Ela foi socorrida, mas sofreu três paradas cárdio respiratórias e não resistiu. Rafisa Fernanda tinha 29 anos e foi socorrida pelos próprios colegas de trabalho no hospital.

A assistente social Rafisa Fernanda Dourado Machado, de 29 anos, morreu após sofrer um traumatismo craniano em um acidente na TO-404. O acidente foi na madrugada desta segunda-feira (7). O carro em que Rafisa estava capotou póximo a cidade de Augustinópolis, no extremo norte do estado. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu no hospital.

O Corpo de Bombeiros informou que quando chegou no local a jovem estava inconsciente, no chão ao lado do carro. Como ela tinha dificuldade para respirar a equipe usou oxigênio O2 e imobilizou a coluna da vítima. Rafisa sofreu duas paradas cárdio respiratórias a caminho do hospital, mas chegou ao local com vida.

Na chegada ao Hospital Regional de Augustinópolis o coração dela parou novamente e não voltou mais. A equipe médica ainda tentou reanimá-la por 48 minutos antes de declarar o óbito. Rafisa trabalhava na mesma unidade hospitalar onde foi feito o socorro. Ainda não há informações sobre as causas do acidente.

Rafisa Fernanda Dourado tinha 29 anos e trabalhava como assistente social (Foto: Reprodução/Facebook
Rafisa Fernanda Dourado tinha 29 anos e trabalhava como assistente social (Foto: Reprodução/Facebook

G1/TO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here