Suspeitos tentavam transferir o domicílio com documentos falsos.
Cartórios eleitorais fazem plantão de atendimento no fim de semana

Do g1/to

Cinco pessoas foram presas por crime eleitoral em Miracema do Tocantins, a 78 km de Palmas, na tarde deste sábado (30). Segundo informações da Polícia Civil, duas mulheres e três homens tentaram transferir o domicílio eleitoral para o município de Lajeado com comprovantes de residência e outros documentos falsos.

A fraude foi constada por funcionários do Cartório Eleitoral de Miracema e a prisão feita pela Polícia Militar. Os suspeitos foram presos e levados para a Cadeia Pública de Miracema, onde ficarão à disposição da Justiça.

Cartórios lotados
Este sábado (30) foi de muito movimento nos cartórios eleitorais. Isso porque o período para regularizar o cadastro eleitoral termina na próxima quarta-feira (4). “Correria do dia a dia, trabalho, escola. Aí não deu tempo, tive que vir no sábado”, disse a estudante Vitória Cristina.

Desde o dia 25 os cartórios do estado estão atendendo em horário diferenciado. No Cartório Eleitoral de Palmas, maior colégio eleitoral do estado, o atendimento é das 8h às 18h.
“No dia 4 de maio, quarta-feira, acaba o prazo e não tem mais como fazer nada. Porque o cadastro fecha 150 dias antes da eleição”, explicou o auxiliar de cartório Michel Leão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here