A rua ganhou pavimentação e o pequizeiro continuou no mesmo local.

Conhecido como ouro do cerrado, o pequi é um dos mais famosos frutos da região Centro-Norte do Brasil. Em Araguaína, na Rua Raizal, no setor Morada do Sol 3, um pequizeiro dá frutos há mais de 10 anos bem no meio da rua e faz parte da história e da rotina dos moradores do local.

O bairro está passando por serviços de infraestrutura completa para melhoria da qualidade do acesso na região, mas para a comunidade da Rua Raizal, a possibilidade de perder a árvore trouxe preocupação e a decisão da Prefeitura foi de preservá-la.

“Chegamos a essa conclusão após nos reunirmos com os moradores, técnicos do Município e a empresa responsável pela execução das obras de pavimentação. Percebemos o sentimento de carinho da comunidade com o pequizeiro e depois de avaliações técnicas decidimos deixar a árvore no local onde a natureza a plantou”, explicou o secretário municipal da Infraestrutura, Simão Moura.

Sem prejuízo ao tráfego

De acordo com o estudo realizado pela Secretaria da Infraestrutura, a manutenção da árvore no centro da via não traz prejuízo ao trânsito nem à acessibilidade. “Realizamos a medição da rua e verificamos que não haveria alteração nas dimensões da pista como também da acessibilidade. Como o pé de pequi está centralizado, cada faixa da via se manteve com a mesma largura de projeto possibilitando o tráfego de veículos e pedestres”, disse o secretário.

Para garantir a proteção da árvore e facilitar a travessia de pedestres, uma ilha de concreto será instalada ao redor do pequizeiro, além de sinalização horizontal e vertical no local.

Árvore de estimação

Para a moradora da rua e personal trainner Leya Soares, o pé de pequi é uma atração da região: “Nossa, aqui ele é sucesso por ter crescido bem no meio da rua. Ficamos felizes em ver o cuidado com ele e, principalmente, o incentivo à preservação ambiental”, disse a personal trainner.

“Seria incoerente retirar essa árvore desse lugar durante a execução de um projeto que prevê a arborização de diversas áreas beneficiadas”, concluiu o secretário da infraestrutura.

AF Notícias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here