Inicialmente o ministério previa que a duplicação do trecho no Tocantins levaria 20 anos.

Em reunião online nesta quarta-feira (18), o ministro dos Transportes, Tarcísio Gomes de Freitas, e ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) informaram à senadora Kátia Abreu (PP) que o edital de privatização da BR-153 será alterado e atenderá ao pleito para que a duplicação da rodovia ocorra já nos primeiros anos da concessão.

Kátia Abreu é a coordenadora da bancada federal do Tocantins no Congresso Nacional e promoveu reunião para debater o pleito com o ministro Tarcísio, com participação dos deputados Célio Moura, Dorinha Seabra, Tiago Dimas e Vicentinho Júnior. A senadora ainda procurou apoio no TCU junto ao ministro Vital do Rêgo, relator do processo, e ao ministro Bruno Dantas.

No encontro, ficaram acertadas as modificações para fazer justiça ao Tocantins e priorizar o desenvolvimento regional. “Agradeço aos ministros do TCU pela sensibilidade e espírito público no apoio junto ao ministro Tarcísio para reavaliação do assunto. Eles me informaram a grande notícia ao final da reunião dos três em Brasília”, comemorou a senadora.

AF Notícias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here