Ele é acusado de espancar e mutilar a orelha da sua ex-companheira com mordidas por crise de cíumes.

Com mandado de busca e apreensão, a Polícia Militar prendeu João Batista Ramos Pereira, de 64 anos, nesta quinta-feira, 09, que estava foragido desde março de 2014. Ele é acusado de espancar e mutilar a orelha da sua ex-companheira com mordidas por crise de cíumes

Devido a gravidade do ferimento a vítima precisou passar por procedimento cirúrgico em uma das orelhas e a outra ficou impossibilitada para reconstituição. O acusado chegou a ser preso mas foi solto para responder o processo em liberdade e com isso desapareceu.

Nesse tempo que esteve foragido o idoso continuou cometendo crimes e no ato da prisão estava de posse de uma espingarda e uma pistola de fabricação artesanal.

Conforme o depoimento da vítima as agressões eram constantes durante os dois anos de convivência, mas nunca tinha chegado nesse nível. “Dessa vez ele quase me matou, e ainda me ameaçou com uma facão”, disse a mulher.

João Batista é condenado por lesão corporal gravíssima e posse ilegal de arma de fogo. As buscas foram retomadas devido uma escrivã plantonista fazer uma varredura nos processos e verificou que o mandato de João Batista constava em aberto.

O norte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here