Um dos vídeos foi registrado na madrugada da segunda-feira, 23 de novembro.

Câmeras de segurança de uma das casas noturnas mais luxuosas de São Paulo, Café de la Musique, registraram o senador tocantinense Irajá Abreu (PSD) e a modelo de 22 anos que o acusa de estupro juntos.

As imagens foram gravadas pouco antes da meia-noite e meia da segunda-feira, 23 de novembro. O boletim de ocorrência foi registrado pela modelo na madrugada da mesma data.

O vídeo mostra o parlamentar com um copo de bebida na mão indo até o caixa do estabelecimento com a modelo, que pede para alguém que trabalha no local retirar a pulseira do camarote onde estava com o senador.

A modelo e Irajá Abreu aparecem sem máscaras dentro e fora do local e saem abraçados.

Em outro vídeo, ela aparece ao lado do senador no hotel La Residence, conversa e faz gestos de digitar no celular. Essa gravação pode contrariar a versão da modelo, pois ela alegou ter sofrido um “apagão” e recobrado a consciência “já com o investigado em cima de si, mantendo conjunção carnal”.

Ao se manifestar nos autos do inquérito, o advogado Daniel Bialski afirma que a versão de Haas “não condiz com a realidade”.

“Todas as imagens de CFTV requisitadas, de todos os locais em que estiveram naquela data, revelam justamente o contrário, ou seja, de que eles chegaram de mãos dadas, caminhando tranquilamente, e, mais que isso, mostrando que ela manuseara seu celular, conduta incompatível com alguém que estaria alegadamente sem a capacidade e  discernimento de seus atos.”

O advogado acrescenta que o exame de corpo de delito de Irajá também rebate a tese de que houve luta corporal e que a modelo se recusou a entregar o celular, cujo conteúdo pode ajudar a “esclarecer detalhes ainda não totalmente esclarecidos” do episódio.

O vídeo registrado na casa noturna foi divulgado pelo SBT. Veja abaixo a reportagem completa.

Vídeo

 

AF Notícias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here