O desespero do governador Marconi Perillo (PSDB) para vender a Celg é tão evidente, que investidores do setor privado querem fazer o negócio a preço de sucata.

O tucano já anunciou a estatal com valor bem abaixo do mercado. Mesmo se o negócio fosse feito conforme a vontade do governador, o prejuízo ao Estado já seria significativo.

A perspectiva, no entanto, consegue ser ainda pior. Os compradores em potencial querem baixar o preço em pelo menos R$ 2,8 milhões. A informação foi divulgada pela coluna Giro, de hoje.

A desvalorização da empresa – cuja arrecadação é crescente – reflete a agonia de Perillo para conseguir qualquer recurso em véspera de campanha eleitoral. Sua prioridade é fazer negociata política, mesmo que para isso tenha que entregar de graça um dos maiores patrimônios dos goianos.

Do Goias Real

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here