A estudante precisou elaborar o texto em até 30 linhas e desenvolvê-lo no tipo dissertativo-argumentativo.

Cujo o tema foi “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”, Silvana Batista dos Santos alcançou média de 960 pontos na redação.

Mesmo com os obstáculos causados pela pandemia, a aluna do CEFA – Colégio Estadual Família Agrícola José Porfirio de Souza, do município de São Salvador do Tocantins, obteve nota acima de 900 pontos, e foi destaque.

Silvana é moradora do Setor Bom Tempo na cidade de Palmeirópolis, e cursava Técnico em Agropecuária no Colégio Agrícola.

Ela tem 18 anos, é filha da diarista Maria Aparecida Batista dos Santos. Nasceu em Sobradinho/Distrito Federal e mora em Palmeirópolis desde os três anos de idade.

De acordo com Silvana, foi complicado estudar sem um professor presente nessa pandemia, mas depois deu certo.

“Eu assistia as aulas, fazia as lições de casa e também lia muito”. O professor de redação Wilsone Nunes da Fonseca, me enviava muitas redações para eu fazer, e isso ajudou bastante no resultado”, explicou.

Ela tinha tentado o Enem em 2019, e alcançado a nota 700 na redação, agora em 2020 obteve 960.

A estudante relata que teve uma parceria em incentivos da equipe de profissionais do Colégio Agrícola. “Todos eles fizeram o máximo para ensinar bem, agradeço muito. Minha mãe sempre me apoiou e incentivou, minha base em tudo”, disse agradecida.

Finaliza dizendo que pretende fazer Agronomia ou Direito.

Da redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here