O inquérito da 5ª Vara Criminal de Santos que investiga as causas do acidente está próximo de ser concluído

A Justiça decidiu que os objetos encontrados na aeronave que caiu em 2014 e matou Eduardo Campos (PSB) e outras seis pessoas devem ser incinerados. Entre eles estão 10 gramas de maconha.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, um laudo apontou que um dos pacotes encontrados guardava a droga, provavelmente para consumo pessoal de uma das vítimas do voo. Além disso, a polícia encontrou cartões bancários, colares e pedaços de roupas.

A publicação informa ainda que o inquérito da 5ª Vara Criminal de Santos que investiga as causas do acidente está próximo de ser concluído. A tendência até agora é responsabilizar o piloto.

A aeronave passou por um teste feito num simulador na Áustria e uma das hipóteses apontadas é de que variações além do normal na ponta da asa da aeronave poderiam ter contribuído para a tragédia. No entanto, a possibilidade é considerada remota.

O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), ligado à Aeronáutica, havia concluído que o estresse e a falta de capacitação do piloto para conduzir a aeronave contribuíram para o acidente. Porém, a família do profissional, Marcos Martins, questionou as conclusões do órgão.(fonte:notícias ao minuto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here