A criação dos cargos estava no projeto de lei que concedeu aumento a servidores da Suframa

Em meio a reajustes salariais, a Câmara aprovou a criação de 14.419 cargos federais, um número quatro vezes superior aos 4.000 postos comissionados que Michel Temer prometeu acabar em 2016. A aprovação passou despercebida por muitos deputados.

Segundo informações da Folha de S.Paulo, a criação dos cargos estava no projeto de lei que concedeu aumento a servidores da Suframa, o que trará um impacto de R$ 58 bilhões às contas públicas. O projeto ainda vai ser votado no Senado.

De acordo com a publicação, a maior parcela dos cargos federais é de técnicos administrativos em educação (4.732 postos). Há ainda 52 cargos no Instituto Brasileiro de Museus e 516 analistas para o Comando do Exército.(fonte:notícias ao minuto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here