Lisa Montgomery é acusada de ter estrangulado uma mulher grávida e lhe ter retirado o bebê do ventre, no Missouri, nos EUA.

OEUA preparam-se para executar a primeira reclusa do sexo feminino, em 70 anos de história do governo federal.

 

Lisa Montgomery é a reclusa em causa. A mulher, de 52 anos, foi condenada à injeção letal por ter estrangulado uma mulher grávida e lhe ter roubado o bebê do ventre, no Missouri, nos EUA, em 2004.

Além deser a primeira mulher executada em 70 anos, pode também ficar na história como a última, dado que, ao assumir posse como presidente, Joe Biden já revelou que quer abolir a pena capital no país.

Para muitos, apesar de a culpa de Lisa nunca ter estado em causa, tirar-lhe a vida será um erro. A defesa alega que o seu comportamento é o resultado do fato de ter sido repetidamente violentada, forçada à prostituição infantil e tratada de forma sádica durante toda a sua vida. Muitos consideram que o seu crime é resultado do fato de ter sido rejeitada pelo governo, pela sua família e sociedade.

Os advogados de Lisa já fizeram um pedido de clemência e pedem ao presidente Donald Trump que transforme a pena de Montgomery em prisão perpétua.

Notícias ao Minuto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here