueres, batatas fritas e refrigerantes de graça; a polícia já identificou um dos criminosos, que é traficante do Morro do Adeus.

Uma loja da rede de lanchonetes Mc Donald´s foi metralhada em Bonsucesso, na Zona Norte do Rio, depois que funcionários se recusaram a fornecer hambúrgueres aos bandidos. Segundo uma funcionária, um deles pediu 40 sanduíches, batatas fritas e refrigerantes de graça. O caso aconteceu em agosto, mas o vídeo investigado pela polícia foi divulgado nesta quinta-feira (28) pelo RJTV.

A polícia já identificou um dos criminosos. É Michael Faria de Souza, de 23 anos. De acordo com as investigações, ele é traficante do Morro do Adeus, no subúrbio. A quadrilha fez ameaças, mas o gerente da loja se recusou a entregar os lanches.

Irritados, os bandidos retornaram à lanchonete dez minutos depois e metralharam o local. No momento dos tiros, crianças e adultos comiam no interior do estabelecimento. Por sorte, ninguém foi atingido.

Wellington Soares, delegado responsável pelo caso, indiciou Michael por tentativa de homicídio:

“Os policiais disseram que os outros dois homens ainda não foram reconhecidos por testemunhas. Mas vão responder pelo mesmo crime. Assim como o traficante que comanda a venda de drogas no Morro do Adeus”, disse Soares.

Fonte: G1

Professor de dança suspeito de estuprar criança é denunciado pelo MPE

Segundo a promotoria, caso aconteceu enquanto a mãe da vítima fazia matrícula para colônia de férias. Polícia Civil investiga outros casos de estupro envolvendo o mesmo professor em uma escola estadual.

O Ministério Público Estadual denunciou à Justiça o professor de dança Carlos Alberto Rex, de 50 anos, suspeito de estuprar uma menina de sete anos no dia 30 de junho, enquanto a mãe da vítima fazia a sua matrícula em uma colônia de férias, em Palmas.

Conforme a denúncia do MPE, Rex aproveitou que a mãe conversava sobre detalhes da matrícula e chamou a menina e mais duas crianças para brincar de esconde-esconde. Conforme as informações da promotoria, ele levou a vítima para um quarto de dança, enquanto as outras crianças se esconderam em outros locais. Foi neste local que teria acontecido o crime.

Depois a menina pediu para ir embora e relatou o caso para a mãe, que fez a denúncia. O professor foi levado para a delegacia e foi preso em flagrante. Ele está na Casa de Prisão Provisória de Palmas.

O promotor de Justiça André Ramos, autor da denúncia, diz que não é a primeira vez que Rex se envolve neste tipo de crime. Contra ele, há mais dois boletins de ocorrência narrando crime de estupro de vulnerável contra crianças, praticados em uma escola pública municipal. A lei prevê de oito a 15 anos de prisão para quem praticar o crime de estupro de vulnerável.
Inquérito

O primeiro inquérito contra o professor voluntário foi concluído pela Polícia Civil nesta quinta-feira (13). O estupro aconteceu em uma escola particular em Palmas. Segundo a delegada, Maria Ribeiro de Sousa Neta, outros casos de estupro registrados na Escola de Tempo Integral Padre Josimo Tavares estão em andamento.

A polícia suspeita que pelo menos seis crianças foram vítimas de abusos do professor na capital. Ele era voluntário do programa ‘Mais Educação’, do governo federal. O homem teria confessado os crimes durante o depoimento, de acordo com a delegada.

De acordo com a denúncia, o professor teria passado a mão nas partes íntimas das vítimas, algumas com apenas sete anos de idade. “O fato do autor somente tocar nas partes íntimas de uma criança ou de um adolescente já é considera estupro de vulnerável”, informou a delegada.

As mães contam que o homem procurava locais da escola que não eram monitorados para cometer os crimes.